segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Virada do ano tem festa em muitas cidades do Vale



O Reveillon promete muitas festas nesta virada de fim de ano em diversas cidades do Vale.
Em algumas, há eventos fechados em clubes, praça de  esportes, salões e clubes.
Em outras, haverá shows em  praças públicas, com os novos gestores investindo em festas populares para comemorar a passagem do ano e anunciar esperanças de novos tempos, durante suas  gestões de 2013-2016.

Em Capelinha, no Alto Jequitinhonha,  no clube da Florae, no bairro Planalto, a festa começa às 23 horas. Com a animação da Banda Bizz de Governador Valadares, os organizadores esperam mais de 2 mil pessoas, dançando e cantando na festa da virada do ano.

Em Araçuaí, no Médio Jequitinhonha, quem comanda a festa é o Planalto Tênis Clube. O tradicional réveillon terá a novidade de uma Tenda Eletrônica com banda CALISTONES. O traje é esporte fino. Sócio para R$ 35 de entrada ou R$ 220 por mesa.. Não-sócio: R$ 40 de entrada ou R$ 280 por mesa. O ingresso de estudante está a R$ 25, na portaria.

A BANDA CALISTONES
Fundada em 1969 , em Divinópolis (MG), ganhou notoriedade e satisfação do público, e está entre as mais cogitadas bandas show baile do Brasil.
São décadas animando festas e eventos, cultivada por um seleto repertório composto por Dance music, Hip Hop, Reggae, Pop Rock, Axé, Funk, Forró, Bolero, Valsa, Pagode, Samba, priorizando inúmeras canções de cantores renomados .
Hoje seu histórico de sucesso embala corações ao longo dos seus 45 anos de existência.

Prefeitos eleitos de Turmalina, Veredinha, Leme do Prado e José Gonçalves de Minas falam de suas expectativas

  Rádio Turmalina entrevistou prefeitos de 4 cidades do Médio e Alto Jequitinhonha

Cada prefeito falou sobre a situação do seu município, no que se refere a transição de governo, montagem do secretariado e expectativas para o ano de 2013. EmVeredinha, o prefeito Nei do Vino explica que o processo já começou “Montamos uma comissão de transição que está trabalhando desde o dia 10 de Dezembro. Os trabalhos dessa comissão terminam no dia 30. A partir daí teremos uma posição mais clara sobre o que fazer em 2013”, declara.

Irineu, prefeito eleito em Leme do Prado disse que os compromissos firmados na campanha estão todos de pé. “Vamos retribuir com muito trabalho o voto que recebemos nas urnas. A nossa proposta em levar prosperidade e felicidade para os cidadãos de Leme do Prado, está mais viva do que nunca. O governo que pretendemos instalar será voltado para todos”, conclui.

Em José Gonçalves de MinasAécio Motoso assume o comando da prefeitura no dia 01 de Janeiro de 2013. Quanto ao processo de transição, Aécio disse na entrevista que tentou um contato com o atual prefeito, mas não obteve êxito. “Tentamos alguns contatos com o prefeito, mas ainda não obtivemos resposta. Vamos ter que esperar até o dia 1º de Janeiro para tomar as iniciativas e colocar algumas coisas em prática”, disse.

Zilmar Pinheiro Lopes, prefeito eleito em Turmalina disse que diversas reuniões já estão acontecendo para a definição do secretariado. “Queira ou não queira em um governo democrático é preciso ouvir as pessoas, ouvir os partidos para chegar a esses nomes. Acredito que na próxima semana já teremos uma definição”, encerra.
As entrevistas com os prefeitos estão no player de jornalismo da RÁDIO TURMALINA PONTOCOM. 
Ouça a programação da emissora e acompanhe os blocos jornalísticos, que vão ao ar a cada meia hora de programação: www.radioturmalina.com.br

Fonte: www.radioturmalina.com.br, com Ailton Santana

Policia apreende documentos da prefeitura de Araçuaí que seriam queimados no lixão

Os documentos deverão ser periciados


Documentos que foram retirados da prefeitura municipal de Araçuai (MG) no Vale do Jequitinhonha,  e que seriam queimados no lixão, serão periciados.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, por volta das 20 horas de sexta-feira (28) a Polícia Militar foi acionada por membros da comissão de transição, informando que um caminhão estava levando documentos da prefeitura para o lixão .
A polícia esteve no local e encontrou  dois funcionários municipais. Eles afirmaram que receberam a ordem de Cléria Nívea Vieira, ex-secretária municipal da Fazenda.

Entre os documentos apreendidos estão leis, decretos, ofícios, extratos bancários, pedidos de licença médica de professores, ordens de pagamento, autorização para abastecimento, notas de liquidação, relatório de débitos da prefeitura, termo de entrega de obra, registro de imóveis, termo de convênio com os correios entre outros documentos. Toda a documentação encontra-se em uma caixa de papelão no quartel da Polícia Militar.

O prefeito Aécio Silva Jardim (PDT) que perdeu as eleições para o PT,  não foi localizado para comentar o fato.
 

Fonte: Gazeta de Araçuaí

Chance de ganhar na Mega-Sena da Virada é de uma em 50 milhões



Cálculo é do professor de estatística da Federal de São Carlos Jorge Oishi.
Segundo ele, se a aposta for de R$ 10 mil, a probabilidade é de 1 em 10 mil.

Do G1 São Carlos e Araraquara

A probabilidade de ser o ganhador do prêmio que a Mega-Sena da Virada vai sortear no dia 31 de dezembro, estimado em R$ 230 milhões, é de uma em 50 milhões. O cálculo é do professor de estatística da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Jorge Oishi. E pela lógica, quanto mais números apostados, maior a chance.
“Se jogar o máximo que é de 15 números na mesma cartela aí passa para uma chance bem maior de ganhar. E a probabilidade é alta de aparecer um milionário, porque depende do número de apostas, então quanto maior o número de apostas, mais chances de ganhar”, explica Oishi.
Segundo o professor, há uma maneira de fazer a chance passar para uma em dez mil: apostando R$ 10mil. “Eu sei que não é todo mundo que pode, mas quem puder apostar R$ 10 está valendo também. Vale a esperança, o sonho, a expectativa de ganhar”, afirma.
Pelo sim, pelo não, o promotor de vendas Marcos Rosa já fez sua aposta. “Brasileiro tem aquele costume de deixar tudo para a última hora, mas eu fiz uma fezinha antes para ver se eu consigo uma graninha extra para o final de ano”, fala Rosa.
A operadora de caixa Camila Santos já faz até os planos. “Eu ia viajar, comprava uma casa, uma fazenda, um carro, ia curtir a vida”, fala rindo.
O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores de cinco números. Se não houver ganhadores nessa faixa, o prêmio será dividido entre os acertadores da quadra.

Novidade
O gerente da Caixa Econômica Federal de São Carlos, Juraci Vasconcelos, explica que, neste ano, o concurso vem com novidades. “O bolão da caixa está com uma nova sistemática em que um grupo de apostadores escolhe os números, fazem a aposta em uma casa lotérica e cada apostador recebe o seu recibo individual”.
As apostas em concursos especiais sempre têm o mesmo valor das apostas regulares, começando com um valor mínimo de R$ 2. As apostas podem ser feitas em qualquer casa lotérica do país até o dia 31 de dezembro.
Apostas na Mega-Sena da Virada podem ser feitas até dia 31 de dezembro (Foto: Reprodução/ EPTV)Apostas na Mega-Sena da Virada podem ser feitas até dia 31 de dezembro (Foto: Reprodução/ EPTV)

Desejo a você, filho do Jequitinhonha!


Desejo a você...

"Fruto do mato, cheiro de jardim,
namoro no portão, domingo sem chuva,
segunda sem mau humor, sábado com seu amor”.


Filme Kenoma, em Itira, ou no Meninos de Araçuaí,
Cerveja com amigos, cachaça de Salinas,
declamar poemas de Gonzaga Medeiros, Luiz Carlos Prates

e Cláudio Bento.

Ouvir e cantar com Coral Trovadores do Vale, Ícaros,
Bem-te-vi e Ouro de Minas.

“Viver sem inimigos, filme antigo na TV,
ter uma pessoa especial e que ela goste de você”.

Música de Paulinho Pedraazul, Pedro Morais,
Rubinho do Vale e Pereira da Viola,
viola de Ornelas ou sanfona do Doro Brasamundo,
e muito carinho meu.

Brincar no carnaval em Diamantina, Minas Novas ou Jequitinhonha.
Ouvir cantos das Lavadeiras de Almenara,

com regência de Carlos Farias.
Frango caipira em pensão do interior, andu com torresmo,

arroz com pequi.

“Ouvir uma palavra amável, ter uma surpresa agradável,
ver a banda passar”.
Banda de Música dos quilombolas da Vila Santo Izidoro,
de Joaíma ou Veredinha.

Rezar/orar na Festa de Nossa Senhora da Lapa ou nas Semanas
de Cultura Evangélica.

Tomar café em Ca(f)elinha, Angelândia, Setubinha,
Novo Cruzeiro e Malacacheta.

Jogar futebol, acompanhar os meninos nas escolinhas,
sob a batuta de técnicos e boleiros como Tó de Virgem da Lapa,
Wanderley Manso de Berilo e Tico Neves de Capelinha.
Sonhar em jogar a Copa Aranãs ou em um grande time .

Admirar a Serra Negra, em Itamarandiba, o Parque Florestal de
São Gonçalo do Rio Preto.

Nadar nas cachoeiras, poços e remansos do rio Araçuaí, Fanado,
Capivari, filhos diletos do Jequitinhonha com seu marzão besta do
Lago de Irapé, no Grão Mogol, Botumirim, Cristália,
Leme do Prado, Turmalina e José Gonçalves de Minas.
Ou no Lago de Itapebi, em Salto da Divisa.
Sacolejar nas cavalgadas de Joaíma, Jacinto, Rubim,
Mata Verde e Santo Antônio do Jacinto.

Passear por entre ruas e prédios coloniais de Diamantina, Serro,
Minas Novas, Chapada do Norte, Berilo, Grão Mogol e Itacambira.

Dançar e se divertir nas micaretas de Almenara, Araçuaí;
Festa da Manga de Itaobim; Capelinhense Ausente; e
Festival da Cachaça de Novo Cruzeiro.

Vestir de branco, dançar ao som do tambor e vivas à Senhora
do Rosário em Chapada do Norte, Minas Novas, Berilo, Francisco
Badaró e Serro.

Ver os olhos da amada nas pepitas de diamantes, turmalinas,
rubelitas e esmeraldas de Coronel Murta, Araçuaí, Itinga, Medina e Padre Paraíso.

Ser moldado pelo barro nas mãos divinas de Dona Izabel Mendes,
de Ponto dos Volantes, ou das hábeis artesãs de Coqueiro Campo e
Campo Alegre, de Minas Novas e Turmalina.

Estudar, lecionar, pesquisar, ter amigos, filhos e sobrinhos na
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.
Tomar banho de cultura de raízes e asas no Festivale, Festur de
Turmalina, Carboarte, em Carbonita, e Cantoria de Virgem da Lapa.

“Noite de lua cheia, rever uma velha amizade, ter fé em Deus...
Não ter que ouvir a palavra não nem nunca, nem jamais e adeus.


Rir como criança, ouvir canto de passarinho, sarar de resfriado,
escrever um poema de amor, que nunca será rasgado.

Formar um par ideal, tomar banho de cachoeira, pegar um
bronzeado legal, aprender uma nova canção...
Esperar alguém na estação”.

Queijo com geléia de mocotó, pôr-do-sol na roça. Trocar um

dedo de prosa nas feiras de Araçuaí, Salinas, Capelinha e Almenara.
Ter o amor do bicho de Pedra Azul ou da “menina-flor”.
Uma festa, um violão, uma seresta em Minas Novas ou vesperata

em Diamantina.

“Recordar um amor antigo, ter um ombro sempre amigo, bater
palmas de alegria.
Uma tarde amena, calçar um velho chinelo, sentar numa velha
poltrona, tocar violão para alguém, ouvir a chuva no telhado”,

Ser feliz
Em algum lugar do Vale do Jequitinhonha,
Ou no trecho que você escolheu para viver.

Sob inspiração de Carlos Drumond de Andrade, no poema "Desejo(s) e/ou Síntese da Felicidade".

Em 2013, escreva e trace um caminho novo em sua vida

Feliz Livro Novo!
Quando 2012 começou, ele era todo seu. Foi colocado em suas mãos. Você podia fazer dele o que quisesse, como se fosse um livro em branco. Você podia colocar nele um poema, um pesadelo, uma blasfêmia, uma confidência íntima.

Podia. Hoje não pode mais. Já não é seu. É um livro já escrito, concluído, escrito por você.

Um dia, será lido em todos os detalhes e você não poderá corrigi-lo. Estará fora de seu alcance. Assim, antes que 2012 termine, reflita, pegue seu velho livro e folheie com cuidado, passando cada página por suas mãos e pela consciência.

Pratique esse exercício de ler sobre si mesmo. Leia tudo. Aprecie essas páginas de sua vida em que você usou seu melhor estilo.

Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito. Não, não tente arrancá-las. Seria inútil. Já estão escritas. Mas você também pode lê-las enquanto escreve o novo livro que lhe será entregue. Assim, poderá repetir aquilo que deu certo e evitar repetir determinadas situações que nem é bom lembrar.

Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com a sua liberdade de escolha, e terá, para preencher, toda a imensidão do seu mundo. Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije-o. Se tiver vontade de chorar, fique à vontade. Não importa como esteja, mesmo que tenha páginas negras, entregue suas últimas 365 páginas nas mãos do destino!

E, quando 2013 chegar, você receberá outro livro, novo, limpo, em branco, todo seu, no qual você poderá escrever o que desejar ou não.

Feliz Livro Novo!
Afetuoso abraço,

ALAN
Alânderson Silveira Machado, meu irmão, é escritor, ator, jornalista e Relações Públicas. Enviou esta colaboração, retirada da internet. Alan é natural de Berilo, mora em BH, há 34 anos.
Este post foi publicado neste Blog, em 31 de dezembro do ano passado. Resolvi republicá-lo para o deleite daqueles que ainda não o leram.

Bombeiros procuram adolescente que desapareceu no rio Araçuai


A menina, de 14 anos, descia o rio de bóia, em companhia de outro adolescente.

Ela escorregou, caiu na água e desapareceu.


Foto ilustrativa
As buscas começaram na manhã de segunda -feira (31.12), no local conhecido por Juparaná. Uma equipe do Corpo de Bombeiros  procura pelo corpo da  adolescente Sabrina Teixeira de Jesus, 14 anos, que desapareceu na tarde de domingo (30.12), por volta das 16 horas,  no rio Araçuai (MG), no Vale do Jequitinhonha.

 De acordo com informações da Polícia Militar, a garota estava em uma boia, descendo o rio com um amigo de 16 anos. Em um determinado ponto,  ela escorregou e caiu no rio. 

O rapaz, identificado como Izaias Soares, 16, tentou salvá-la mas,  não conseguiu. Outros banhistas que estavam nas proximidades também tentaram salvar a garota.

As águas do rio estão turvas, o que, segundo os bombeiros, dificultam as buscas.

Fonte: Gazeta de Araçuaí

Jequitinhonha: Polícia prende adolescente traficante



Trabalho conjunto entre as Polícias Civil e Militar resultou na prisão de mais um traficante de drogas nesta quinta-feira (27/12). Após um trabalho conjunto entre os setores de inteligência das duas polícias foi solicitado pela Polícia Civil ao Poder Judiciário um mandado de busca e apreensão que foi cumprido pela Polícia Militar. Foi preso e conduzido à Delegacia um adolescente de 17 anos, que já havia sido apreendido anteriormente , em flagrante, por ato infracional análogo ao tráfico de drogas.

Foi apreendido uma balança de precisão, 16 buchas de maconha e um tabele de maconha, que se dividido, dariam mais de 20 buchas. 
Foi lavrado o AAFAI (Auto de Apreensão de Flagrante de Ato Infracional) pelo Delegado de Jequitinhonha. Entretanto, o adolescente infrator foi liberado pela Justiça de Almenara, logo após a lavratura do flagrante, devendo responder em liberdade pelo ato infracional de tráfico de drogas.

Fonte: Polícia Civil de Jequitinhonha, via Blog do Jequi

Devagar, devagarinho, mas ....chegando


Um ano jabuti

por Rudá Ricci
Balanço que faço após acompanhar o "day after" das eleições municipais: falta inteligência política no Brasil. Alguns afirmam que por culpa da ditadura militar, que ceifou as inteligências do país. Acredito que seja algo ainda pior, o que Boaventura Santos nomeou de fascismo societário. 
Este é meu desejo: mais inteligência política para o país ficar com mais humor e mais sério (tudo ao mesmo tempo, misturado). É muita bravata e autoritarismo. Falta feminilidade. Falta gratuidade (esta palavra é, hoje, quase sinônimo de fraqueza, não?)
Enfim, desejo um ano jabuti. Da tradição oral do folclore brasileiro, lembrado pelo meu amigo Luis Bassoli, de Teófilo Otoni. 

A história relata uma corrida entre um jabuti e um veado, este último o animal mais veloz da floresta. Assim como na fábula de La Fontaine (a antropologia estruturalista me persegue!), a inteligência vence os poderes físicos do concorrente. 

Postados em diversos pontos do trajeto da corrida, jabutis parentes do corredor, aguardavam o veado passar. A cada momento, o veado perguntava sobre seu adversário e ouvia de um jabuti (parente do corredor) logo ao seu lado: "estou aqui!". 

O veado aumentava a velocidade e, mais à frente, perguntava outra vez, ouvindo sempre a mesma resposta de um outro jabuti. 

E, assim, sucessivamente, até que o veado caiu morto. 

Postado por Rudá Ricci, no Blog De Esquerda em Esquerda

Rudá Ricci é cientista político, sociólogo e diretor geral do Instituto Cultiva. Professor da PUC-MG, é autor de vários livros sobre Democracia Participativa. É paulista. Mora há 20 anos em BH.

BR 116, a Rio-Bahia, terá dois pedágios em municípios do Vale: em Caraí e Medina

Leilão de concessão da Rio-Bahia será dia 30 de janeiro

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou ontem os editais para as concessões de trechos das rodovias BR-040 e BR-116. E o Conselho Nacional de Desestatização (CND) fez a publicação no Diário Oficial da União (DOU) das duas resoluções aprovando a modelagem e as condições de licitação do processo de concessão de trecho de ambas as rodovias.

O leilão para as estradas será realizado no dia 30 de janeiro de 2013 e a data prevista para a assinatura dos contratos é 30 de abril. Segundo as resoluções, as licitações serão realizadas na forma de leilão, em envelope fechado e sem repique, em sessão pública na BM&FBovespa.

No caso da BR 116, o valor estimado do contrato (a preços de 2007) é de R$ 10,318 bilhões. Será concedido à iniciativa privada um trecho de 816,7 quilômetros e o valor da tarifa básica de pedágio não poderá ser superior a R$ 5,01834 para veículos de rodagem simples e de dois eixos.

O pedágio

Inicia-se na divisa com a Bahia, próximo ao município de Divisa Alegre, no Vale do Jequitinhonha, nordeste de Minas Gerais, e vai até a divisa com o Rio de Janeiro, perto de Além Paraíba (MG), na Zona da Mata, sudeste de Minas.

Depois de comprovada a qualificação jurídica, econômica e financeira dos participantes, será considerado vencedor do processo de licitação aquele que apresentar o menor valor de tarifa básica de pedágio. Nesse trecho, foram previstas oito praças de pedágio, localizadas nos municípios de Medina, Caraí, Itambacuri, Governador Valadares, Ubaporanga, São João do Manhuaçu, Muriaé e Além Paraíba.

O objetivo é explorar a infraestrutura e a prestação do serviço público de recuperação, operação, manutenção, monitoração, conservação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade da rodovia.

Segundo a ANTT, serão observados faixa de domínio, além de acessos e alças, edificações e terrenos, pistas centrais, laterais ou locais, ciclovias, acostamentos, obras de arte especiais e quaisquer outros elementos que se encontrem nos limites da faixa de domínio, bem como pelas áreas ocupadas com instalações operacionais e administrativas relacionadas à concessão.

FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE e ANTT 

domingo, 30 de dezembro de 2012

Vale do Jequitinhonha tem apenas 7 projetos aprovados na Lei de Incentivo à Cultura


A Secretaria Estadual de Cultura aprovou 1.696 propostas, dentre as 1.888 inscritas na modalidade ICMS corrente, para 2013. Destas, apenas 7 são do Vale do Jequitinhonha.



Das 1.888 propostas inscritas, 1.696 foram aprovadas para captação, na modalidade ICMS corrente, ao longo de 2013. Destas, apenas 7 são voltadas para o Vale do Jequitinhonha. A maioria das propostas apresentadas e aprovadas é de Belo Horizonte.Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais (SEC), por meio da Superintendência de Fomento e Incentivo à Cultura (SFIC), divulga a lista de projetos aprovados no Edital 01/2012 da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

 Na lista divulgada pela SEC e Comissão de Análise Técnica de Projetos (CTAP), em cumprimento à lei 17.615/08, regulamentada pelo Decreto nº 44.866/08, constam o nome e o número do protocolo do projeto, o nome do empreendedor, o município de origem e o valor total autorizado para captação, já também incluído o percentual referente à contrapartida.

Os projetos  aprovados para o Vale do Jequitinhonha foram:

1- Quando o Jequitinhonha Canta e Dança
Empreendedor- Francisco Pereira Damasceno/ Belo Horizonte
Valor-R$ 395  mil

2- Alegria na Praça, o Teatro Chegou
Empreendedor- Rua da Caridade Promoções e Eventos Ltda/Diamantina
Valor- R$ 296.634,00

3-CPCD-Meninos de Araçuai-15 anos
Empreendedor-Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento

Valor- R$ 500 mil

4- Música para Degustação no Diamantina Gourmet
Associação Diamantinense das Empresas de Turismo

Valor- R$ 367.518,00

5- Festival de Cultura de Pedra Azul

Empreendedor- Associação Educativa Recreativa Beneficente- ACERBRA
Valor-R$ 158 mil

6-Oficina Coral no Vale do Jequitinhonha

Empreendedor- Marília Nunes Pampolina/Belo Horizonte

Valor R$ 17.649,00

7- O Mundo no Olhar de Menino

Empreendedor- Associação Comunitária do Município de Medina

Valor- R$9.541,00.

Para o Vale do Mucuri, foi aprovada o projeto " A Valorização do Patrimônio Imaterial do Mucuri, de Rogério de Oliveira Sepúlveda, no valor de R$ 300 mil.

Novidades

Neste ano, o Edital 2012 veio com novidades devido à Instrução Normativa 03/2012 (IN-03 LEIC), que estabelece normas e procedimentos para a prestação de contas dos projetos aprovados.  Ela  traz as regras necessárias a todas as etapas de readequação, execução e prestação de contas dos projetos que devem ser observadas, exclusivamente, pelos empreendedores culturais cujos projetos foram aprovados pelo Edital 2012 da LEIC, para captação em 2013.
  
Desde que foi criada, há 15 anos, a Lei Estadual de Incentivo à Cultura vem comprovando sua importância para a viabilização de projetos culturais em Minas Gerais, seja na capital ou no interior.
  
Certificados de Aprovação
Os Certificados de Aprovação (CA) estarão disponíveis para retirada na Secretaria de Estado de Cultura/Superintendência de Fomento e Incentivo à Cultura/Diretoria da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, a partir do dia 21 de janeiro de 2013, de 10h às 16h, na Cidade Administrativa - Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/nº, Edifício Gerais - 14º andar - Serra Verde - Belo Horizonte – MG, de acordo com os lotes numéricos divulgados no sitewww.cultura.mg.gov.br .

 O CA somente será entregue ao próprio empreendedor do projeto, que deverá comparecer ao endereço acima, portando documento de identidade, com foto. Na total impossibilidade do empreendedor comparecer, este poderá indicar uma pessoa, devidamente credenciada por meio de declaração formal, datada e assinada com firma reconhecida em cartório.

 Ao final da lista de aprovados, estão os empreendedores cujos projetos foram “Aprovados Com Ressalvas”, que ficam condicionados a receber o CA somente após apresentação da adequação do projeto e novo deferimento da CTAP.

 Em caso específico de pessoa jurídica com ou sem fins lucrativos, conforme determinado no Edital LEIC 01-2012, item 5.2, subitem 5.2.9, a liberação do CA fica condicionada à apresentação dos seguintes documentos:
  
1- Cópia da Certidão Negativa de Débito (CND) expedida pelo Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, com a validade em vigor;

 2- Cópia da Certidão Negativa de Débito (CND) expedida pela Caixa Econômica Federal-CEF, comprovando situação regular junto ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS, com a validade em vigor.

Já para os empreendedores cujos projetos têm, comprovadamente, o cronograma fixo de execução e finalização nos meses de janeiro e fevereiro de 2013, que precisarem retirar CA antes do dia 21 de janeiro 2013, poderão fazê-lo mediante agendamento na SEC/SFIC/DLIC pelos telefones: (31) 3915-2718, 3915-2682, 3915-2717 ou 3915-2647.

Fonte: Agência Minas com modificação do Gazeta de Araçuai

Reveillon de Capelinha terá festa na Florae

Reveillon 2013 em Capelinha será ao som da Banda Bizz de Governador Valadares
CARTAZ_REVEILLON_2013
O tradicional Reveillon de Capelinha promete mais uma vez contagiar e divertir o grande 
publico que sempre prestigia o evento.
Reveillon 2013 em Capelinha será realizado na Florae, no dia 31 de dezembro, a partir das 
23 horas, com o show da Banda Bizz de Governador Valadares. 
Assim como aconteceu em outras edições, serão servidas: entradas, salgados e pratos, além 
do Open Bar que terá: espumante, cerveja, água, refrigerante e drinks.
A promoção do Reveillon 2013 em Capelinha é da APAE, Preta Vieira e Fátima Pimenta.
As entradas podem ser adquiridas na Paolla Store ou na Mon Desirée Calçados.
Regiscap1

Capelinha: Laerte Barrinha se candidata à Presidência da Câmara

Vereadores definem chapa para a Mesa Diretora da Câmara de Capelinha

Em nome da unidade política e em respeito à memória do prefeito Pedro Vieira. Esses foram os dois pensamentos que marcaram o tom da reunião e que selaram o acordo entre os nove vereadores eleitos pela Coligação “Capelinha, o Futuro que Queremos” para a definição da chapa que deverá comandar a Mesa Diretora da Câmara no biênio 2013/2014. 

A reunião aconteceu no final da tarde desta quinta-feira, dia 27, com a participação dos vereadores Laerte Barrinha (PHS), Déo Miora (PSDB), Wilson Coelho (PSDB), Cleuber Luiz (PP), Tadeuzinho (PHS), Valdão da Casa de Apoio (DEM), Zelita (PP), Mazinho do Açougue (PTB) e Ci da Farmácia (PTB).

Após as discussões, saiu a definição dos cinco vereadores para a composição da chapa, sendo a mesma formada por Laerte Barrinha (Presidente), 
Valdão da Casa de Apoio (Vice-Presidente), Mazinho do Açougue (2º Vice-Presidente), 
Cleuber Luiz (Secretário) e Tadeuzinho (2º Secretário). 

Conforme prevê a Lei Orgânica Municipal, as chapas concorrentes à Mesa Diretora 
podem ser registradas na Secretaria da Câmara até 24 horas antes da sua eleição, 
porém os nove vereadores decidiram pelo seu registro nesta sexta-feira, dia 28. 

eleição da Mesa Diretora acontecerá no dia 1º de janeiro de 2013, logo após a posse
dos vereadores eleitos, confirmada para às 15 horas, no Galpão Cultural, no Parque 
de Exposições de Capelinha.  

Fonte: Capelinha.net