segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Homem mata mulher e sogra a pauladas em Carbonita, no Vale do Jequitinhonha.

Criminoso agrediu a pauladas o sogro, sogra e a mulher, na presença da filha de 11 anos.

Depois, jogou os corpos em uma fossa séptica. As duas mulheres morreram. O sogro sobreviveu. 

A população de Carbonita, município com pouco mais de 9 mil habitantes, localizado no Alto Vale do Jequitinhonha, está chocada com um crime bárbaro descoberto, neste domingo, 27 de novembro de 2016, no distrito de Monte Belo. 

As primeiras informações dão conta de que um homem agrediu o sogro, a sogra e a esposa a pauladas e em seguida jogou as vítimas dentro de uma fossa séptica. As duas mulheres foram encontradas já sem vida. Já a terceira vítima foi socorrida e encaminhada em estado grave para um hospital.

Crime bárbaro choca população de Carbonita.
O crime teria acontecido após as vítimas participarem de uma festa de inauguração de um ginásio poliesportivo, na noite de ontem (26.11). O homem socorrido com vida tocaria sanfona em uma missa, mas como estava demorando a chegar, moradores do distrito resolveram ir até a residência dele. Ao chegarem ao imóvel, os vizinhos encontraram muito sangue e perceberam que o autor do crime teria destampado a fossa e jogado os sogros e a companheira lá dentro.
Profissionais do setor de saúde municipal, Polícia Militar e Polícia Civil se deslocaram para a casa das vítimas, localizada na zona rural. No local, encontraram os dois corpos [de Lourdes e Vanessa, mãe e filha] e um homem [prenome Luiz] ainda com vida dentro do buraco utilizado para armazenamento de esgoto sanitário.
Um morador do município informou que uma criança de 11 anos teria presenciado o assassinato da avó e da mãe dela e relatado que o autor das agressões seria o seu pai. O criminoso também é suspeito de abusar sexualmente da menina testemunha dos homicídios. Segundo informações, a família estava sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar de Carbonita devido a suspeita de estupro.
Há informações que o autor do crime teria retornado de São Paulo recentemente, e por motivos ainda desconhecidos, se desentendeu com os familiares e resolveu matá-los. 

Polícia faz buscas e pede ajuda de população
A Polícia Militar realiza buscas com intuito de localizar e prender o principal suspeito de um crime bárbaro . Roberto Adriano, de 35 anos, é o principal acusado de agredir a companheira e os sogros a pauladas. 
O duplo homicídio teria ocorrido na noite de sábado para domingo, 26 e 27.11, e chocou a população de Carbonita e municípios circunvizinhos. As Polícias Militar e Civil compareceram ao local do crime brutal. O sogro do suspeito foi socorrido com vida e encaminhado em estado grave para um hospital.
Roberto Adriano é o principal suspeito do crime (Foto: Reprodução/Facebook)
As primeiras informações dão conta de que Roberto cometeu o crime na presença de uma filha. A menina foi amarrada e solta em uma chapada na estrada que liga o distrito a sede do município.
Roberto Adriano também é suspeito de abusar sexualmente da filha. Segundo informações, a família estava sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar de Carbonita devido a suspeita de estupro.
Em uma página na rede social Facebook, Roberto aparentemente tenta passar uma imagem de pessoa religiosa, inclusive publicou selfie exibindo uma Bíblia e algumas mensagens com referência a Deus e Jesus.
Até o início da noite deste domingo, Roberto Adriano continuava foragido. Caso você tenha informações sobre a localização do suspeito, entre em contato com a Polícia Militar, através do número 190 ou pelo telefone (38) 3526-1271 do Quartel de Carbonita.
Roberto Adriano é o principal suspeito do crime (Foto: Divulgação)
Fonte: Aconteceu no Vale.

Nenhum comentário:

Postar um comentário