quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Homem surdo e mudo é torturado e morto a enxadadas no Vale do Jequitinhonha

Homem surdo e mudo é torturado e morto a enxadadas no Vale do Jequitinhonha
A vítima era conhecida como "Mudinho" e a morte comoveu a cidade de Felisburgo, no Baixo Jequitinhonha
Depois de três dias de investigação, a Polícia Civil prendeu três suspeitos de matar um homem portador de necessidades especiais, em Felisburgo, no Vale do Jequinhonha, no fim de semana. Mateus da Silva, que era mudo e surdo, foi torturado e morto a enxadadas pelos criminosos. O corpo foi encontrado dentro de uma lagoa na zona rural da cidade, no sábado, mas os três homens suspeitos só foram presos na segunda-feira.

Conforme a polícia, a morte do homem, conhecido como Mudinho, comoveu a pequena cidade de 6 mil habitantes e mobilizou policiais militares e civis na busca dos suspeitos. Testemunhas informaram terem visto a vítima em companhia de três homens, identificados como Janio Henrique, Risélio e Raí Fernandes, na noite de sexta-feira, dia em que sumiu.

Na madrugada de ontem, durante diligências na região, os policiais conseguiram localizar e prender Raí. Em depoimento, o suspeito apontou Risélio e Janio como responsáveis pela morte do Mudinho. Os outros dois comparsas foram presos e, inicialmente negaram a participação no homicídio, mas depois confessaram e contaram os detalhes da tortura e morte.

Relataram que, após iludirem a vítima com um refrigerante, a levaram a um pasto, onde começaram as agressões. Durante a tortura, o Raí foi até a casa dele, que fazia fundo com o local, pegou uma enxada e agrediram o homem até a morte. Depois, arrastaram o corpo e jogaram na lagoa. A motivação do assassinato ainda não foi esclarecida.

Segundo a PM, o trio afirmou que “Mudinho” teria feito denúncias contra eles aos militares. Dois deles já tinham passagem pela polícia, um deles por homicídio. Ele matou o próprio pai a pauladas.
Os homens foram levados para a Delegacia de Polícia de Jequitinhonha.
Texto: Jornal Estado de Minas e O Tempo , com dica do Blog do Jequi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário