quinta-feira, 21 de março de 2013

Taiobeiras: Dois comerciantes morrem em acidente da BR 251, entre Salinas e Grão Mogol

Caminhonete Amarok chocou com um Palio e um caminhão, entre o Vale das Cancelas e Posto Caveira,  no km 365
Foto álbum de família 

Alécio dos Santos, o Léo do Gás.

O empresário janaubense Alécio José dos Santos, o Léo do Gás, 42 anos, morreu em acidente na BR-251, no km 365, na manhã desta quarta-feira, dia 20 de março. Léo estava numa camionete Amarok, com placa de Belo Horizonte-MG, em companhia de Ronimarques Oliveira Santos, conhecido por Marquinhos Bananeira, 35 anos, que também veio a falecer. 
Os dois eram comerciantes em Taiobeiras.

Houve a colisão com um automóvel Pálio, com placa de Montes Claros, que seguia em sentido contrário e era conduzido por Dorival Alves da Silva, 33 anos, por volta de 7h25 nas proximidades do posto Caveira e Vale das Cancelas, perto do trevo de acesso à MG-120, que liga às cidades de Riacho dos Machados, Porteirinha e Janaúba.

Também houve a colisão com o caminhão, com placa de Itabaiana-SE, conduzido por Lucivaldo de Oliveira Cunha, 36 anos, que seguia no sentido Salinas. Ele ficou preso nas ferragens do caminhão, sendo retirado pelos bombeiros e encaminhado para hospital, em Montes Claros, a 120 km do acidente.

Foto CB

Motorista ficou preso nas ferragens do caminhão.
O empresário janaubense Léo do Gás há anos estava estabelecido na cidade de Taiobeiras com empreendimento comercial. 

Foto Edilson de Souza/Jornal Grande Vale

Veículo em que o empresário Léo do Gás e Marquinhos se encontravam. 

Uma equipe da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Janaúba seguiu para o local do acidente com o intuito de auxiliar na perícia e também liberar o corpo do empresário que, provavelmente, poderá ser leva
do para a cidade de Janaúba, onde mora a família de Léo.

Quem foi Léo do Gás
Filho caçula do casal “Nela” e Antônio dos Santos, Léo sempre mantinha uma relação com os familiares e amigos de Janaúba e Nova Porteirinha e também de Porteirinha, cidade da família da esposa dele. 
Léo é irmão do produtor rural e ex-vereador por Nova Porteirinha, Aélcio José dos Santos, que foi Secretário Municipal de Agricultura até o ano passado; esposo da vereadora Joélia Barbosa dos Santos, em segundo mandato. Era também irmão da comerciante e ex-bancária Alcione.

Colisão fatal que vitimou Léo do Gás e Marquinhos comove moradores de Janaúba, Taiobeiras e região.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, duas pessoas ficaram feridas, uma em estado grave. Com informações do Blog Oliveira Júnior, Edilson Souza, de Taiobeiras, e Corpo de Bombeiros.

Em janeiro de 2011, neste mesmo trecho, morreram 5 pessoas também de Taiobeiras, em um grave acidente, envolvendo uma carreta e um táxi.
Clique no link e leia:

Movimento pela duplicação da BR 251: 
Chega de tanta morte! A próxima vítima pode ser você! 
Duplicação já!

A BR 251 corta o norte de Minas e o Vale do Jequitinhonha, saindo da BR 116 (Rio-Bahia), em Pedra Grande, entre os municípios de Cachoeira do Pajeú/Pedra Azul, passando por Curral de Dentro, Santa Cruz de Salinas, Salinas, Padre Carvalho, Grão Mogol, Francisco Sá, Montes Claros, Coração de Jesus, Pirapora, Buritizeiros, indo até o Trevo Pirapatos, entre Três Marias e João Pinheiro, na BR 040.

Tem sido um verdadeiro corredor da morte com grande quantidade de acidentes, devido ao intenso movimento de veículos, vindo do nordeste  do país em direção à região Central, Zona da Mata, Triângulo Mineiro e Sul de Minas, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

Um grande movimento da população do norte de Minas vem pressionando representantes políticos para o Governo Federal realizar obras de tapa-buracos  e da sua duplicação.

Em janeiro de 2012, uma manifestação no trevo na cidade de Salinas, fechou a BR 251 por mais de 2 horas.
Leia aqui:  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário