segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Manifesto do Vale do Jequitinhonha

Manifesto do Vale do Jequitinhonha
O povo do Jequitinhonha vivencia um momento ímpar em sua história e deseja compartilhá-lo com aqueles que lutam pela superação de todas as formas de desigualdades sociais.





A recente notícia de expansão da Universidade Federal dos Vales Jequitinhonha e Mucuri, à revelia de seus territórios, resultou em grande mobilização política em torno de um mesmo propósito: hoje o Jequitinhonha luta unido para a inserção de pólos universitários ao longo de seus 71 mil km². Esta luta está em curso desde agosto/2011.



A partir daí,temos manifestado publicamente a nossa pulsante indignação face à decisão arbitrária e preconceituosa do MEC/SESU e Reitoria UFVJM ao ignorar nossas demandas pela Educação Superior, bem como nosso repúdio à capciosa tentativa de alterar o nome de Nossa Universidade.



Além disso, manifestamos nossa determinação em lutar por todos os direitos que têm sido historicamente retirados do povo Jequitinhonhense. A política do Estado Brasileiro - em quaisquer de seus modelos- gerou um passivo social que os filhos do Vale exigem reparação. A forma de reconhecer sua omissão é a imediata aprovação pelo MEC da instalação de pólos da UFVJM até 2015, construindo a base necessária para a transformação social do nosso território.


Os pólos terão como sedes as cidades de Capelinha, Araçuaí/Itaobim e Almenara. Por oportuno, manifestamos que não aceitaremos que formadores de opinião – inocentes úteis ou não - nos impinjam sua versão maniqueísta acerca de nossa história. Somos muito mais que miséria, artesanato, urnas e força de trabalho a preços módicos. Somos produto de uma divisão do trabalho regional que privilegia o Sul em detrimento do Norte.



Queremos uma nova simbologia para o Vale do Jequitinhonha: que seu outro lado seja visto! Que suas potencialidades venham à tona! Que o massacre da negação do Estado seja discutido! Que pesquisas ou reportagens a seu respeito não se esgotem na constatação da pobreza como fato natural, mas, que respondam perguntas: por quê? A quem interessa?
Doravante, construiremos outro signo para o Jequitinhonha! Este deverá se atrelar às novas formas de investimento de longo prazo para além do agrobusiness, os quais privilegiem um novo modelo de desenvolvimento sustentável baseado na produção do conhecimento em consonância com sua biodiversidade, nela incluída o ser humano.


Por conseguinte, o acesso facilitado à Educação Superior Pública torna-se imperioso,assim como investimentos em conhecimento, tecnologia e informação, tal como ocorreu em Minas ao Sul quando da instalação do “Vale do Silício mineiro ”(Vale do Sapucaí).


O Vale do Jequitinhonha, se plantando a educação pública de qualidade guardará o germe do que, em futuro próximo, transformar-se-á em celeiro de informação e cultura, e,potencialmente um diferencial para Minas e para o Brasil.



Por que não? Não foi assim no sul de Minas? Somos um milhão de brasileiros com identidade e culturas próprias, que quer viver, brilhar, ser feliz no lugar em que nasceu: o Vale do Jequitinhonha.


Esta é a nossa Luta!


Movimento A UFVJM é nossa!

Este Manifesto poderá e deverá ser reproduzido e discutido em reuniões, salas de aula, encontros e espalhados por todos os espaços. Os meios de comunicação podem e devem divulgá-lo para que o povo do Vale do Jequitinhonha se una em torno de princípios de luta e denuncie o desprezo do Estado Brasileiro (govenos estadual e federal) pelo seu desenvolvimento sustentável.

Capelinha: SINSERCA busca prorrogação da licença maternidade para seis meses

Capelinha: SINSERCA busca prorrogação da licença maternidade para seis meses Vicentão luta à frente do SINSERCA para conseguir licença-maternidade
de seis meses para todas as servidoras municipais de Capelinha

Diante da falta de respostas da Administração Municipal quanto à solicitação para alterar a licença de quatro para seis meses, grávidas são orientadas a procurar o Sindicato dos Servidores de Capelinha.

Nos primeiros dias após o nascimento da criança, a mãe deve procurar o Sindicato munida de cópias de RG, CPF e da licença de quatro meses, concedida após o sexto mês de gestação.

“No SINSERCA será feito um requerimento administrativo ao executivo. A interessada deverá aguardar a resposta por oito ou dez dias no máximo e, caso ela não chegue, a servidora pode nos procurar para ajuizarmos um mandado de segurança contra o município”, avisa Vicente Cordeiro, presidente da entidade.

A advogada do Sindicato, dra. Ana Carolina, alerta que nesse caso há decisões favoráveis e contrarias na Justiça, portanto, é preciso se preparar para qualquer resultado.

“Mas a decisão dada em favor de uma servidora municipal de Divinópolis, na qual estamos nos baseando, e outras tantas pelo Brasil afora, representam para nós uma grande esperança, embora não haja uma jurisprudência consolidada em todos os âmbitos da justiça Brasileira”, explana a assessora jurídica.

Dos dias 9 e 16 de novembro a dra. Ana Carolina não fará atendimento aos filiados na sede do Sindicato, em virtude de compromissos anteriormente assumidos.

Negociação salarial
A Prefeitura de Capelinha dá sinais de que vai cumprir algumas das reivindicações acordadas com o Sindicato durante reunião de negociação salarial.

Entre elas esta a regulamentação da progressão horizontal de todos os servidores. “É um adicional a que temos direito após o estágio probatório, no qual já fazemos jus à referencia A, que equivale a 5% do salário base. Daí por diante, a cada três anos subiremos de letra e somaremos mais 2%, se aprovados na avaliação de desempenho. Se não houver avaliação a progressão é automática”, didatiza Vicente.
Fonte: Fesempre

Minas Gerais sem transparência

Minas Gerais sem transparência
Sem Aécio no governo, a realidade do governo estadual mineiro se altera drasticamente aos olhos dos formadores de opinião. Muito se denunciou a censura que rondava as editorias dos jornais do Estado. Coincidência ou não, desde o início deste ano respira-se um ar mais crítico na pauta dos jornais mineiros.
Veja esta matéria divulgada pelo jornal O Tempo:
"Minas Gerais foi um dos Estados mais mal avaliados do Brasil em relação à transparência dos gastos públicos por pesquisadores do Centro de Estudos da Opinião Pública da Unicamp. A falta de controle sobre a alocação dos recursos pela administração estadual foi um dos oito critérios analisados no levantamento divulgado anteontem - realizado a pedido do Instituto Ethos -, que colocou o governo mineiro entre os mais suscetíveis à corrupção no país, ao lado de Maranhão e Pará. Um exemplo visível da falta de transparência é o gasto dos governos com publicidade. Quando o critério é a divulgação de informações sobre os valores executados, Minas se une a Piauí, Roraima e novamente Distrito Federal entre os Estados cuja transparência é "insatisfatória". A pior avaliação geral foi a do Amapá, que divulga somente uma parte das informações sobre a execução orçamentária.

Divulgação. Dos R$ 70 milhões reservados para publicidade do governo de Minas em 2011, foram investidos, até o início desse mês, R$ 53 milhões. Apesar dos grandes valores movimentados, é difícil saber como a verba foi utilizada, pois a informação não está disponível no Portal da Transparência do Estado".

Fonte: Blog de Esquerda em Esquerda, de Rudá Ricci

Rede Social

Rede Social Somente agora consegui assistir o filme (de 2010) sobre a fundação do Facebook. Mark Zuckerberg aparece como uma espécie de herói-vilão, como várias críticas já apontaram. E Eduardo Saverin como um garoto gente boa.
Conheci uma pessoa, tempos atrás, que lembrava a ambição de Zuckerberg. Contudo, aliava os maiores defeitos de todos personagens do filme: ambição desmedida, falta de criatividade, inveja, tentativa de roubar ideias de outros para se promover, autismo social. Não conseguiu, obviamente, ultrapassar a linha da relação entre pessoas e animais, início dos jogos de Mark Zuckerberg.
O filme sugere o momento histórico que vivemos onde uma boa ideia (nascida da dor de cotovelo misturada com álcool), algum recurso (de outros) e muita ambição (sem nenhum escrúpulo moral) transformam um marginal social em milionário. Pior: onde qualquer emergente se torna centro das atrações para galgar fama ou conferir benefício a um tiete de momento.
O que transforma muita rede social numa corrida pelo sucesso e exibicionismo a qualquer custo.

Rudá Ricci, cientista político

Senado aprova redução da contribuição previdenciária para 5 %

Senado aprova redução da contribuição previdenciária para 5 %
Empregados domésticos e empregadores serão beneficiados
Os senadores da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovaram na quarta-feira, 26.10, a redução da contribuição previdenciária de empregados e empregadores domésticos. A aprovação tem caráter terminativo, valendo como decisão do Senado e não vai a plenário para votação. A proposta reduz o recolhimento mensal da Previdência Social (que atualmente é 8% do salário para o empregado e 12% para o empregador) para uma alíquota de 5% - a ser paga tanto para empregados quanto empregadores.

O principal objetivo do projeto, de autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), é estimular a formalização do emprego doméstico, situação que, em 2009, não abrangia nem 30% dos trabalhadores do setor, de acordo com dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O texto segue agora para a Câmara dos Deputados.
Agência Brasil

domingo, 30 de outubro de 2011

A voz do Brasil que nunca teve voz

A voz do Brasil que nunca teve voz
Lula completou 66 anos esta semana: a metade deles emprestando a voz rouca e grave à defesa da democracia e da justiça social. Avant la lettre, ele deu voz à "primavera árabe" brasileira. Mesmo quando lhe faltaram microfones, nas assembléias históricas da Vila Euclides, no ciclo das grandes greves do ABC paulista, nos anos 80, a voz rouca e grave ecoou através de outras vozes para se fazer ouvir em todos os cantos e lares mais humildes do país.

A economia e a sociedade que essa voz ajudou a construir hoje falam por ele. E torcem por ele, na certeza de que ele ainda falará por ela durante muito tempo, como líder político incontestável da grande frente progressista que deu voz a um Brasil que nunca antes teve voz nem vez na política nacional.

Na campanha de 2002, num discurso emocionado, quando a vitória ainda era incerta, Lula disse que se considerava uma obra coletiva do povo brasileiro. E que assim persistiria , fosse qual fosse o resultado daquela disputa.




De fato. Lula se transformou no intérprete mais fiel das lutas e sonhos da gente brasileira, a ponto de o seu nome ter se incorporado ao vocabulário nacional ('agora é Lula!') como uma espécie de sinônimo do orgulho, da resistência e do discernimento de uma população que, ao seu modo, nele se enxergou como fonte de poder e de direitos .

Essa força tamanha não vai silenciar.


Não apenas porque Lula em breve voltará a expressá-la, mas porque em qualquer tempo, e em qualquer lugar , sempre que interesses de uma elite anti-social e demofóbica ameaçarem as conquistas e anseios dessa gente, haverá quem cante, assovie, murmure ou mencione o refrão que enfeixa um punhado de significados e entendimentos, todos eles imiscíveis com a prepotência e a humilhação que encontrou nesta voz um contraponto de alteridade e hegemonia que as ruas dificilmente esquecerão:

'olê, olê, olê, olá, Lula, Lula...'
Publicado no Carta Maior por Saul Leblon

Novo Cruzeiro: Mulher morre ao cair da carroceria de caminhão

Novo Cruzeiro: Mulher morre ao cair da carroceria de caminhão


A lavradora Maria Emília Gomes dos Santos, 34, foi atropelada no dia 25/10 quando retornava para casa. Ela estava na carroceria de um caminhão quando caiu e sofreu o acidente. O acidente aconteceu no córrego Diamantino, nas proximidades do distrito do Lufa, zona rural do município de Novo Cruzeiro, no Médio Jequitinhonha, nordeste de Minas.

O funcionário do IML de Teófilo Otoni, Francisco Couy Rodrigues contou que o motorista tentou socorrer a vítima. “O condutor parou o veículo para dar socorro, mas ela já estava morta. O veiculo passou por cima da vítima, que faleceu na hora”, relatou.

A mulher sofreu, segundo o relatório da necropsia, traumas abdominais e fraturas de membros inferiores, além de perda excessiva de sangue. Maria Emília Gomes dos Santos residia no córrego Diamantino e deixa sete filhos.
Fonte: Diario De Teófilo Otoni

Especulações sobre o impacto político do adoecimento de Lula

Especulações sobre o impacto político do adoecimento de Lula O que chama atenção, num primeiro momento, é a decisão de divulgar imediatamente seu tumor. Foi movimento inverso da tomada por François Mitterrand, em 1981. Mitterand tinha acabado de se eleger Presidente e tinha como referência a morte de Georges Pompidou, que tinha falecido em 1974 vitimado por um câncer linfático.

Mitterrand escondeu de todos seu tumor e divulgou boletins médicos falsos. Em 1992 não conseguiu mais esconder ao ser submetido a uma intervenção cirúrgica. Faleceu em 1996.

A decisão de divulgar gera, do ponto de vista político, um fato que pode ser explorado a ponto de criar uma comoção. Não há, obviamente, nenhuma sinalização nesta direção.

O que se tem de informação é que o tratamento quimioterápico a que Lula será submetido durará 60 dias. Se evoluir positivamente como ocorreu com a então candidata Dilma Rousseff, haverá baixo ou nenhum impacto sobre as eleições do próximo ano.

Se perdurar o tratamento, Lula terá um papel menor na gestão política da campanha petista em São Paulo e Minas Gerais (dois Estados prioritários na avaliação do ex-Presidente), mas criará, como já afirmei, comoção, ou seja, um fato político novo e irracional.

Rudá Ricci, cientista político, de BH

Desastre com carreta carregada de explosivo mata motorista na Br 251

Desastre com carreta carregada de explosivo mata motorista na Br 251
No KM 380 (aproximadamente) da BR 251 às 09:30 deste sáado, 29.10, próximo a Grão Mogol, o veículo Iveco/Eurotech 450E37tn1 com placa ANB-6972 de Quatro Barras/PR, que tracionava um Semi reboque Randon, placa ADQ-5438 também de Quatro Barras/PR, carregado de produto explosivo, era conduzido por A de S. C., 35 anos de idade e transitava no sentido Montes Claros/MG a Salinas/MG quando invadiu a contramão de direção para desviar de buracos na pista, momento em que foi colidido lateralmente pelo veículo M.Benz/Atego 2425, placa CUD-9635 de São José do Rio Preto/SP, que transitava no sentido contrário e era conduzido por A.G dos S, 52 anos de idade, que faleceu no local.

A carga de produto explosivo derramou parte na pista e o restante fora dela e o trânsito no local foi controlado pela Polícia Rodoviária Federal, fluindo por apenas uma faixa de rolamento.
A vítima FATAL foi encaminhada ao IML de Montes Claros, no norte de Minas.

Jovem de Angelândia, no Alto Jequitinhonha, morre com suspeita de meningite

Jovem de Angelândia, no Alto Jequitinhonha, morre com suspeita de meningite Secretaria de Saúde da cidade distribuiu antibióticos para os parentes deles.
Um jovem de 21 anos morreu com suspeita de meningite em Capelinha, no Alto Jequitinhonha, no dia 22.10. O paciente – morador de Angelândia, município vizinho – havia dado entrada na Unidade Básica de Saúde (UBS) na sexta-feira (21.10) e morreu no Hospital Municipal São Vicente de Paula, em Capelinha, para onde foi transferido. Nesta sexta-feira, 29.10, um irmão do rapaz, que também foi contaminado pela doença, recebeu alta do mesmo hospital. Os dois ficaram em quartos isolados. Os casos seriam os primeiros suspeitos de meningite registrados em Angelândia neste ano.

Amostras do líquido da coluna dos dois pacientes foram enviadas à Fundação Ezequiel Dias (Funed) na última segunda-feira. O laudo deve ser emitido em 15 dias. Parentes dos rapazes estariam na casa de parentes em Capelinha e não foram encontrados ontem pela reportagem.
A secretária de Saúde de Angelândia, Rosângela Aparecida Azevedo, informou que os familiares e todas as pessoas que tiveram contato com a vítima estão tomando antibióticos. “Estamos buscando todos os contatos na escola, no trabalho e na casa dele, para fazer a medida profilática. Muitos já foram medicados”, disse. Segundo ela, a Superintendência Regional de Saúde e a Secretaria de Estado de Saúde (SES) já foram notificadas.

Por ser feriado do Dia do Servidor, ninguém da direção do Hospital São Vicente de Paula foi encontrado para falar sobre o assunto. Hospital de Capelinha, no Alto Jequitinhonha
Segundo a Coordenadora de Atenção Primária à Saúde de Angelândia, Patrícia Almeida, só com o resultado dos exames será possível confirmar o diagnóstico dos irmãos. “Como a doença evoluiu muito rápido levando ao óbito, acreditamos que seja a meningite do tipo C”.

A população de Angelândia, que tem cerca de 8.003 habitantes (IBGE, 2010), ficou apavorada com a notícia da morte do jovem, que era entregador de jornal na cidade. Nas escolas, estudantes e funcionários estão recebendo palestras com informações sobre a doença. A iniciativa tem o objetivo de tranquilizar a população. Um médico do município, Arthur Martins, foi à rádio da cidade para dar orientações aos moradores.

A SES não soube informar se os casos de Angelândia foram incluídos no balanço do Estado sobre a doença. Segundo a assessoria do órgão, casos isolados de meningite são normais. Neste ano, 123 pessoas morreram em Minas com diagnóstico de meningite e 844 casos foram confirmados.

Para o infectologista Unaí Tupinambás, a população só deve se preocupar quando ocorrerem novos casos e se for confirmado o tipo C da meningite. “Apesar de a doença ser menos frequente em jovens, é comum aparecerem pacientes isolados. É uma doença que mata todos os dias”.
Fonte: Jornal O Tempo

A pedra no calo de Aécio, o menino do Rio

A pedra no calo de Aécio, o menino do Rio
Morador do Rio de Janeiro Aécio é considerado como 4º senador Carioca.




Blog do jornalista Lucas Figueiredo compra briga com o todo poderoso senador e ex-governador mineiro, e sente na pele o poder da contraofensiva aecista na web; diz o repórter premiado que "em Minas Gerais, é proibido falar de Aécio"
Mal acostumado com a passividade da imprensa mineira, o senador Aécio Neves parece enfim ter encontrado um repórter com o qual se incomodar. A pedra no sapato do senador se chama Lucas Figueiredo, e o jornalista mineiro já vem recebendo, via internet, o troco das críticas que tem publicado contra Aécio em seu blog. Na verdade, o domínio
http://lfigueiredo.wordpress.com sofre o que o jornalista gosta de chamar de “forte ataque da guerrilha pró-Aécio Neves na web”.
Jornalista premiado, com passagem pelos principais veículos de imprensa do país, além de autor de livros igualmente bem-sucedidos, Figueiredo resolveu noticiar, de forma crítica, a posição do senador e ex-governador mineiro na votação que define a distribuição dos royalties do pré-sal. Para o jornalista, o tucano Aécio Neves teria defendido os interesses do Rio de Janeiro em detrimento dos interesses de Minas Gerais.
A polêmica se explica: ao dizer que Aécio atuou como “quarto senador fluminense” na questão dos royalties do petróleo, Figueiredo incomodou o ex-governador e político mais popular de Minas por várias razões. A primeira é que há, na imprensa do estado, um quase pacto de silêncio, ou mesmo apoio, em relação a quase tudo que Aécio diz ou faz. A segunda é que as críticas trazem de volta um temor que existia pelo menos desde a campanha eleitoral do ano passado: a de que Aécio não conseguiria, como parlamentar, o mesmo destaque e a quase unanimidade que obteve no executivo mineiro. Por fim, até as fontes que enfeitam a Praça da Liberdade (antiga residência de Aécio quando governador) sabem da sua admiração pelo Rio, para onde viaja frequentemente, sobretudo nos fins de semana – só que os aecistas nem de longe gostam de ouvir falar nisso.
Sobre a votação dos royalties do pré-sal, por sinal, o jornalista Ancelmo Góis voltou a chamar o senador mineiro de “menino do Rio”, em uma notinha na famosa coluna que assina n’O Globo. Em pronunciamento um mês antes da votação dos royalties, Aécio afirma na tribuna do Senado: “Não se pode pensar em alterar as regras de distribuição dos royalties promovendo a retirada de recursos de estados e municípios produtores (…)”
Para azar do senador, uma reportagem do jornal Estado de Minas, publicada apenas dois dias depois da votação, diz que o projeto aprovado 19 de outubro fará com que, já no próximo ano, “a fatia de Minas nos recursos do pré-sal seja aumentada de R$ 91,5 milhões para R$ 757 milhões” – um acréscimo de 726%.
Pouco tempo depois da publicação dos primeiros posts, o blog de Lucas Figueiredo começou a receber alguns comentários “inusitados”, como o jornalista diz em tom de brincadeira. Em um dos posts, Lucas tenta identificar internautas que, anonimamente, fizeram comentários críticos ao blog e favoráveis a Aécio. “Percebi ali um esquema organizado nas redes sociais e blogs para conter qualquer crítica”, diz Figueiredo, em entrevista ao Brasil 247.
Nascido em Belo Horizonte há 43 anos, ele trabalhou em jornais como Folha de S. Paulo, Estado de Minas, O Estado de São Paulo e Correio Braziliense, além de ter feito colaborações em revistas como a Rolling Stone, Playboy e Superinteressante, entre outras. Ganhou três vezes o Prêmio Esso, o mais importante do jornalismo brasileiro. Publicou também livros com relativo sucesso – para os padrões brasileiros –, como Morcegos Negros, Ministério do Silêncio e Olho por Olho, pelo qual conquistou o segundo lugar no Prêmio Jabuti, o principal da literatura nacional.
As críticas ao jornalista centram-se em dois pilares: um é de que ele seria um antiaecista convicto e que, por isso, suas posições jornalísticas a respeito deveriam ser recebidas com mais ceticismo. O outro pilar, derivado do primeiro, lembra que Lucas Figueiredo trabalhou na campanha do candidato derrotado ao governo mineiro no ano passado, o ex-ministro e ex-senador Hélio Costa (PMDB) – o vencedor do pleito, como se sabe, foi o ex-vice de Aécio, Antonio Anastasia, que saiu do traço nas pesquisas e, sobretudo graças ao apoio aecista, ganhou no primeiro turno.
Ao 247, o jornalista respondeu às duas críticas: “Em primeiro lugar, trabalhei, sim, alguns meses, como coordenador de imprensa, na campanha do Hélio Costa. E daí? E minhas décadas de jornalismo trabalhando em outros veículos?”. Sobre ser antiaecista, Lucas Figueiredo foi mais enfático: “Não sou, não quero e não serei, até porque tenho outras preocupações no momento”, afirma o jornalista, que está escrevendo um novo livro para a Editora Record. “Escrevo sobre o Sarney, critico a Dilma, o Lula, o FHC, o PCdoB, os tucanos e o PT”, continua Figueiredo. “E ninguém me acusa disso ou aquilo. Sobre o Aécio, ao menos aqui em Minas, parece que é proibido falar.

Blog do Alberto Bouchardet

sábado, 29 de outubro de 2011

Capelinha: Movimento Pró UFVJM cresce e se fortalece com apoio popular




Capelinha: Movimento Pró UFVJM cresce e se fortalece com apoio popular e de lideranças políticas

Movimento marca 24 de novembro para grande manifestação popular, o Dia da Educação
Reunião da Comissão de Organização do Movimento na Câmara Municipal de Capelinha teve participação de 80 pessoas
A grande mobilização da sociedade civil, com o apoio da Prefeitura e a Câmara Municipal de Capelinha, tem caminhado a passos largos e firmes para que a implantação de um campus da UFVJM na cidade vire realidade, o mais breve possível.


Várias ações têm sido realizadas como reuniões, debates, abaixo-assinado, entrevistas em rádios, postagens e comentários na internet, manifestações públicas de autoridades políticas, empresariais, sindicais, religiosas e comunitárias. Estas atividades se dão em Câmaras Municipais, escolas, Sindicatos e espaços da mídia.

Nas últimas semanas, várias conquistas e manifestações de apoio ao movimento surgiram. Lideranças políticas e vereadoes da cidade de Berilo foram os primeiros a se manifestarem. Logo após, no dia 21.10, Aricanduva, através do Prefeito Orlando Cordeiro e da Câmara de Vereadores declaram publicamente apoio.

Prefeitura e Câmara de Angelândia se unem em torno da luta pelo campus da UFVJM em Capelinha

Nesta última terça-feira, a Câmara e a Prefeitura de Angelândia se reuniram com liderança de Capelinha e se juntaram ao Movimento, em uma reunião extraordinária realizada na Câmara Municipal. Nesta quinta-feira, 27.10, foi a vez da Câmara de Água Boa que veio a fortalecer a corrente da educação na microrregião.

Segundo a Comissão de Mobilização, até o momento, mais de 6 mil assinaturas já foram recolhidas, e quem não assinou, poderá procurar em qualquer Escola, Posto de Saúde ou outro órgão público da região. As listas de assinaturas estão disponíveis nas cidades de Capelinha, Angelândia, Aricanduva e Água Boa.
Aperam dá sinal positivo
Com a parceria da Aperam, Capelinha dá mais um passo para viabilizar Campus
Reunidos na tarde desta terça-feira, 25.10, na Aperam (antiga Acerlormittal), representantes do movimento, vereadores e o Assessor de Comunicação da Prefeitura de Capelinha, Weliton Vitor, receberam a sinalização da parceria para disponibilização do terreno de 20 hectares para a futura implantação do Campus Universitário.

Na reunião, O Clênio se disse impressionado com a grande mobilização da sociedade capelinhense em prol da Universidade. “Moro e trabalho em Capelinha há 15 anos, esta é a primeira vez que eu vejo a cidade inteira abraçar uma causa com tão grande mobilização”, disse.

Wellinton Vitor, da Prefeitura de Capelinha, fez questão de ressaltar que a grande mobilização surgiu da sociedade civil capelinhense. “Esse é um movimento que surgiu da sociedade civil e vem tendo o apoio de agentes políticos".

Dia 24 de novembro, o Dia da Educação
Será no dia 24 de Novembro, o dia E, Dia da Educação, que deve mobilizar 21 munciípios da microrregião de Capelinha para uma grande manifestação popular, com a presença de diversas autoridades regionais e de Deputados federais e estaduais votados em nossa região.

Até o momento, alguns deputados e políticos nacionais já declararam apoio, se juntando à luta de Capelinha. São eles:
Secretário de Desenvolvimento Regional - Bilac Pinto (PR), Deputado Fderal Miguel Correia (PT),
Secretário de Governo de Minas - Danilo de Castro, Deputado Federal Reginaldo Lopes (PT),
Senador Clésio Andrade (PR), Deputado Federal Paulo Abi-Ackel (PSDB), Deputado Estadual Neilando Pimenta (PHS) e o Vice Governador de Minas Gerais – Aberto Pinto Coelho, dentre outras autoridades políticas de Minas e do Brasil.

Saiba como você pode ajudar
A Comissão apresentou algumas formas de mobilização que podem ser feitas para participar do Movimento Universidade Federal em Capelinha.

Uma das formas mais concretas destacadas é aderindo ao abaixo-assinado e convidando amigos e vizinhos para assinarem também. A Comissão lembra que é obrigatório ter um documento de Identidade com nome completo da pessoa. A lista não deverá ser assinada duas vezes.

Outra forma de participação é o envio de um e-mail para o Deputado Federal ou Estadual pedindo que ele interceda por Capelinha junto ao Ministério da Educação e a Presidenta Dilma.


Segue abaixo lista de e-mails de deputados votados em Capelinha e cidades da microrregião:
Deputado Federal Rodrigo de Castro
dep.rodrigodecastro@camara.gov.br

Deputado Federal Paulo Abi-Ackel dep.pauloabiackel@camara.gov.br
Deputado Federal Toninho Pìnheiro
dep.toninhopinheiro@camara.gov.br

Deputado Federal Miguel Correa dep.miguelcorrea@camara.gov.br
Deputado Federal Jô Moraes
dep.jomoraes@camara.gov.br
Deputado Federal Carlaile Pedrosa
dep.carlailepedrosa@camara.gov.br

Deputado Federal Bernardo Santana dep.bernardosantana@camara.gov.br

Texto de Hélio Silva do Jornal A Cidade, com algumas modificações.

Almenara: Zé Ramalho volta ao Vale e faz o show do ano

Almenara: Zé Ramalho volta ao Vale e faz o show do ano
Baner do show Zé Ramalho Sesc Laces de Almenara receberá ,no dia 19/11, o cantor e compositor Zé Ramalho
Há uma grande expectativa em torno do show do cantor e compositor Zé Ramalho. O evento, sob a tutela de Jackson Martins, em parceria com o Sesc Laces/Almenara, acontece dia 19 de novembro, sábado, ocasião em que fãs do artista provenientes das cidades do Jequitinhonha, Mucuri e Sul da Bahia marcarão presenças.

Segundo o organizador ,a procura por ingressos e mesas é bastante acentuada, projetando assim um expressivo público que deve lotar a quadra do Sesc. A próposito, o reflexo positivo do recente show de Zé Ramalho em Jequitinhonha, considerado de altíssimo nível, deu maior visibilidade ao projeto de Jackson Martins, um dos mais conceituados empresários do ramo artístico e cultural de Minas.

Os ingressos e mesas estão disponíveis no Boticário, e na Sapataria Marinho, em Almenara. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas na Secretaria do Sesc Laces/Almenara pelo telefone (33) 3721-1047.

Polícia Civil recebe equipamento especial para auxiliar nas investigações

Polícia Civil recebe equipamento especial para auxiliar nas investigações
Na próxima segunda-feira, 31.10, por meio da Superintendência de Polícia Técnico Cientifica (SPTC) da Polícia Civil de Minas Gerais serão entregues 95 maletas com modernos equipamentos e materiais de perícias para delegacias de todas as regiões do Estado. A entrega será feita na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, em Belo Horizonte, a partir das 15 horas.
Equipamentos vão agilizar o trabalho dos peritos criminais
Da região dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, doze municípios serão contemplados com o recebimento de 15 maletas. As delegacias contempladas pelos novos equipamentos estão sediadas em Montes Claros, Taiobeiras, Januária, Janaúba, Curvelo, Capelinha, Diamantina, Pirapora, Teófilo Otoni, Pedra Azul, Almenara e Nanuque. A Polícia Civil de Montes Claros receberá três maletas e a de Teófilo Otoni, dois equipamentos. Aos demais 13 municípios serão repassados um equipamento para cada delegacia.
As maletas contêm 42 itens, entre eles, máquina fotográfica, netbook, reagentes de sangue e drogas, trenas eletrônicas, GPS, luvas, óculos especiais, material para coleta de impressões digitais e para isolamento de área. Com os novos equipamentos, peritos criminais de todo o Estado terão à disposição um kit com o material necessário para detectar e coletar vestígios como sangue, saliva, fio de cabelo ou impressões digitais.

Além dos kits de perícia, já foram adquiridos dois microcomparadores balísticos, usados para exames em projéteis disparados e eventual associação com armas de fogo.

-Esses equipamentos vão agilizar o trabalho dos peritos criminais. O tempo que gastavam para deslocamento até o laboratório em muitos casos não será necessário, já que estarão com o equipamento em mãos. Com o netbook, por exemplo, os dados serão lançados no sistema do local onde a pericia foi realizada, enfatizou o Superintendente de Polícia Técnico-Científica da Polícia Civil, Diógenes Coelho Vieira.

Fonte: onorte.net

Itamarandiba e mais 12 municípios do Vale pleiteiam integração na Estrada Real

Itamarandiba e mais 12 municípios do Vale pleiteiam integração na Estrada Real


Distrito de Penha de França, em Itamarandiba, no Alto Jequitinhonha
Demonstrando total interesse em que Itamarandiba passe a integrar o Programa Estrada Real, no dia 21 de outubro, o prefeito municipal Tom Costa, juntamente com o Secretário Municipal de Cultura, Adão Domingos Ramalho, Secretária Municipal de Assistência Social, Rosana Freire e a Diretora de Cultura, Lucélia Elaine Amaro, estiveram na cidade de Turmalina para participar da reunião dos municípios interessados em fazer parte do circuito turístico Estrada Real.




Além das autoridades itamarandibanas, participaram do encontro representantes dos municípios de Angelândia, Senador Modestino Gonçalves, Francisco Badaró, Capelinha, Berilo, Chapada do Norte, Itacambira, Minas Novas, Botumirim, Grão Mogol, Turmalina e Cristália.



Com uma rica história que remontam os anos áureos pela corrida do ouro e pedras preciosas em Minas Gerais, Itamarandiba tem fundamentação histórica e cultural, de que algumas localidades, a exemplo Penha de França, foi cenário dos caminhos reais, no garimpo ou no transporte do ouro e diamantes, durante os séculos XVII e XVIII.



De acordo com o Secretário Municipal de Cultura, Adão Domingos, o encontro serviu, dentre outras coisas, para que fosse demonstrado a importância e o mérito do município de Itamarandiba em fazer parte do Programa Estrada Real. “Temos todas as condições de integrarmos o programa. Entretanto precisamos preencher critérios que condizem com as demandas do município.
"Com o já consentimento do Prefeito Tom Costa, estamos empenhados em cumprir as exigências estabelecidas e se tudo der certo, em breve, faremos parte desse importantíssimo circuito turístico.”, argumentou Domingos.



Com a finalidade de valorizar o patrimônio histórico cultural e estimular o turismo, o Projeto Turístico Estrada Real é visto pelo Prefeito Tom Costa como um dos mais importantes programas de preservação e revitalização dos pontos turísticos de Minas Gerais e grande gerador de renda para os municípios.

“O circuito da Estrada Real passa pelos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e na sua grande maioria por Minas Gerais. É fato que as localidades pertencentes ao trajeto da Estrada Real tem tido uma crescente no que diz respeito à geração de renda e qualidade de vida. Neste sentido é de nosso interesse em participar do Programa e vamos lutar para fazermos parte do circuito.”, concluiu o Prefeito.

Ernane Frois ASCOM/Prefeitura de Itamarandiba

Araçuaí: Polícia apreende 1.760 pedras de crack, 1.500 gramas de maconha e 50 gramas de cocaína

Araçuaí: Polícia apreende 1.760 pedras de crack, 1.500 gramas de maconha e 50 gramas de cocaína

Em busca dos dois assaltantes que invadiram casa de escrevente em Araçuaí, nordeste de Minas, na manhã de quarta-feira ( 27.10), policiais acabaram encontrando 1.760 pedras de crack, um quilo e meio de maconha e 50 gramas de cocaína.


A droga estava na casa de Farley Daniel Gonçalves, 18 anos, residente na rua Professora Maria Pereira 321, bairro São Geraldo. Ele negou ser o dono da droga, afirmando que ela pertence à dois rapazes que estavam hospedados na casa . No entanto, ao conversar com moradores da rua, eles informaram que era grande a movimentação de pessoas em frente à casa.


Farley foi preso em um bar próximo à sua residência por volta das 22 horas de quarta-feira (27.10 ) e portava pequena poção de droga. A polícia chegou até ele após um comerciante da região rural de Araçuaí, conhecida por Córrego da Velha, passar ao escrevente Marcos Miranda a informação de que os possíveis invasores de sua residência estariam hospedados na casa de Farley e que um deles o estaria ameaçando de morte. O escrevente teria passado a informação à polícia, mas ele negou que tenha recebido tal informação .
Após este fato, a polícia civil montou “ campana” nas proximidades durante toda a tarde. Por volta das 22 horas, ao perceberem a chegada de duas pessoas na casa, a Polícia Militar foi acionada. Após a prisão de Farley e da droga, as duas pessoas foram levados para o quartel da polícia mas liberadas, três horas depois.


Naquele exato momento estava acontecendo um assalto na residência do proprietário do Bar Juá, às margens do Rio Jequitinhonha, em Coronel Murta, quando dois bandidos armados e encapuzados invadiram sua casa e levaram celulares, máquinas fotográficas digitais, computador portátil e R$ 500 reais em dinheiro.


Em seu depoimento, Farley Daniel afirmou que os dois rapazes hospedados em sua casa são os responsáveis pela tentativa de assalto na casa do escrevente Marcos Miranda. Um deles é conhecido por “ Guéu” que seria seu primo e o outro comparsa, natural de Pitangueiras (SP). A Polícia acredita que sejam os mesmos que assaltaram a casa do proprietário do Bar Juá, de Coronel Murta.

Texto de Sérgio Vasconcelos, publicado no Gazeta de Araçuaí

Assaltantes rendem e roubam família em Coronel Murta

Coronel Murta: Assaltantes rendem e roubam família
Bandidos podem ser os mesmos que invadiram casa de escrevente em Araçuaí

O casal Antonio Inácio Murta e Marise foram rendidos junto com os filhos
A família do professor e comerciante Antonio Inácio Murta, 63 anos, viveu horas de terror nas mãos de dois assaltantes encapuzados que, armados, invadiram sua casa, às margens do Rio Jequitinhonha, em Coronel Murta, cidade do Médio Jequitinhonha, no nordeste de Minas, na madrugada de quinta-feira (27.10).


A polícia acredita que são os mesmos bandidos que no dia anterior, invadiram a casa do escrevente, Marcos Miranda, em Araçuaí, em busca de ouro e jóias.


Em Coronel Murta, os dois assaltantes, armados de revólveres renderam o casal que assistia TV na sala, juntamente com a filha, de 28 anos.

“ Meu outro filho, de 26 anos já estava dormindo quando eles invadiram a casa. Pensei que eles iam matar todos nós, porque ficaram ameaçando isso o tempo inteiro e perguntando onde estava o ouro”, contou Marise Lopes Martins, 51 anos, esposa do professor e que, assim como o tabelião de Araçuaí, também comerciava joías.

O casal é proprietário do Bar Juá, às margens do rio Jequitinhonha, e mora no andar superior do estabelecimento. Os bandidos levaram cerca de R$ 500 em dinheiro, máquinas fotográficas digitais, um notebook, celulares e joias.

“ Acredito que o prejuízo foi de pelo menos R$ 4 mil reais. O importante é que estamos vivos”, disse Marize, lembrando os momentos de terror que viveu com um dos bandidos apontando a arma para sua cabeça.

“ Reviraram tudo na casa. Jogaram tudo no chão. Eu disse para eles pegaram tudo que quisessem para nos deixar vivos”, desabafou a comerciante que um dia antes, havia sepultado a mãe, vítima de enfarto. “ Creio que ela estava junto de nós, porque orei a Deus e pedi proteção a ela. Quando me viram rezando disseram que era para fazer isso mesmo porque o capeta gosta de quem reza”, contou Marize ainda abalada pelos acontecimentos.


Antes de deixarem a residência, eles amarraram as minhas mãos, do meu marido e de um adolescente que trabalha com a gente e ainda ameaçaram: “Não olhem para trás porque senão, vamos matar todo mundo”. Eles só não amarraram minha filha que estava operada e do meu filho que já estava dormindo”, disse Marize.


“ Já estamos providenciando cerca elétrica, câmaras de circuito interno e maior segurança para minha família”, garantiu a comerciante que não soube informar se os assaltantes fugiram de carro ou moto. “ Não ouvi barulho de nada”, disse ela.

Os dois bandidos invadiram a casa por volta das 22 horas de quarta-feira. “ Eles ficaram mais de três horas dentro da nossa casa. Quando saíram já eram mais de uma hora da manhã de quinta-feira”, recorda Marise.
A polícia diz já ter pistas dos assaltantes e que a prisão dos dois pode acontecer a qualquer momento. Há suspeitas de que um seja da zona rural de Araçuaí e o outro do interior paulista, da cidade de Pitangueiras.
“ Eles se conheceram no corte de cana e estão agindo na região”, disse uma fonte da Polícia Militar .
Publicado no Gazeta de Araçuaí, com texto de Sérgio Vasconcelos.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Berilo: Juiz manda draga parar com exploração de ouro no rio Araçuaí

Berilo: Juiz suspende draga de exploração de ouro no rio Araçuaí Estudantes e professores de Berilo saíram às ruas, vestidos de luto, protestando contra a draga, no dia 05.10

O Juiz de Direito da Comarca de Minas Novas, Eduardo Rabelo Thebit Dolabela, deferiu a tutela antecipada, na terça-feira, 25.10, determinando, que a empresa Araçuaí Exploração e Mineração Ltda cessasse imediatamente a exploração de ouro no Rio Araçuaí, no município de Berilo, no Médio Jequitinhonha, sob pena de multa diária no valor de R$10 mil, sem prejuízo da remoção forçada da balsa que lá se encontra". A empresa poderá recorrer da decisão.
O Juiz entendeu que há risco de dano irreparável ou de difícil reparação, caso a exploração continue.
Draga no rio a 3 km da cidade de Berilo, perto da fazenda de Tatá, de Dona Jova e da residência de André, na Beira-do-Rio.

A decisão judicial é fruto da movimentação do povo de Berilo que acionou o Ministério Público de Minas Novas com um abaixo-assinado de mais de 1.300 assinaturas, pedindo que a draga parasse de explorar o rio Araçuai. A ação pública coletiva deu entrada no dia 28.09.
A draga no rio Araçuaí, a 3 km da cidade de Berilo, à montante (subindo o rio).
Dois dias depois, a Câmara Municipal também entrou com uma ação, exigindo a retirada da draga.
Manifestantes usam fitinha preta no pulso como protesto contra a draga
O Promotor de Justiça, Guilherme de Sá Meneguim, intimou os mineradores e solicitou informações e documentos sobre a atuação de exploração do ouro no rio. Na quinta-feira, dia 20.10, entrou com uma ação de suspensão das atividades da empresa. Nas suas justificativas, registrou que as ações da empresa deixavam os moradores de Berilo e comunidades rurais assustadas e temerosas de uso de produtos químicos que poderiam contaminar a água, além da destruição do leito do rio.Plenário da Câmara de Berilo ficou lotado com cidadãos/ãs vestidos de luto, na aprovação da lei municipal proibindo a exploração de ouro no rio
Ele acredita que a SUPRAM - Superintendência Regional do Meio Ambiente, de Diamantina, deveria dar Licença Ambiental para o empreendimento somente após uma Audiênca Pública em Berilo e Chapada do Norte.

A população de Berilo está ansiosa para ver as dragas saindo do rio. Já foram feitas manifestações com passeatas, faixas e bandeiras pretas expostas nas casas e aprovação de lei municipal proibindo a exploração de ouro no rio.
Uma nova balsa estava sendo instalada pela empresa.
A exploração de ouro no rio Araçuaí começou no dia 19 de setembro passado.
Leia várias reprtagens sobre a draga no rio Araçuaí, clicando aqui:
blogdobanu.draga.rio.araçuaí

O APÓSTOLO

O APÓSTOLO

C aminhando pelo Vale a passos firmes
R eerguendo a fé de uma terra amargurada
E sperança dos humildes de reencontrar a sua paz
... S orriso das crianças... Entre cascudos carinhosos, cá estava ele
C onstruindo desde cedo a unidade do afeto cristão
E studando a tudo e a todos com firmeza e uma paz intensa... nos fixava o olhar
N uma breve interrogação, uma pausa para meditar
Z elando pela sua vocação primeira, fez dela a sua história:
I r ao mundo, pregar o evangelho. Mas antes de tudo transformar a fé em ação
O lhando sempre o futuro, projetou aqui grandes sonhos.

R emou contra as adversidades, que assolaram o vale... Cheias... Seca
I ncentivou a educação, criando escolas e incentivando saberes
N a luta pela unidade do Vale, foi um precursor
A massou barro, fez tijolos e construiu casas
L evou paz, onde havia desesperança
D oou de si, o máximo que a vida lhe permitiu
I nvestiu , iniciou, insistiu, incentivou, persistiu e venceu...
N este canto, nesta terra, neste chão, como se cá fosse a sua...
I Tália

Higino Pedro, natural de Coronel Murta, vivido em Itaobim e morador de Araçuaí. Cresceu admirando seu mestre Dom Enzo. Trabalha na Cemig.
Se forças físicas ele ainda tivesse, estaria cá junto a nós, lutando pela tão sonhada Universidade no Vale. Quiçá consigamos nosso polo educacional, e o daremos o nome daquele que nos ensinou a lutar, a desejar mais, a aparar as arestas e remar contra as adversidades....a luta tá de luto.

Capelinha: Lançamento oficial do 2º Festival de Animação e Arte 2012

Capelinha: Lançamento oficial do 2º Festival de Animação e Arte 2012


O Grupo de Teatro de Capelinha Anim’Art realizará nesta segunda-feira 31-10-2011 reunião para discussão do 1º Festival de Animação e Arte e paralelamente o lançamento do 2º Festival de Animação e Arte e também da Noite dos 10 Encantos. A reunião está marcada para as 17:20 horas no Espaço Ativa Idade (Antiga Casa de Cultura). Já foram convidados para a reunião autoridades capelinhenses, diretores e professores, empresários e comerciantes, alunos e pais e jornalistas.

O Segundo Festival de Animação e Arte é uma realização do Grupo de Teatro de Capelinha Anim’Art em parceria com as escola públicas e particulares de Capelinha.

Em 2011, o evento foi um sucesso. Mais de 250 Jovens se inscreveram e 150 destes tiveram uma participação ativa nas oficinas e nas atividades propostas pelo evento.

Nas apresentações das escolas, o público foi de uma média de 150 pessoas por dia. Além das apresentações escolares aconteceu também o VI Encontro da RCT (Rede de Coletivos Teatrais do Vale do Jequitinhonha), que trouxe até Capelinha representantes de 5 cidades que apresentaram e discutiram assuntos referentes ao Teatro do Vale do Jequitinhonha.

O evento foi finalizado com shows musicais de artistas de Capelinha e região. Dentre estes destaca-se Jederson Cordeiro (Capelinha), Marco Aurélio (Minas Novas), Maria Letícia (Capelinha), Diporta Afora (Padre Paraíso), Expressão de Louvor (Capelinha), Jessica Souza (Belo Horizonte), Banda Akasus (Capelinha), Coral Araras Grandes (Araçuaí) e Coral Flor da Terra (Francisco Badaró), todos com belíssimas apresentações.

De acordo com a programação, o 2º Festival de Animação e Arte começará em fevereiro de 2012 com as oficinas de teatro.

Algumas escolas já confirmaram a participação nesta segunda edição do festival. São elas: Escola Estadual Bento Rocha de Jesus, Escola Estadual Coronel Coelho, Escola Estadual Domingos Pimenta de Figueiredo, Escola Estadual Doutor Juscelino Barbosa, Escola Estadual Professor Antônio Lago, Escola Estadual Professora Geralda Otoni Barbosa, Escola Estadual Professora Hermínia Eponina da Silva, Escola Estadual Professora Rosarinha Pimentinha e Instituto Educacional Manuel Luiz Pego.

Todas essas escolas terão a disposição uma comissão de teatro (atores do Grupo de Teatro de Capelinha Anim’Art) para dar suporte na escolha dos atores, na construção de cenário, figurino, além de oficinas de teatro, oficinas estas que serão disponibilizadas gratuitamente.

No intuito de abrilhantar ainda mais o evento na sua segunda edição, Capelinha será palco de uma fervorosa noite literária com uma disputa de composições (poemas) e intérpretes. A “Noite dos 10 Encantos” traz em seu nome a magia do que é a poesia. E em sua primeira realização fará homenagem ao Centenário de Capelinha.
Fonte: Blog do Regis

Caixa abre Edital de Lotérica para cidades do Vale

Caixa abre Edital de Lotérica para cidades do Vale
A Caixa Econômica Federal divulgou na segunda-feira (24.10) novo edital de Licitação Pública para 29 novas Unidades Lotéricas na Regional Leste da Caixa, no Vale do Rio Doce, Jequitinhonha e Mucuri. Trata-se do projeto de expansão da rede de atendimento da Caixa, por meio de licitações públicas regionais, que tem como objetivo aprimorar o atendimento ao público por meio da rede de lotéricas.

Das 29 novas unidades, o Vale do Jequitinhonha pode abrir novos pontos de Lotérica em 7 cidades: Almenara, Angelândia, Araçuaí, Capelinha, Divisa Alegre, Novo Cruzeiro e Setubinha.

O superintendente regional da Caixa, Dimas Wagner Lamounier, ressalta o importante papel social da rede lotérica: “Além de alimentar os sonhos de milhões de apostadores através de seus prêmios milionários, as Loterias Caixa constituem uma importante fonte de recursos para o desenvolvimento social. Quase metade do total arrecadado com os jogos é repassada para os ministérios beneficiários e entidades não governamentais para investimentos em áreas prioritárias para o país”, afirmou.

Como participar das licitações: A Caixa divulga os editais regionais referentes às novas casas lotéricas em jornais de circulação local e no Diário Oficial da União. Os editais são também divulgados no site da Caixa na Internet, www.caixa.gov.br, pelo seguinte caminho: Empresas, Portal de compras, licitações instauradas, Belo Horizonte, concorrência 4254/2011.

Poderão participar dos certames pessoas físicas ou jurídicas que tenham situação cadastral totalmente regular. A licitação será pelo critério de “maior oferta", entre os candidatos que atenderem aos requisitos do edital, com destaque para os seguintes:
- Oferecer imóvel nos locais definidos e com área útil para guichês de atendimento e para mesas de atendimento igual ou superior ao mínimo exigido no edital;
- Possuir curso fundamental ou superior;
- Oferecer o maior lance para a Taxa de Permissão, que é de no mínimo R$ 10 mil para a categoria Casa Lotérica ou de R$ 1 mil para a categoria Unidade Simplificada de Loterias.

Para acessar o edital referente ao Leste/Vale do Jequitinhonha, clique aqui
edital.lotérica.caixa

Com a dica do Blog do Jequi

Araçuaí: Bandido invade casa de comerciante, sistema interno de câmeras filma a ação

Araçuaí: Bandido invade casa de comerciante. Sistema interno de câmeras filma a ação

O comerciante Marcos Miranda entregou à polícia imagens do assaltante feitas pelas câmaras do circuito interno da casa. A Polícia Militar está analisando as imagens do homem que invadiu por volta das 10 horas da manhã desta quarta-feira, ( 26.10), a casa do comerciante e tabelião Marcos Miranda, 34 anos, conhecido por Marquinhos do Ouro, residente na rua Rio de Janeiro, esquina de Arnaldo Peixoto, no bairro Bela Vista, em Araçuaí, no Médio Jequitinhonha. As imagens foram feitas pelas câmaras do circuito interno da casa.

"Nada foi roubado.", informou o Sargento Orias Chaves, que participou da operação. De acordo com o tabelião, que também é comerciante de ouro, o homem tocou a campainha e se identificou para a empregada como se fosse funcionário da SUCAM. Armado de um revólver 38, ele rendeu a empregada. Ao perceber o assalto, a esposa do tabelião, Rosilene Coimbra Santos Miranda, trancou-se no quarto com a filha pequena do casal e ligou para o marido que trabalha em um cartório no centro da cidade. O tabelião ligou para o prefeito e para a polícia que cercou a casa. Mas, o assaltante já havia fugido. " Havia um outro comparsa dele esperando no portão. O que estava dentro da casa, ao perceber que a polícia havia sido acionada, fugiu e não levou nada da casa", acrescentou o sargento.

Houve uma grande movimentação na rua, com a presença de pelo menos 15 policiais e três viaturas. O prefeito municipal, Aécio Jardim compareceu ao local e disse que está muito assustado com o que ocorreu. “ Os funcionários municipais que fazem o trabalho de combate à dengue usam identificação”, disse ele, aconselhando as pessoas, em caso de desconfiança , se certificarem de que se tratam realmente de funcionários credenciados para o trabalho, ligando para a prefeitura ou para a polícia.
O Comandante da Polícia de Araçuaí, Gilamárcio Silva , que acompanhou a operação, determinou imediata varredura pela região em busca de homem moreno, estatura mediana, vestido com calça jeans, boné roxo e camisa de manga comprida azul.
Fonte: Gazeta de Araçuaí, texto e fotos de Sérgio Vasconcelos

Itamarandiba: Caixa Econômica Federal abrirá agência

Itamarandiba: Caixa Econômica Federal abrirá agência Unidade, orçada em R$ 1.5 milhão, deve ser entregue à população em junho de 2012
O prefeito de Itamarandiba, Tom Costa, assinou, em 04 de outubro, no cartório de Notas do 1° Ofício, em Belo Horizonte, a escritura pública de doação de um lote de 367 metros quadrados, situado na Travessa Tiradentes, centro da cidade.



A iniciativa teve apoio da Câmara Municipal de Itamarandiba com a aprovação da Lei 2422/2011, sancionada pelo Prefeito Tom Costa.



A destinação do terreno para a CAIXA é o primeiro passo para instalação de uma agência do banco público no município. Além de atender os mais 32 mil habitantes a instituição prestará trabalhos levando serviços, crédito e programas sociais do governo a todos os municípios da região.



A escritura de doação do terreno foi entregue ao Superintendente Regional da CAIXA, Ronaldo Roggini. Segundo ele, a Caixa realizará todos os investimentos necessários para a instalação da unidade, estimados em R$ 1,5 milhão. O processo de licitação será aberto no dia 18 de outubro e estima-se que a obra seja entregue até junho de 2012.



“O apoio da Prefeitura, Câmara e sociedade são fundamentais para consolidar a presença da Caixa no município. Os investimentos contribuirão para o desenvolvimento da região e trarão significativas melhorias na qualidade de vida das populações atendidas.”, destaca Roggini.



Para o Prefeito Tom Costa, a instalação de uma Agência da CAIXA é um marco histórico para o desenvolvimento do município. “A grande maioria de nossa população tem algum vínculo com a CAIXA.



Com a instalação em Itamarandiba, o primeiro ganho é o acesso aos serviços dessa instituição financeira. Acabamos com a necessidade de deslocamento da população para outro município, quando tem de resolver algo na CAIXA.



Por outro lado, há o fomento do crédito para a economia local por um banco que tem as menores taxas de juros do mercado”, comemora o Prefeito. Nos próximos dias, a Prefeitura e a CAIXA assinam em Itamarandiba, um termo de cooperação para a construção da Agência local. (Ascom Itamarandiba)
Fonte: Diario De Teófilo Otoni

Datas: Cohab entrega casas a 30 famílias

Datas: Cohab entrega casas a 30 famílias Trinta famílias de Datas, município do Alto Jequitinhonha, receberão as chaves da casa própria no Conjunto Habitacional Diamante, nesta quinta-feira (27.10). As moradias construídas pela Cohab MG fazem parte da parceria entre o “Lares Geraes Habitação Popular”, programa habitacional do Governo de Minas, e o “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal.

Metade dos beneficiados é constituída de mulheres, que assumiram o financiamento da compra do imóvel. O processo de seleção de candidatos à aquisição das moradias do “Lares Gerais” prioriza as mulheres, famílias com maior número de dependentes ou menor renda, idosos e pessoas com deficiência.

Na construção do conjunto habitacional foram investidos R$ 1.027,259,48, sendo R$ 547.259,48 provenientes do Fundo Estadual de Habitação (FEH) e R$ 390.000,00, do programa “Minha Casa, Minha Vida”, gerido pela Caixa Econômica Federal. A Prefeitura entrou com a contrapartida de R$ 90.000,0 na doação e urbanização do terreno.

As casas serão liberadas para famílias com renda mensal de 1 a 3 salários mínimos.

Fonte: Agência Minas

Diamantina: Agenda do fim de semana

Diamantina: Agenda do fim de semana
Fonte: Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Patrimônio
Fone: (38) 3531-9537 - producaocultural@diamantina.mg.gov.br

Dia 28/10 - sexta-feira
-Teatro "O Ovo Sumiu"
"40 Anos de Música" Conservatório Estadual Lobo de Mesquita
Local: Teatro Municipal Santa Izabel
Horário: 09 horas

-Coral Lírico JK
"40 Anos de Música" Conservatório Estadual Lobo de Mesquita
Local: Beco da Tecla
Horário: 14 horas

-Trilha Cultural
"40 Anos de Música" Conservatório Estadual Lobo de Mesquita
Local: Saída do Conservatório até a Praça do Bonfim
Horário: 18:30

-Feira de Artesanato, Comida Típica e Música ao Vivo - Sexta Nossa
Local: Mercado Velho
Horário: A partir das 18 horas
Atração: Paulinho Ferreira

-Show com a Banda Iukerê
"40 Anos de Música" Conservatório Estadual Lobo de Mesquita
Local: Praça do Bonfim
Horário: 20 horas

Dia 29/10 - sábado
-Feira de Artesanato, Hortifrutigranjeiro e Música ao Vivo - Feira do Mercado
Local: Mercado Velho
Horário: A partir das 08 horas
Atração: Marcelo Hugo

-Bloco Iukerê
"40 Anos de Música" Conservatório Estadual Lobo de Mesquita
Local: Praça do Mercado
Horário: 10:30 horas

Dia 30/10 - domingo
-Café no Beco
Local: Beco da Tecla
Horário: A partir das 08 horas

-Feira da Quitanda
Local: Rua da Quitanda
Horário: A partir das 08 horas

Dia do Servidor Público é comemorado em Diamantina

28 de outubro, Dia do Servidor Público

Dia do Servidor Público é comemorado em Diamantina No dia 28 de outubro comemora-se o dia do servidor público. A data foi instituída no governo do presidente Getúlio Vargas, através da criação do Conselho Federal do Serviço Público Civil, em 1937.

Em 1938 foi fundado o Departamento Administrativo do Serviço Público do Brasil, onde esse tipo de serviço passou a ser mais utilizado.
As leis que regem os direitos e deveres dos funcionários que prestam serviços públicos estão no decreto nº 1.713, de 28 de outubro de 1939, motivo pelo qual é o dia da comemoração deste profissional.

Os serviços públicos estão divididos em classes hierárquicas, de acordo com os órgãos dos governos, que podem ser municipais, estaduais ou federais. Os serviços prestados podem ser de várias áreas de atuação, como de justiça, saúde, educação, desenvolvimento social, cultura, meio ambiente, segurança, tranportes, habitação, saneamento básico, de planejamento e desenvolvimento, etc.

Somente em casos extremos, em que se comprove a falta de idoneidade de um servidor público, é que o mesmo é afastado de seu cargo.

Os salários dos servidores públicos são pagos pelos cofres públicos, dependendo da localidade. Se for municipal, são pagos pelas prefeituras; se estadual, pelos governos estaduais; e se federal, pagos pelos cofres da União.

Os servidores públicos devem ser prestativos e educados, pois trabalham para atender a população civil de uma localidade. É bom enfatizar que esses profissionais lidam com o que é público, ou seja, aquilo que é de todas as pessoas. Portanto, ganham para prestar serviços a toda comunidade.

Este ano, o recesso em comemoração ao dia do servidor público municipal de Diamantina foi transferido para o dia 31 de outubro.

Para marcar o dia do servidor público a Secretaria Municipal de Administração e Planejamento, através da coordenadoria de pessoal organizou alguns eventos que iram acontecer no decorrer desta semana.

Programação de Diamantina:
Dia: 26/10/2011 - Palestra sobre Motivação Profissional e Trabalho em Equipe
Horário: 08:30h;
Local: Auditório Centro Administrativo da Prefeitura Mun. Diamantina.

Dia: 27/10/2011 - Benção Religiosa
Horário: 14:00h;
Local: Centro Administrativo da Prefeitura Mun. Diamantina.

Dia: 28/10/2011 - Ginástica Laboral, Café, Sorteio de Brindes
Horário: 07:00h;
Local: Refeitório Centro Administrativo da Prefeitura Mun. Diamantina.
Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Diamantina

91% dos jovens não venderiam seu voto

Oficina eleitoral
91% dos jovens não venderiam seu voto
Fonte: Revista História “Você venderia o seu voto por qualquer benefício?” A ousada pergunta não foi feita em uma conversa entre amigos, e sim em uma atividade escolar. Felizmente, a grande maioria dos estudantes, 91%, respondeu “Não”. Esta foi uma das questões apresentadas por um grupo de professores a estudantes da cidade de Diamantina, em Minas Gerais. A iniciativa foi uma tentativa de formar a consciência política dos alunos, um desafio e uma necessidade para os docentes em geral.

Percebendo a falta de participação e o desinteresse pela coisa pública, professores e bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) – vinculado à licenciatura de História da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) – resolveram contribuir para a mudança desta atitude generalizada com formas de trabalho participativas e originais.

Com práticas de caráter inovador dentro da escola pública, eles deram início, em abril de 2010, a um projeto que busca maior interação dos alunos com o ensino deHistória na Escola Estadual Professor Gabriel Mandacaru, em Diamantina, na região do Alto Vale do Jequitinhonha. Oitenta e seis alunos do primeiro ano do ensino médio foram divididos em três turmas, para que pudessem participar de jogos, palestras e exposições que faziam parte do projeto. Logo deu para perceber – pelas perguntas formuladas aos orientadores – que os estudantes tinham interesse e conhecimento prévio do assunto.
Com a dica do Passadiço Virtual

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Multidão se despede de Dom Enzo. O bispo foi sepultado em Araçuaí

Multidão se despede de Dom Enzo. O bispo foi sepultado em Araçuaí
Texto e fotos Sérgio Vasconcelos


Centenas de fiéis lotaram a Catedral de Araçuaí para o último adeus a Dom Enzo
A Catedral do Santuário de Araçuaí foi pequena para acomodar centenas de pessoas que foram dar o último adeus ao Bispo Emérito de Araçuaí, Dom Enzo Rinaldini, 86 anos, sepultado por volta das 10 horas da manhã de quarta-feira (26/10) na cripta da Catedral, no mesmo local onde também está sepultado Dom José de Haas que também foi bispo de Araçuai.

Do lado de fora da Catedral, foram colocadas dezenas de coroas de flores e faixas enviadas por prefeituras, entidades civis, casas comerciais e instituições religiosas com mensagens sobre o religioso que faleceu, vítima de um câncer na bexiga, no hospital da Unimed em Belo Horizonte na madrugada de segunda-feira (24/10).

“ Vim dar adeus ao segundo pai dos pequenos agricultores da Comunidade de Alagadiço”, dizia João Bosco Caldeira, 63 anos, o “ João Gato”, lembrando da pequena reforma agrária que Dom Enzo fez na fazenda Alagadiço, no município de Coronel Murta, quando há 22 anos ele dividiu as terras doadas à igreja pela fazendeira Mariquinha Murta. “ Foram 62 famílias beneficiadas com áreas que variam de 10 a 40 hectares”, lembrou João Gato.
Religiosos participaram da missa de corpo presente

O prefeito de Araçuaí, Aécio Silva Jardim, decretou luto oficial de três dias no município. “ Fica entre nós um vazio muito grande. Ele era uma referência positiva. Um homem que largou seu país para dedicar-se à pobreza, no Vale do Jequitinhonha. Fomos companheiros na administração do hospital São Vicente, entre 1982 e 2000. Dom Enzo deixa para gente um lição que é o da missão do dever cumprido, da religiosidade e da fé. Se todos tivessem a oportunidade de fazer um milésimo do que ele fez, Araçuaí estaria melhor”, disse o prefeito.

Centenas de católicos de toda a região, padres, bispos e diáconos participaram da celebração da missa de corpo presente, celebrada pelo arcebispo metropolitano de Montes Claros dom José Alberto Moura, ao lado dos bispos Dom Severino, e Dom Dario, ex-bispos de Araçuaí. A cerimônia durou cerca de uma hora e meia.

“ Dom Enzo transformou a vida de muitos, como pastor, educador e sobretudo como pai”, dizia uma faixa do Colégio Nazareth. “ Sempre seguiremos seu exemplo de pastor em diversas instituições da nossa cidade”, expressava a faixa da Fundação São José de Água Branca do município de Itinga. “ Ele foi um exemplo para Araçuaí”, afirmou o estudante Renan Felipe Santos, 16 anos, que junto com outros colegas da Escola Frei Rogato, foi ao enterro do religioso.
Dezenas de faixas e coroas de flores foram colocadas na entrada da catedral

Quem foi Dom Enzo
Dom Enzo faleceu aos 86 anos vitima de um cáncer na bexiga
Italiano, Dom Enzo foi ordenado sacerdote na Diocese de Bréscia, na Itália em 1949. Chegou ao Brasil como missionário em 1968 , sendo ordenado bispo de Araçuaí em 1982. Em 1987 fundou a escola técnica Hagrogemito de agropecuária, geologia, mineração e topografia no antigo seminário de Araçuaí e onde também funcionou o Campus Avançado do Vale do Jequitinhonha da Universidade Católica de Minas Gerais. A escola fechou suas portas há dois anos após longa crise financeira.

Dom Enzo conseguiu ainda a concessão de uma rádio e um canal de TV para Araçuaí.

“Ele falava latim fluentemente, mas não falava de si. Quando provocado, santamente escorregava. Felizes os que tiveram a chance de ouvi-lo como professor”, lembrou o arcebispo de Montes Claros em sua pregação.

Publicado na Gazeta de Araçuaí

Assaltantes explodem caixa do Bradesco em Jenipapo de

Assaltantes explodem caixa do Bradesco em Jenipapo de Minas
Os moradores da pacata Jenipapo de Minas, no Vale do Jequitinhonha, estão assustados com a violência

Quatro assaltantes, em uma ação ousada, explodiram o caixa eletrônico do Bradesco, instalado na praça Bom Pai, no centro de Jenipapo de Minas, nordeste de Minas Gerais, a 590 Km de Belo Horizonte..
De acordo com informações da Polícia Militar, moradores ouviram uma explosão por volta de uma hora da manhã de quarta-feira ( 26/10) e acionaram a polícia.
Os assaltantes fugiram em um fiat Uno escuro. O delegado de Minas Novas já está na cidade para as primeiras investigações. Jenipapo tem cerca de 9 mil habitantes que estão assustadas com a violência. “ É a primeira vez que acontece isso aqui”, disse um frentista do posto de abastecimento local. “ Após o assalto ainda deram tiros para o ar”, contou o frentista.
A Polícia acredita que os bandidos tenham fugido pela MG- 676 recentemente asfaltada pelo programa Pro Acesso e que liga o município às cidades de Francisco Badaró e Araçuaí.
A perícia da Polícia Civil foi acionada. O Bradesco não informou quanto foi levado pelos assaltantes

Texto de Sérgio Vasconcelos, da Gazeta de Araçuaí

Araçuaí vai sediar 11ª Copa Moto Supercross

Araçuaí vai sediar 11ª Copa Moto Supercross
Sérgio Vasconcelos
Repórter Araçuaí se movimenta para sediar a 11ª Copa Moto Supercross que será realizada no dia 4 de dezembro, naquela cidade do nordeste mineiro, no Vale do Jequitinhonha,

A realização é da Moto Nanuque, com apoio da prefeitura municipal.

Poderão participar pilotos na categoria importada especial intermediária A e B, especial mador, nacional profissional (CRF 230) nacional intermediária (CRF -230).

A responsável pelo evento é a Radiocalsport, competições de supercross, com sede em Espinosa.

“ Araçuaí é uma área muito importante para nós da Moto Nanuque. Queremos retomar este evento e realiza-lo todos os anos”, afirmou Salomea Oliveira, gerente comercial da Moto Nanuque em Araçuaí.

As provas serão realizadas em uma área da prefeitura no bairro São Francisco, próxima ao aeroporto da cidade. No local já foram realizadas outras provas de supercross.

Haverá premiações em dinheiro e motos para os primeiros colocados.

Publicado na Gazeta de Araçuaí

Garimpeiro do Jequitinhonha inspira ensaio de antropólogo e filósofa

Garimpeiro do Jequitinhonha inspira ensaio de antropólogo e filósofa
Fonte: EPTV, com dica do Blog Onhas Sertanejo, filho de negro cativo, garimpeiro. Aprendeu o dote de preto velho e nunca saiu do local onde nasceu. Viveu numa escassez total, mesmo assim tinha ricos ensinamentos para quem o procurasse. E era feliz. A história desse homem do Vale do Jequitinhonha inspirou o livro “João Braço – fotos e escritos sobre um homem chamado João”, de Carlos Rodrigues Brandão e Elaine de Lemos Elias.

Ele, antropólogo da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), conheceu, ouviu, observou, gravou e registrou cada detalhe da vida do sertanejo. E então, propôs uma reflexão sobre o destino.

Ela, piracicabana, bacharel em letras, filósofa e psicanalista se encantou pelas coloridas imagens feitas por Brandão e se encarregou da missão de escolher aquelas que melhor representassem a realidade de João Braço, transformá-las em preto e branco e contextualizar a história.

“Gosto de brincar com as palavras. Então, em vez de fazer legendas para as fotos, usei a própria linguagem do João e criei pequenos textos para compor o ensaio”, conta Elaine.

As reflexões que motivaram a produção do livro, a sabedoria de João Braço, as descobertas sobre o local e as semelhanças com outras histórias podem ser conferidas no quadro Entrevista da Semana, com Elaine de Lemos Elias.

“Na realidade, eu espero que a própria fotografia e a poesia digam muito mais do que a gente escreveu”, comenta.

Clique aqui para ler a reportagem completa e ver video

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Capelinha realiza II Conferência de Políticas Públicas sobre Drogas

Capelinha realiza II Conferência de Políticas Públicas sobre Drogas
As Ações Intersetoriais e a Gestão da Rede foi o tema debatido durante a II Conferência Municipal do COMAD (Conselho Municipal Anti-Drogas) de Capelinha, no Alto Jequitinhonha, nordeste de Minas. Contou com a presença de representantes da Polícia Militar das cidades circunvizinhas, Câmara Municipal, Prefeitura Municipal, Secretários Municipais, Conselho Tutelar, CREAS, PAIR, CMDCA, CRAS. Esf’s, Rotary Club, Banco do Brasil, PETI, Pastoral da Criança, Clubes de Mães, Lar Mamãe Dolores, APAE, Hospital Municipal, Paróquia Nossa Senhora da Graça, Igreja Assembléia de Deus Shekinar, Igreja Renascer, Escolas municipais, particulares e estaduais, Pro Jovem Adolescente, Casa Lar Masculina, Clínica Odontológica, NASF, Casa da Cultura, Grupo de Teatro Animart, Grupo Pro Riso, Fórum, Sou Mais Minas, Jornal A Cidade, Conselho Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas de Minas Gerais, além da sociedade civil.

O evento que aconteceu no dia 24/10/11, das 12 às 18 horas, no Galpão Cultural Professora Maria Odeth Sampaio. Foi uma etapa preparatória para a V Conferência Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas de Minas Gerais que será realizada nos dias 23, 24 e 25 de Novembro, em Belo Horizonte.

Na abertura oficial da II Conferência Municipal do COMAD houve pronunciamento de Lívia Lúcia Oliveira Borba, Juíza de Direito da Comarca de Capelinha (segunda vara), Pedro Vieira da Silva, prefeito municipal, Maria da Conceição Vieira, presidente do COMAD, Laerte Ferreira dos Santos, presidente da Câmara Municipal de Capelinha e Orlando Costa de Sousa, presidente do COMAD de Carbonita.


Membros da Igreja Assembléia de Deus Shekinah apresentaram, número artístico com o tema Drogas, além de monólogo com Luan Henrique Rodrigues Dias (Pro Jovem Adolescente), exposição de mostruário de drogas disponibilizado pela Polícia Militar de Capelinha, e ainda exibição de vídeos (Polícia Militar).

Hamilton Henrique Siqueira, integrante do Conselho Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas de Minas Gerais e do Lion Club International, ministrou palestra sobre As Ações Intersetoriais e a Gestão da Rede, repassando informações sobre a necessidade em termos uma rede devidamente articulada para a efetivação de ações voltadas ao combate às drogas lícitas e ilícitas.

Os cinco grupos de trabalhos compostos durante a Conferência discutiram os sub-eixos:
. Coordenação das organizações e seus arranjos para o trabalho conjunto;

· Planejamento e atuação compartilhada tendo a base territorial como foco;

· Recursos humanos, físicos e financeiros sob o ponto de vista organizacional;

· Estratégias e convergências de interesses, sob o ponto de vista da assistência;

· Delimitação de funções e competências dos elementos da rede, sob o ponto de vista legal.

As propostas apresentadas pelos grupos de trabalhos e aprovadas pela plenária final farão parte de um consolidado que será apresentando e discutido durante a V Conferência Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas de Minas Gerais.

O município de Capelinha terá a representatividade de dois delegados eleitos durante a Conferência:
Jardel Oliveira Alves (Pro Jovem Adolescente) e Sargento Paulo Ricardo da Silva (Polícia Militar)

O COMAD de Capelinha agradece a todas as pessoas que contribuíram para que a II Conferência Municipal atingisse os seus objetos, sendo o sucesso da mesma um mérito de todos, pois não existe destaque isolado quando defendemos um único ideal.

Participe das reuniões ordinárias do COMAD de Capelinha, acompanhe as ações e continue colaborando.

As reuniões acontecem toda primeira segunda-feira do mês, às 15 horas, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (Rua Capitão Clementino, 128 – Centro).
Telefone (33) 35163325
Texto: Fátima Santos Pimenta (Secretária Executiva do COMAD)

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Procura-se Jornalista!

Procura-se Jornalista! Fernanda, cadê você?
A jornalista Fernanda Salvador, do Rio de Janeiro, saiu da sua casa no dia 11 de outubro, em direção a um trabalho de campo no norte de Minas e Vale do Jequitinhonha, e ainda não deu notícias para sua família.

Pede-se a qualquer pessoa que leia esta mensagem, ou tiver informações sobre nossa amiga Fernanda, favor comunicar com (33) 8877-5943 ou no email banuberilo@gmail.com
Fernanda Salvador é responsável pela publicação do Blog "Fazedores do nosso chão", com diversos personagens populares do Vale do Jequitinhonha.
Clique aqui e conheça:
fazedoresdonossochao.com
ou aqui blogdobanu.fazedores-do-nosso-chao

Cacá fala sobre Dom Enzo

Cacá fala sobre Dom Enzo

Prezadas e Prezados,

Comunicamos que nesta madrugada, depois de uma longa vida dedicada ao Povo do Vale do Jequitinhonha(mais de 50 anos),em especial á juventude carente rural, ás crianças e aos idosos, ás Comunidades Eclesiais de Base, o defensor do desenvolvimento sustentável das comunidades do Vale, da sua potencialidade, da sua cidadania, da valorização do homem e mulher do campo, DOM ENZO …foi habitar o andar de Cima! Vários foram os “meninos e meninas” do erroneamente chamado Vale da Miséria - o que é interessante para alguns - que puderam pelo
seu ideal e dedicação exclusiva, de DOAÇÃO total, trilhar caminhos outros, antes não permitidos ou disponibilizados pelo poder politico e social vigentes. São hoje, Homens e Mulheres diferentes, muitos atuantes nas áreas de estudo escolhida/ofertada fora do habitual que lhes era disponibilizado mas principalmente, SERES HUMANOS que estão a fazer e farão diferença em suas Familias, nas Comunidades, no Vale, no País. Outros, infelizmente, fizeram outras opções, porém, bem poucos , muito poucos! O Visionário Sacerdote, Professor, Doutor (falava 09 línguas), a principal, como São Francisco, a do AMOR, o incansavel Construtor de obras físicas necessárias e de Consciencias Criticas, não via limites para a OBRA. Ficam hoje para nós o seu exemplo de Perseverança, Esperança, Fé , Despojamento e Humildade mas também, a sua constante Alegria, seu sorriso sincero e prazeirozo ao ver sempre os resultados positivos dos vários projetos sociais em execução que tinham como objetivo gerar Vida dígna ao Povo. Ficam suas obras escritas,sua Ousadia e Persistencia para com a EDUCAÇÃO !
Ficam seus filhos/filhas e netos/netas postiços - vários dos ex-alunos da HAGROPE e depois HAGROGEMITO sempre que possível traziam seus herdeiros/as para tomarem a benção ao VÕ ENZO.
Ficam também os jovens que ontem (a maioria das Comunidades Rurais), iniciaram caminhada no Seminário Diocesano e que concomitantemente e pedagogicamente, dividiam seu tempo escolar com os da Hagrope. .. hoje, são responsáveis mais do que antes, pela continuidade daquilo que foi apreendido e é necessário em nossas vidas!
Ficam ainda alguns dos chamados Leigos que foram fundamentais em todo esse processo uma vez que a Missão de Dom Enzo teve um caráter múltiplo, contagiante, e portanto COLETIVA.
Assim, muitos fizeram parte dos sonhos deste Visionário que transformou não só consciências mas fez da realidade de se seus atos uma revolução pacífica que incomodou por sua Irreverência, Ousadia e Firmeza, o que em algumas situações, lhe deram a “aparencia” de Intransigente, de Fechado, de muito Enérgico.
Aqueles que de perto puderam com ele conviver puderam descobrir-lhe um Homem simplesmente sensível - não teve vergonha de chorar ou de ser visto chorando - corajoso, inconformado com injustiças, despojado de si (viveu longe dos familiares) e desfe-se de bens materiais pessoais a favor da Escola que tanto acreditou, onde tanto trabalhou - Lecionar dava-lhe prazer - muitos de nós fazemos coisas sem Paixão e por isto ás vezes interrompemos a caminhada ou nela continuamos desmotivando/desqualificando pessoas.
Descobrimos em Dom Enzo um ser que amou tudo o que fez, que desejou viver junto do Povo que escolheu para SERVIR, que sempre viu no exercicio do poder que lhe era conferido, um Serviço Temporal, e por isso, sempre quis fazer bem feito, e rápido de preferência.
Que recebeu, acolheu e buscou dialogar dentro das adversidades, e se dispor a aceitar situações que por muitas vezes divergia.
Que intercedeu, enfrentou e buscou soluções para situações várias.
Que motivou e ajudou a muitos e assumiu responsabilidades por muitos.
Que nunca apresentava cansaço, enfado.
Que viu o Bem que Sá Luiza nos fez durante os 109 anos de sua existência - rezar por nós - e lhe rendeu homenagem!
Que foi em algumas situações provocado, humilhado e desrespeitado … mas no entanto, simplesmente aceitou!
Haveremos todos, cidadãos cristãos e não cristãos do Vale do Jequitinhonha em especial , de muito ainda ouvir, falar, descobrir, e pautar as histórias de homens e mulheres que em seus espaços, Intituições e Organizações contribuiram para a Plenitude da Vida, com vistas ao rompimento de limites que nos impedem de avançar, de apostar, de ir além de nós mesmos…
Os Povos Tradicionais que são expressão marcante no Jequitinhonha e País, por isso, Dom Enzo ENCANTOU-SE !!! segundo nossos Irmãos Indígenas.
SAWABONA, DOM ENZO!!! - Saudação Africana que significa -” Eu te Respeito, Eu te Valorizo, Você é importante para mim” - para nós!!!

Fraternalmente,

Maria do Carmo Ferreira da Silva - Cacá