sexta-feira, 27 de novembro de 2009

BR 367 pode ser pavimentada por DER-MG

BR 367 pode ser pavimentada pelo DER MG
Obra seria realizada já em 2010, com financiamento federal
Em audiência nesta quinta-feira, dia 26 de novembro, no Palácio do Planalto, no Ministério de Relações Institucionais, com o Ministro Alexandre Padilha, o prefeito Dim Martins, de Virgem da Lapa, e João Pereira, de Itaobim, cobraram providências urgentes para o asfaltamento total da BR 367, com a conclusão da pavimentação dos trechos Almenara-Jacinto-Salto da Divisa-Itagimirim(BA) e de Virgem da Lapa-Berilo-Chapada do Norte-Minas Novas. A audiência foi acompanhada pelo Deputado Federal Leonardo Monteiro (PT-MG), de Governador Valadares.
Ao colocar a impossibilidade de execução imediata o Ministro propôs que os serviços poderiam ser realizados pelo DER – MG, Departamento Estadual de Rodagens de Minas Gerais. O financiamento seria do Governo Federal, via Ministério dos Transportes.
Esta proposta foi colocada devido à pressão de lideranças e cidadãos da região para que a obra seja realizada já no ano de 2.010. Se o DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre, do Ministério dos Transportes, assumir a obra somente o projeto ficaria pronto em cerca de 2 anos, com toda a burocracia a ser enfrentada e liberação ambiental. Porém, o DER-MG já tem o projeto aprovado, com a licença ambiental.
Negociações
O DNIT e a direção do DER-MG fazem negociações para que na próxima semana feche este acordo. A obra seria executada por empresas que já tem licitações de obras no PROACESSO, programa de pavimentação de rodovias do governo estadual. O Governo Federal providenciaria para incluir os recursos no Orçamento de 2.010.
Rodoviários questionam
O diretor do Sindicato dos Rodoviários de Minas Gerais, Hélio Rocha, acredita que esta pode parecer uma solução, mas pode ser simplesmente uma forma de fazer um asfalto de cunho eleitoral, o asfalto-sabão, que na primeira chuva se dissolve. Ele duvida da qualidade das pavimentações do PROACESSO. Diz que o movimento da BR 101, com carretas com 60 ou mais toneladas estourariam o asfalto feito às pressas.

Um comentário:

dann_k2 disse...

esta seria + uma iniciativa dos orgaos publicos, mas depois de varias veses iniciar essa obra e parar logo no inicio,começar parar, começar parar........ pode ate q se vire realidade para nós de chapada - berilo - v da lapa. mas vamos esperar q essa seja uma atitude de fé. obrigado

Postar um comentário