terça-feira, 31 de agosto de 2010

UFVJM celebra cinco anos de fundação

UFVJM celebra cinco anos de fundação
Universidade torna sonho em realidade, mas precisa se comprometer com a região

A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) completará no próximo dia 08 de setembro, cinco anos de existência na condição de Universidade, uma vez que foi fundada em 30 de setembro de 1953, como Faculdade de Odontologia de Diamantina.

A fim de promover uma grande celebração desses cinco anos de trabalho, frutos de mais de 50 anos de história em prol da educação brasileira, a UFVJM uniu-se à Casa de Juscelino, em Diamantina, para uma grande comemoração que lembrasse grandes datas como os 50 anos de Brasília, os 25 anos da Casa de JK em Diamantina e os 5 anos da UFVJM.

Com o tema “UFVJM – Celebrando cinco anos de educação nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri” e tendo como pano de fundo, os feitos de JK, a UFVJM escolheu também o Movimento Cultural e Musical Clube da Esquina para ilustrar os eventos do aniversário, já que este teve parte de sua história construída em Diamantina com o apoio de JK.

A comunidade acadêmica da UFVJM, bem como as populações de Diamantina, Teófilo Otoni e cidades vizinhas poderão desfrutar dos vários eventos a serem realizados na cidade sede da Universidade, em Diamantina, a partir do próximo domingo, dia 05 de setembro.

A instituição dará continuidade às festividades com eventos que serão realizados no Campus Avançado do Mucuri, em Teófilo Otoni, no final do mês de setembro e também em outubro. A programação será divulgada oportunamente.

Os eventos de celebração do aniversário da UFVJM contam com as parcerias diretas da Casa de Juscelino, Prefeitura Municipal de Diamantina e Fundação Diamantinense de Apoio ao Ensino Pesquisa e Extensão (Fundaepe). Contam ainda com o apoio do Banco do Brasil, que está patrocinando a apresentação do projeto “Embaixadores do Esporte”, com a vinda da atleta do vôlei Sandra Pires; e com o patrocínio da Caixa Econômica Federal para a Exposição dos 40 anos do Clube da Esquina e também para a apresentação do projeto “Heróis do Atletismo”, com a vinda do velocista Cláudio Roberto Souza.

Também apóiam o evento, as empresas Vecon Engenharia e Construções, BS Engenharia, MHM Construtora e Banco do Nordeste.HistóricoUma universidade em construção com 50 anos de tradição.

Fundada em 30 de setembro de 1953 por Juscelino Kubitschek de Oliveira e federalizada em 17 de dezembro de 1960, a Faculdade Federal de Odontologia de Diamantina (Fafeod) transformou-se em Faculdades Federais Integradas de Diamantina (Fafeid) em 04 de outubro de 2002, que foram elevadas à condição de Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) em 06 de setembro de 2005, tendo sido publicada a transformação no Diário Oficial da União em 08 de setembro de 2005, através da Lei nº 11.173, de 06 de setembro de 2005.

A mudança Institucional, além de representar a redefinição da organização acadêmica, proporcionou reorientar os cursos oferecidos à grande diversidade cultural existente no Brasil e às novas características do mercado de trabalho, atendendo aos avanços e às novas tecnologias de produção.

A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri é constituída de três campi, sendo o Campus I e o Campus JK localizados na cidade de Diamantina (MG), abrigando seis faculdades e 23 cursos de graduação; e o Campus Avançado do Mucuri, localizado na cidade de Teófilo Otoni (MG), que abriga três faculdades com nove cursos de graduação.

A área de Pesquisa e Pós-Graduação da UFVJM coordena, supervisiona e dá suporte a todas as ações de pesquisa e pós-graduação no âmbito da Universidade, tendo como meta fortalecer a mesma, buscando ocupar uma posição de destaque dentre as instituições de excelência em pesquisa em ensino de pós-graduação no Brasil.

Na área de Extensão e Cultura, a UFVJM entende a extensão universitária como um processo educativo, cultural e científico que articula o ensino e a pesquisa de forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre Universidade e sociedade, contribuindo para o desenvolvimento sócio, econômico e cultural dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

A UFVJM começa a escrever uma nova página na sua história de assistência educacional aos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, com a oferta de três cursos de licenciatura (Física, Química e Matemática) e um de bacharelado (Administração Pública) nos Pólos de Apoio Presencial, situados nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

A instituição conta com aproximadamente 500 servidores, entre professores e técnicos administrativos e cerca de 6.000 alunos, incluindo os aprovados na Educação a Distância. Desde a sua criação, a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri vem desenvolvendo um importante trabalho de ensino, pesquisa e extensão, priorizando sempre a prestação de serviços às comunidades dos Vales do Jequitinhonha e do Mucuri.
Clique aqui para acessar o site e acompanhar a programção.

Muito o que fazer
A UFVJM é um sonho antigo da região do Vale do Jequitinhonha. Em 2003, como Assessor Parlamentar, em Brasília, fiz parte da equipe técnica que elaborou o projeto de lei e o projeto institucional / pedagógico da Universidade.
A proposata inicial continha campus, além de Diamantina e Teófilo Otoni, em Capelinha ou Minas Novas, Araçuaí, Almenara e Porto Seguro. A verba curta deixou este sonho para depois.
É importante que, neste momento, a Universidade se volte mais para os problemas da região e aponte soluções, além de priorizar vagas nos seus diversos cursos e atividades para estudantes do Vale.

Com informações da UFVJM

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Berilo comemora Dia do Patrimônio Cultural

Berilo comemorou Dia Nacional do Patrimônio Cultural
Estudantes se manifestam pelas ruas da cidade
No dia 17 de agosto é comemorado o Dia Nacional do Patrimônio Histórico e Cultural. Porém, poucas cidades lembram desta data, nem mesmo as consideradas patrimônio nacional e mundial como Diamantina e Ouro Preto.
Não foi o caso de Berilo, cidade do Médio Jequitinhonha, nascida no século XVIII, na era do ouro das Minas Gerais. Outra cidade que também se manifestou neste dia foi Itacambira, pequeno burgo, à margem esquerda do rio Jequitinhonha, a 78 km de Montes Claros. Cerca de 400 estudantes da Escola Estadual Jason de Morais, Escola Estadual de Berilo, CESEC e Escola Municipal Infantil Mundo Encantado saíram pelas ruas da cidade em passeata, portanto cartazes e faixas, ao som de músicas regionais do Coral Trovadores do Vale, dos tamborzeiros de Minas Novas, de Rubinho do Vale e Merk Gladson. Foi lançado para conhecimento da sociedade o projeto cultural de Educação Patrimonial em que as escolas de Berilo, participantes de projetos sociais e grupos culturais se envolvem na valorização de manifestações genuínas de cultura local. A referência do projeto é o Casarão do Inconfidente Domingos de Abreu Vieira que viveu em Berilo na segunda metade do século XVIII.

A passeata parou à frente da Prefeitura Municipal, onde foi executado o Hino Nacional, quando as professoras de História e coordenadoras do projeto, Íris Amaral, Miriam
Amaral e Tânia Ferreira de Souza fizeram exposição sobre o projeto e seus objetivos. Foi destacado o papel do IEPHA – Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais que vem realizando oficinas com professores, gestores e agentes culturais do município e se envolve de corpo e alma na restauração do Casarão Abreu Vieira.
O prefeito Lázaro Pereira Neves salientou a importância do projeto para a história e cultura do município.
Sentimentos estudantis
Crianças de 4 e 5 anos, como Mel Silva Silveira e Gizele Amaral faziam festa e falavam da casa antiga do tempo da vovó da beira do rio. Carregavam cartazes alegres e sorridentes. Outros estavam ali surpresos por reconhecerem sua própria história.
Denise Machado, de 11 anos, consultava o Conselho de Patrimônio Cultural, fazendo pesquisa sobre o que é patrimônio cultural, patrimônio material e imaterial, tombamento e outros termos comuns ao mundo da cultura. Ao passar pelas ruas, à beira das calçadas, nas casas ou comércio, as pessoas recebiam panfletos falando do projeto e da restauração do Casarão do Inconfidente Domingos de Abreu Vieira.

No mês de setembro, várias atividades estão programadas. O 7 de setembro será um comemorado com manifestações da cultura local. Escolas e comunidades formarão blocos de temas específicos, realizando outra caminhada pela cidade. Serão representados a cultura afro-brasileira, o patrimônio histórico, as danças e cantos tradicionais, o artesanato, folias de reis e congadas, as belezas naturais como o rio Araçuaí. Enfim, o lema será “Minha pátria, meu lugar”.
Em dias alternados acontecerão Recitais de Poesia, Danças e Cantos tradicionais, Exposição de produção local, Brincando na rua e diversas atividades nas escolas. No mês de novembro, a proposta dos participantes do projeto é a realização de uma Conferência Municipal de Cultura.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

SESC de Almenara realizou Copa de Futsal

SESC de Almenara realizou Copa de Futsal
O principal evento esportivo da região contou com mais de 600 atletas
A Copa tem o objetivo de incentivar a prática de esportes como meio de integração dos cidadãos na sociedade, objetivando ainda o resgate da auto-estima e a valorização do espírito de equipe, bem como a promoção da pacificação da sociedade através de torneios esportivos orientados.

O SESC/MG LACES ALMENARA realizou parceria com a Prefeitura Municipal, Polícia Militar e Caixa Econômica Federal para realizar a COPA SESC DE FUTSAL 2010.

Este evento que envolveu 19 municípios do Vale do Jequitinhonha numa disputa acirrada entre os principais times de cada cidade, nas categorias: Adulto Masculino, Adulto Feminino, Máster, Infanto, Infantil, Mirim e Pré-Mirim, totalizando 65 equipes participantes, cada uma delas composta de 10 jogadores, perfazendo um total de 650 atletas aproximadamente.

O evento, na sua abertura, contou com a presença das delegações das cidades participantes, autoridades locais e de uma boa parte da população Almenarense, entre crianças jovens e adultos, inclusive com a participação de famílias.

Os jogos foram realizados nas quadras do SESC e também no Ginásio Poliesportivo Dr. Cândido Mares Neto, com uma média de público de aproximadamente 1000 pessoas por dia.

O evento contou também com a participação da Rádio Almenara Stereo FM, com 02 locutores fazendo transmissões ao vivo, de resultados e entrevistas com os jogadores. Este é mais um evento que já faz parte do calendário esportivo da região e a cada edição se torna mais grandioso.

Fonte: Diário do Jequi

Pedra Azul realiza Festival de Artes e Cultura

Pedra Azul realiza Festival de Artes e Cultura
As inscrições estão abertas para todos os agentes e grupos culturais do Vale do Jequitinhonha.
Deve ser enviado nome, grupo que participa e cidade para o e - mail: ciadeteatro.artvale@yahoo.com.br
Aos poetas que queiram se inscrever na noite literária, segue em anexo o regulamento e a ficha de inscrição.
Noite Literária “Nelson Faria”
REGULAMENTO
Clique aqui para descarregar uma ficha de inscrição da Noite Literária
01º - Poderão participar autores de todo o território brasileiro.
02º - Cada autor poderá se inscrever com até 03(três textos), sendo que somente 02(dois) textos poderão ser classificados e somente 01(um) poderá ser premiado.
03º - O tema é livre.
04º - Os trabalhos deverão ser digitados em papel tamanho ofício e em uma só face do papel.
05º - Deverão ser enviadas 06 (seis) cópias de cada trabalho num envelope, contendo o nome do concurso.
06º - Dentro do envelope deverá conter além de seis cópias de trabalhos, nome completo do autor e do intérprete, endereço, local e data de nascimento, número da carteira de identidade, títulos dos trabalhos (conforme inscrição).
07º - As inscrições deverão ser feitas até o dia 10/09/2010, no CEDEDICA – VALE, via sedex, na Pça. Hormino de Almeida, 214 – centro. CEP: 39970 -000, Pedra Azul – MG; ou enviadas para o e – mail: ciadeteatro.artvale@yahoo.com.br
08º - As inscrições serão gratuitas.
09º - Serão classificados 10 (dez) textos, a serem apresentados no dia 18 de Setembro de 2010.
10º - A premiação será assim dividida:
1º Lugar ___________________ R$ 500,00
2º Lugar ___________________R$ 300,00
3º Lugar ___________________R$ 150,00
Melhor Intérprete _____________R$ 120,00
11º - A comissão da Noite Literária, deverá comunicar aos autores dos textos classificados até o dia 14/09/10 a ordem das apresentações.
12º - Será permitido o uso dos recursos cênicos, tais como: música, atores, cenários, etc..., ficando a organização e custo por conta do autor.
13º - O autor que reside fora de Pedra Azul – MG, terá direito a alojamento nos dias 17, 18 e 19, podendo este direito ser estendido a um interprete, devendo os mesmos trazer colchão, roupas de cama e objetos de uso pessoal.
14º - Os prêmios serão entregues no dia 18 de Setembro durante o show cultural.
15º - Os trabalhos inscritos serão selecionados por pessoas conhecedoras da artes literárias e língua portuguesa e julgada por uma comissão composta por cinco (05) jurados também da mesma área.
16º - Os critérios de julgamento dos trabalhos serão com notas fracionadas de 01 a 10, julgando 100% do texto em todos os quesitos, sendo a interpretação analisada para melhor intérprete.
17º - A inscrição do concorrente indica a plena aceitação das normas do presente regulamento. bem como autoriza a Cia. De Teatro Artvale a utilizar os trabalhos para publicações do festival, não sendo aceitas reclamações posteriores.
18º - Os casos omissos serão resolvidos pela diretoria da CIA. De Teatro Artvale e pela comissão da Noite Literária, e/ou no judicial.
Fonte: Diário do Jequi

Dilma abre 20 pontos sobre Serra

Dilma confirma onda vermelha
Abre 29 pontos à frente de Serra
A candidata do PT a presidente, Dilma Rousseff, manteve sua tendência de alta e foi a 49% das intenções de voto. Abriu 20 pontos de vantagem sobre seu principal adversário, José Serra, do PSDB, que está com 29%, segundo pesquisa Datafolha. Os contratantes do levantamento são a Folha e a Rede Globo.
Realizada nos dias 23 e 24 com 10.948 entrevistas em todo o país, o levantamento também indica que Dilma lidera agora em segmentos antes redutos de Serra. A petista passou o tucano em São Paulo, no Rio Grande do Sul e no Paraná e entre os eleitores com maior faixa de renda.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Análise sobre a campanha a Presidente

Análise sobre a campanha a Presidente
Rudá Ricci
1) Serra centralizou em demasia a coordenação da sua campanha. Além disto, demonstrou que o temperamento desagregador e a paranóia não eram meros boatos;

2) Dilma se saiu bem nas suas aparições. Imaginava-se que seria um desastre, demonstrando insegurança ao expor um perfil que não seria exatamente o seu. Não chegou a ser uma estrela, mas não comprometeu;

3) Lula é o artífice e maestro desta campanha. Ele simplesmente conduz e se revela extremamente atento. Na quase crise da campanha de Dilma com a centrais sindicais, foi Lula quem disse que define e garante o poder sindical no futuro governo. Anunciou, numa fala cifrada, publicamente que definirá os próximos diretores das agências reguladoras antes da posse de Dilma. E o troco veio em seguida: um encontro de Dilma com as mulheres das centrais sindicais, incluindo a UGT, vinculada ao PPS;

4) A "onda vermelha" está tomando corpo. Se realmente se consolidar, será uma avalanche demolidora e poderá impactar as eleições estaduais. Esta eleição será consagradora para o lulismo. Mais que para o PT.

Rudá Ricci é cientista político, sendo responsábel pelo Blog De esquerda em esquerda

Concurso da Prefeitura de Virgem da Lapa é adiado

Concurso da Prefeitura de Virgem da Lapa é adiado Mapa do Vale - Virgem da Lapa
Prefeitura atribui o baixo número de canditados incritos às Festas de Agosto
As inscrições do concurso público da Prefeitura de Virgem da Lapa foram prorrogadas par ao período de 23 a 31 de Agosto.
A nota oficial diz o seguinte: "O Município de Virgem da Lapa-MG, torna público que a data das inscrições para o concurso público para provimento de cargos do Quadro de Pessoal do município, previsto inicialmente para começar no dia 12 de julho e o encerramento para 11 de agosto de2010, tendo em vista as festividades religiosas ocorridas nos dias 06 a 15 de agosto/2010, comprometeram as atividades de rotina da Prefeitura.
Com visíveis prejuízos para as inscrições de candidatos ao concurso público, cujo número de candidatos inscritos sugere que será insuficiente para o preenchimento das vagas existentes, com riscos de inviabilizar o dito concurso público e no intuito de atender com razoabilidade a demanda de pessoal existente, com suporte no item 7.5 do mencionado edital, determina a prorrogação das inscrições, que reiniciarão no dia 23 de agosto até o dia 31 do mesmo, com o dia 23 de agosto de 2010 para a inscrição dos hipossuficientes.
Os candidatos pré-inscritos via internet que não efetuaram o pagamento poderão fazê-lo com a retirada da 2ª via do boleto, através do site da empresa realizadora do Concurso Público.
O Novo Cronograma, Quadro II do Edital do Concurso está disponível no site da Empresa, anexo ao Edital do Concurso Público.
Os demais itens permanecem inalterados.
NOVA DATA DAS PROVAS - 19/09/2010
NOVO PERÍODO DE INSCRIÇÃO - 23/08/2010 a 31/08/2010
Período para requerimento de isenção da taxa de inscrição: 23/08/2010
Mais informaçoes no site da Organizadora do Concurso de Virgem da Lapa
Com informações do Blog Virgem da Lapa/Jequitinhonha

Trovadores fazem festa dos 40 anos

Trovadores do Vale organizam festa na próxima semana
Coral faz 40 anos com muita tradição e vitalidade
Na próxima semana terá início as comemorações dos quarenta anos do Coral Trovadores do Vale, de Araçuaí, no Médio Jequitinhonha.

O grupo é considerado um dos ícones da cultura popular da região. Os preparativos para a festa já estão bastante adiantados.
Há quarenta anos atrás nascia um dos corais mais atuantes da região. Os Trovadores do Vale representam a preservação da cultura do povo simples do Jequitinhonha com seus versos, danças e cantos que retratam o dia-a-dia da população. O coral nasceu para animar as missas dominicais. Sua missão foi se expandindo com o passar dos anos.

O jeito de ser do povo do vale foi dando vida as suas apresentações e, esse, além das funções litúrgicas começou a resgatar letras de músicas que as pessoas não davam muito valor, mas que eram de domínio público.
O canto de Araçuaí e do Jequitinhonha foi levado pelo coral por diversos cantos e recantos do país. O grupo se apresentou até em programas de TV de rede nacional. Mas o mais importante foi se manter fiel as suas raízes. Para comemorar essa data importante o coral vai realizar uma grande festa com uma programação bastante diversificada.
Fonte: TV ARAÇUAÍ Repórter: André Sá

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Beleza do Vale se apresenta em Itamarandiba

Beleza do Vale tem desfile em Itamarandiba
Em sua 3ª edição, o evento Desfile Garota Estudantil 2010, organizado pela Lider Millenium FM, promete agitar a cidade de Itamarandiba, no Alto Jequitinhonha, no próximo mês. Com a presença de estudantes de toda a região, o evento já cria expectativas de muita animação e entretenimento.
Fonte: Blog Itamigos

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Pesquisa revela o óbvio:a Minas pobre está no Jequitinhonha

Pesquisa revela duas Minas: a rica e a pobre
Região rica é Minas; a pobreza está nos Gerais
Uma pesquisa realizada pela Fundação João Pinheiro aponta a existência de duas Minas Gerais, uma rica e uma pobre. O norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri ainda apresentam baixos índices sociais.
Minas Gerais convive com dois mundos dentro do seu território. Um abismo de desigualdades separa o norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri do restante do esado.
Os dados apresentados pela pesquisa da Fundação João Pinheiro revelam que o Vale sempre ficou esquecido e abandonado pelas políticas públicas.
A pesquisa reforça a existência de dois mundos dentro do estado. É no norte de Minas e nos vales do Jequitinhonha e Mucuri que está a a necessidade de investimentos governamentais maciços na região. O Jequitinhonha possui a parcela com média mais baixa de anos de estudo e menor acesso a serviços como água encanada e esgoto.
Segundo pesquisadores, esta situação de desigualdade dentro do estado é histórico e pode ser explicado pela falta de investimentos em áreas estratégicas como mineração, turismo e o total abandono e ausência do estado na região.
Fonte: André Sá, da TV Araçuaí

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Minas e o Vale estão péssimos em leitura

Minas e o Vale são decepções em leitura
Curral de Dentro, Divisa Alegre, Fronteira dos Vales e Padre Carvalho são os mais atrasados no consumo de livros

De acordo com o diretor de Geonegócios do Instituto IBOPE sobre consumo de livros por brasileiros, mostra uma situação preocupante, principalmente em pequenos municípios.

O pesquisador Antônio Carlos Ruótolo informa que os números mostram que o estado de Minas Gerais está “mais alinhado com o Nordeste que com o Sudeste” em termos de leitura.

A pesquisa indicou que cada pessoa gasta R$ 14,40/ano com livros em Minas Gerais. A média brasileira é R$ 30/ano.

A diferença fica ainda mais gritante quando o estado é comparado ao Rio de Janeiro. Anualmente, os fluminenses, campeões no Brasil, gastam R$ 67,03 com livros. A enquete foi feita de agosto de 2009 a janeiro deste ano e ouviu 19.456 pessoas em todos os estados do país.

Em Belo Horizonte, o gasto médio da população com o produto é de R$ 25,32/ano, abaixo da média nacional. A capital fluminense vem em primeiro lugar: anualmente, cariocas destinam R$ 95,60 aos livros. Em seguida vêm os paulistanos (R$ 67,31) e os brasilienses (R$ 61,32).

Municípios do Vale são os piores
Há municípios mineiros que apresentam gastos extremamente baixos com o produto. Juvenília tem pouco mais de 6 mil habitantes; cada um deles destina, em média, R$ 3,92 a livros por ano. Curral de Dentro, Padre Carvalho, Fronteira dos Vales e Divisa Alegre integram a lista das cidades que menos compram o produto no estado.

Com informações do Portal UAI e Blog Virgem da Lapa

Itamarandiba sedia Encontro Regional de Artesãos do Vale

Itamarandiba sedia Encontro Regional de Artesãos do Vale
Aconteceu em Itamarandiba, neste dia 17 de agosto, terça-feira, uma das mais importantes reuniões culturais do Vale do Jequitinhonha: o Encontro Regional de Artesãos do Vale do Jequitinhonha.

O evento foi realizado pela Prefeitura de Itamarandiba, através da Secretaria Municipal de Cultura, e teve como objetivo organizar e fazer a interação dos grupos de artesãos do Vale, visando o fortalecimento da marca Jequitinhonha a nível nacional e internacional. Isto pode aumentar geração de renda e a auto-estima dos artesãos que não são reconhecidos nem valorizados como deveriam e merecem.

Para saudar o Encontro de grande relevância para toda região, a Prefeitura Municipal de Itamarandiba não poupou esforços para receber todos os artesãos, artistas e demais convidados com muito carinho e atenção que merecem.

Foi montada, por exemplo, linda exposição com os trabalhos dos artesãos itamarandibanos e oferecido saboroso café da manhã, com guloseimas típicas do município, ao som das músicas Jequitivale e Serra Negra, entoadas pelos artistas Gildete, Zé Paulo, Darli e Márcio.

Os participantes puderam, ainda, participar de delicioso almoço de confraternização.
O evento contou com a presença dos Secretários de Cultura dos municípios de Itamarandiba e Leme do Prado, Adão Domingos Coelho e José Carlindo Antunes, respectivamente, da Coordenadora Regional de Bem Estar Social da Emater/Capelinha, Nágila Salman Pimenta, e de artistas e artesãos de vários municípios como: Capelinha, Veredinha, Leme do Prado, Minas Novas, Turmalina, Angelândia, Carbonita e Aricanduva, além, é claro, da participação especial dos artistas itamarandibanos da sede e das comunidades de Santa Quitéria, Penha de França, Contrato, Santa Joana, dentre outros.

No Encontro foram abordados temas relevantes de interesse dos artesãos do Vale. Merece destaque a discussão em torno do Centro Regional de Apoio, Capacitação e Comercialização de Artesanato.

Segundo a Coordenadora Regional, Nágila Salman, o Centro servirá para fortalecer cada vez mais os artistas e artesãos do Vale do Jequitinhonha.
“Esse é o sétimo encontro de artesãos e temos aqui representantes de muitos municípios. Pretendemos com essa reunião dar força às associações municipais vinculadas a essa regional. E para fortalecê-las, cada vez mais, tem sido montado pelo grupo o plano regional de desenvolvimento sustentável.”, diz Salman.

Durante o evento o Secretário Municipal de Cultura de Itamarandiba, Adão Domingos, comentou que além da loja de artesanato Ita Artes, mantida pela Prefeitura com participação da Associação dos Artesãos do município, em breve será inaugurada na sede da Secretaria Municipal de Cultura a 1ª Galeria de Artes de Itamarandiba e fez questão de dizer “essa galeria vai receber trabalhos não somente de artesãos, mas de todos os artistas da cidade sem discriminação da arte que ele desenvolve. Teremos aqui trabalhos de joalheiros, pedristas, esculpidores, artistas plásticos, etc. A galeria será para todos que tem talento.”

Fonte: Ernane Frois, da Ascom da Prefeitura de Itamarandiba

SEBRAE incentiva microempresas no Vale do Jequitinhonha

SEBRAE quer microempresas incrementadas no Vale
Cidade de Jequitinhonha reúne prefeitos e gestores públicos para debater projetos de desenvolvimento de pequenas empresas e microempreendedor individual
O SEBRAE - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais está promovendo um Encontro de Lideranças Públicas Municipais - Os pequenos negócios na liderança do desenvolvimento , com o lema Sebrae e Prefeituras promovendo o desenvolvimento territorial, onde participarão os prefeitos, vereadores, pequenos empresários, empreendedores individuais e técnicos do Sebrae de Minas e do Brasil.

O Encontro será realizado na cidade de Jequitinhona, no Baixo Jequitinhonha, neste dia 19 de agosto, quinta-feira, na parte da manhã. de 8 às 13 horas, no Ãuditório da Prefeitura Municipal.
A principal atração do evento é o presidente do Sebrae Nacional, Paulo Okamoto, um dos principais assessores do Presidente Lula.

A programação do evento é a seguinte:
08:00 h - Recepção e credenciamento dos convidados e participantes volunários;
09:00 h - Abertura Oficial
Saudação e Boas vindas do Prefeito de Jequitinhonha, Robrto Botelho;
09:30 h - Pronunciamento do Presidente do Sebrae Nacional, Paulo Okamoto;
10:00 h - Palesta 1 -
"Os pequenos negócios na liderança do desenvolvimento";

10:45 h - Depoimento do detentor do Prêmio Sebrae Prfeito Empreendedor;
11:15 h - Palestra 2
A criação de um ambiente favorável para os pequenos negócios:
- A lei geral das micro e pequenas empresas;
- O Empreendedor Individual e a formalização de pequenos negócios;
- as compras governamentais como instrumento de desenvolvimento local;
- serviço de apoio ao desenvolvimento empresarial.
12:15 h - Debate
12:30 h - Lista de municipios interessados em implementar a Lei Geral Municipal;
13:00 h - Encerramento e almoço de confraternização.
Local: Auditório da Prefeitura Municipal de Jequitinhonha

Informações do Sebrae Minas

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Dilma grava programa eleitoral no Vale

Dilma grava programa eleitoral no Vale

Dilma Roussef, candidata a presidente da República, pelo Partido dos Trabalhadores, esteve ano Vale do Jequitinhonha, no dia 11.08, para gravação de programas para o horário político eleitoral.
A candidata Dilma Roussef desembarcou no aeroporto local de Araçuaí por volta das nove horas da manhã, rumo a cidade de Itaobim. Naquele município ela gravou programa de TV para o horário eleitoral, na comunidade de São Roque.

Dilma cumpriu uma agenda praticamente secreta e sem alarde na região

A gravação foi feita ao ar livre e não chegou a ser montado propriamente um set ou um estúdio. Sem a presença de seguranças e muito à vontade, conforme relata um morador da cidade, a candidata entrou nas casas, conversou com a população e teve de parar diversas vezes para tirar fotos.

“Ela foi muito acessível e muito simpática, conversando com todo mundo”, disse um morador, que não quis se identificar. Ele disse que não ficou sabendo, ao certo, o assunto abordado na gravação. “Mas espero que ela tenha uma visão mais humana do Vale do Jequitinhonha e possa fazer alguma coisa para mudar a face de pobreza da região”, completou.

A visita da ministra à cidade foi feita em sigilo, mas, logo que ela colocou o pé na cidade, a notícia se espalhou e muitos moradores foram até o povoado de São Roque, onde as gravações foram feitas, para ver a “candidata do presidente Lula”. Ela foi acompanhada pelo pelo vereador do município, o médico Jean Freire candidato a deputado estadual pelo PT.

Freire disse que foi procurado há cerca de uma semana pela equipe de Dilma, que estava interessada em gravar um programa no Vale do Jequitinhonha, e pediu ao médico uma indicação e e também segredo. “Sugeri o coração do Vale, que também é minha cidade”, comentou o vereador que, atendendo pedidos da equipe de Dilma, não quis dar detalhes da gravação. Candidato a deputado estadual, Freire aproveitou para dar de presente a candidata o livro Políticas públicas no Vale do Jequitinhonha , escrito por seu irmão o administrador e professor universitário Joaquim Celso Freire.

O vereador disse que não pôde acompanhar as gravações, mas acredita que a intenção da candidata seja mostrar os avanços conquistados pela região durante a gestão do presidente Lula. Segundo ele, o atual governo investiu muito em programas sociais e também em educação, com a criação da Universidade dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e na criação da escolas técnicas. “O Vale do Jequitinhonha vem passando por inúmeras transformações no governo Lula. Ainda precisamos melhorar mais ainda, mas acho que é isso que o programa vai mostrar”, disse.

A candidata retornou para Araçuaí por volta do meio dia.
Antes de embarcar, cumprimentou um pequeno grupo eleitores de e conversou rapidamente com lideranças políticas, entre elas o prefeito de Itaobim. Dilma afirmou numa entrevista rápida que pretende investir na área social aqui no Vale, sem pormenorizar os projetos em função da agenda apertada e do atraso da viagem.

As gravações foram ao ar no primeiro programa eleitoral, nesta terça-feira, dia 17 de agosto.

Fonte: Com informações do Portal Ara

Ministro dos Transportes garante reconstrução de ponte em Berilo

Ministro dos Transportes garante reconstrução de ponte em BeriloFoto: Deputado Gilmar Machado, líder do Governo Lula e Paulo Sérgio, Ministro dos Transportes
O líder do Governo Lula, deputado Gilmar Machado (PT/MG), esteve em audiência na quarta-feira (04/08/10), com o diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT - Departamento Nacional de infra-Estrutura Terrestre, e com o Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio, para solicitar a reconstrução da ponte sobre o ribeirão Água Suja, na BR-367, no perímetro urbano de Berilo, no Médio Jequitinhonha.

Há um mês, houve um acidente envolvendo um caminhão, o que levou à destruição das vigas de madeira do vão central e de dois pilares de concreto que sustentavam a ponte.

Um desvio provisório, no leito do ribeirão, foi construído para a passagem dos veículos e pessoas.

De acordo com o diretor estadual do DNIT de Minas Gerais, Sebastião Donizette, em breve a obra estará reconstruída e o tráfego normalizado no local.

O ministro Paulo Sérgio assumiu o compromisso de acompanhar e cobrar a agilidade nas obras.
Clique aqui e saiba mais sobre o acidente: ponte do Água Suja

Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação do Deputado Gilmar Machado

Piquenique: Diamantina Que Te Quero Verde

Piquenique: Diamantina Que Te Quero Verde O Passadiço Virtual não é um blog partidário e nem pretende fazer campanha política para qualquer candidato, mas em tempos de eleição é muito importante ficar bem informado para fazer a melhor escolha.
Recebemos e divulgamos abaixo o convite para participar do evento de apoio à candidata Marina Silva, em Diamantina. No mínimo, uma idéia diferente e singela de fazer campanha eleitoral. Afinal, estamos cansados daquela velha forma de fazer política, baseada em discursos genéricos e superficiais.

Dia: 22 agosto
Local: Praça do Mercado Velho, Diamantina, MG
Horário de início: 10:00
Horário de término: 12:00
Caro amigo, é com alegria que venho anunciar que eu sou + 1 membro Movimento Marina Silva, uma rede com mais de 32 mil integrantes e aberta a todos que sonham mudanças verdadeiras em nossas vidas.
Chegou o tempo de empreendermos um novo modelo social, econômico e político pautado pela visão da sustentabilidade. Quem conhece um pouco a respeito de Marina Silva, sabe que é a única liderança política em nosso país que aponta a este novo paradigma.
E é isto que queremos discutir domingo no piquenique em nossa cidade. Teremos vários amigos tocando, cantando e discutindo o futuro do Brasil.
Leve seus filhos e alguns brinquedos!
Vamos ativamente mostrar a força de nós mineiros!
E seja + 1 neste aliança!
O que você pode levar, para que seja um evento bacana?
Um pequeno lanche (sugestão: frutas, suco, bolo,...)
Uma toalha para estendermos no chão na praça
Um instrumento musical, caso tenha e queira tocar
Um cata-vento (faça você mesmo ou leve para o material para fazermos na praça)
Uma máquina fotográfica
Uma poesia para você recitar no dia
Além disso, o que você imaginar de interessante! Lembre-se, é um evento construído por todos nós!

Fonte: Passadiço Virtual
Concordamos com o Blog Passadiço Virtual e assinamos embaixo. A campanha da Marina é criativa e merece registros independente da posição de cada um.
É preciso que o carranquismo das campanhas seja combatido.

Rede Globo destaca Diamantina no site de “A Cura”

Rede Globo destaca Diamantina no site de “A Cura”
Clique aqui para acessar o site que a Rede Globo disponibilizou com muitas informações sobre o seriado “A Cura”.
Lá você verá mapas, fotos e vídeos de Diamantina dos séculos XVIII e XXI que surgem como pano de fundo da história.

Fonte: Passadiço Virtual

Vox Populi: Dilma com 45% e Serra com 29%

Vox Populi: Dilma com 45% e Serra com 29%
Vitória no primeiro turno se anuncia
Pesquisa do instituto Vox Populi divulgada nesta terça-feira (17) no Jornal da Band, mostra a candidata petista à Presidência pelo PT, Dilma Rousseff, com 16 pontos de vantagem sobre o segundo colocado o tucano José Serra.
De acordo com os números, se a eleição fosse hoje, a petista seria eleita no primeiro turno já que a quantidade de votos obtida é superior à soma dos votos dos demais concorrentes.
A tendência de crescimento de Dilma está de forma avassaladora. Em breve, deve ultrapassar os 50% de intenção dos votos.
A pesquisa mostrou também que há 12% ainda indecisos.
Os tucanos prometem reagir. Como? É bem provável que venham para o ataque de forma agressiva.
Poderão sofrer uma derrota histórica e destruirdora de lidernaças e partidos aliados. Terão que repensar tudo de novo.
O Governador Aécio Neves deve surgir como liderança deste grupo comandado pelos paulistas que destoa a política nacional.
Lula e Dilma devem eleger também a maioria dos governadores, senadores e deputados federais e estaduais.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Cultura evangélica se espalha pelo Vale

Cultura evangélica se espalha pelo Vale Os movimentos evangélicos vem se espalhando pelo Vale do Jequitinhonha. Diversas cidades já contam com sua Semana de Cultura Evangélica, quando as igrejas evangélicas se unem e organizam uma variedade de atividades como reuniões, louvações e Marcha para Jesus. Apresentam shows de música gospel, juntando milhares de fiéis nas ruas, praças, escolas, igrejas, comunidades rurais.

Alguns municípios se destacam no Médio Jequitinhonha, com alguns já tendo aprovado uma lei municipal em que as Prefeituras se comprometem a dar apoio aos eventos realizados.
Virgem da Lapa organizou este ano a sua III Semana da Cultura Evangélica, no mês de abril. Um projeto de lei de autoria do vereador Márcio Neuber Monteiro, do PT, aprovado em 2006 e sancionado pelo prefeito Dim Martins, garante o suporte institucional para a grande festa e encontro evangélico.
Outros municípios também têm tradição de organização da cultura evangélica: Coronel Murta, Josenópolis, Mata Verde e Minas Novas. Cada município escolhe um mês diferente.

Berilo evangélico
Os pastores de 5 igrejas evangélicas de Berilo se reuniram nesta segunda-feira, dia 16 de agosto, na Igreja Batista Nacional, e aprovaram que a Semana da Cultura Evangélica do município será na última semana de janeiro, ficando a última sexta-feira do mês como o Dia do Evangélico.
Os líderes evangélicos, tendo como principal articulador, o pastor Josivaldo Dantas Cruz, pretendem se organizar em uma entidade para melhor prestar serviços sociais aos berilenses.

Diamantina: Ações Integradas de Saúde mobilizam população

Diamantina: Ações Integradas de Saúde mobilizam população Com a proposta de estreitar o vínculo com a comunidade local e levar para a rua as ações de promoção à saúde, acontecerá nos dias 18 a 22 de agosto, o projeto "Ações Integradas de Saúde", nos bairros: Cazuza, Cidade Nova, Vila Operária, Palha e Rio Grande, nos horários de 7:30 as 16:30h.

Iniciativa do Serviço Social do Comércio de Minas Gerais (Sesc/MG) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, o projeto envolverá profissionais das áreas de Epidemiologia, Zoonoses, Assistência Farmacêutica, DST/Aids, Enfermagem, Medicina, Nutrição, Fisioterapia e Saúde Bucal.

Nos locais de atendimento, as pessoas poderão fazer exames laboratoriais, oftalmológicos, eletrocardiograma, ultra-sonografias.

As ações envolverão, ainda, palestras e oficinas para avaliação do peso, medição de pressão arterial e glicemia, avaliação da capacidade pulmonar, prevenção do câncer de mama e orientações sobre hanseníase.

Também serão realizadas atividades para prevenção de cáries e técnicas corretas de escovação com distribuição de escovas de dente para as crianças.
O coordenador da Atenção Básica, enfermeiro Antonio Moacir ressalta a importância de projetos e ações integradas de promoção à saúde que extrapolam a rotina das Equipes de Saúde da Família. "É uma oportunidade de se estreitar o vínculo com a comunidade", resume.

Parceria com o SESC, a Prefeitura de Diamantina utilizará uma unidade volante de saúde para atender a população.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Diamantina

Propaganda eleitoral gratuita começa nesta terça-feira

Propaganda eleitoral gratuita começa nesta terça-feira A campanha para as eleições de outubro chega a uma fase decisiva hoje, com o início da propaganda eleitoral gratuita na televisão.
As últimas pesquisas apontam a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, com 41% das intenções de voto, na frente do tucano José Serra, com 33%.
Em terceiro lugar aparece a candidata do PV, Marina Silva, com 10%, o que configura um cenário polarizado entre Dilma e Serra, que se alternaram na preferência dos eleitores nos últimos meses.
A televisão e a internet são considerados os principais meios de difusão política no Brasil e os analistas concordam em que a etapa da campanha que começará hoje será determinante para o pleito.

Dilma com tempo maior
O tempo que cada candidato terá para passar suas mensagens pela televisão foi fixado em função da representatividade que os partidos que o apoiam têm no Congresso, o que dá vantagem à petista.
A coligação de dez partidos liderada pelo PT garantirá um tempo de 10 minutos e 38 segundos no ar para Dilma, que, da mesma forma que os outros candidatos, terão seus programas transmitidos duas vezes a cada terça-feira, quinta-feira e sábado.

Serra contará com 7 minutos e 18 segundos e Marina terá 1 minuto e 23 segundos, enquanto outros seis candidatos, em sua maioria ainda desconhecidos pela maioria dos eleitores e que contam com uma intenção de voto menor que 1%, só disporão de entre 55 e 62 segundos.
Lula, maior atração
Segundo o PT, a grande atração de suas propagandas eleitorais na televisão será, junto com Dilma, o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que mantém uma popularidade próxima a 80% e apoia a candidata.
Lula já participou de vários comícios ao lado de Dilma e no fim de semana passado divulgou um vídeo na internet pedindo que os brasileiros apoiem sua candidata, para aprofundar os avanços no país nos âmbitos social e econômico.
O PT antecipou que o primeiro programa de Dilma a mostrará em um percurso por um bairro popular do Rio de Janeiro, no qual o Governo desenvolveu importantes obras de saneamento e implantou planos dirigidos a reforçar a segurança.
No caso de Serra, seu primeiro programa tentará sensibilizar os eleitores em torno da necessidade de melhoras na saúde pública.
A propaganda eleitoral gratuita pela televisão vai até o dia 30 de setembro.

Fonte: Diário do Jequi

I Congresso Brasileiro de Filosofia do Direito na PUC Serro

I Congresso Brasileiro de Filosofia do Direito na PUC Serro
Pedro Afonso Evento reunirá no Jequitinhonha grandes nomes da disciplina
A PUC MINAS Serro, promove no período de 31 de agosto a 04 de setembro de 2010, o I Congresso Brasileiro de Filosofia do Direito. Alunos e visitantes poderão se inscreverem no evento através do Diretório Acadêmico/D.A do Campus Serro. Confira o cartaz ou acesse http://www.dampedrolessa.blogspot.com/ , para obter maiores informações.
A Cidade de Serro, está localizada no Alto Jequitinhonha, a cerca de 87 km de Diamantina e 306 Km de Belo Horizonte.
Pedro Afonso é acadêmico de Direito e responsável pelo Blog Itamigos

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Crítica: ‘A cura’ é excelente

Crítica: ‘A cura’ é excelente
Patrícia Kogut, no O Globo
Estreando na Globo na última terça-feira, “A cura” pareceu acenar com a solução de uma equação que aflige a TV brasileira: a da equivalência com a qualidade dos seriados americanos, mas com personalidade, sem copiar.

Ambientado em Diamantina e com forte sotaque mineiro (na fala, na luz, no ambiente), o primeiro episódio eletrizou, para dizer o mínimo.
João Emanuel Carneiro (que trabalhou com Marcos Bernstein) e Ricardo Waddington, parceiros de “A favorita”, deram um passo à frente na sua sintonia. O resultado foi um texto bem-construído e interpretado com ritmo e direção de atores exata.

Os temas — suspense e paranormalidade — são armadilhas em si, pedem uma leitura precisa para que a história não se arraste nem seja breve demais e sacrifique a compreensão. Isso aconteceu.
O elenco é outro forte. Selton Mello, econômico, mas sem afetação, não sobe um degrau para viver Dimas, personagem que parece explodir de angústia. Andréia Horta já provou, em “Alice” da HBO, do que é capaz e, de novo, brilhou. O mesmo vale para Nívea Maria, Caco Ciocler, Ary Fontoura, Carmo Dalla Vecchia e Inês Peixoto, atriz espetacular que faz Edelweiss.

“A cura” foi original ao eleger a fofoqueira da cidade, Nonoca (Eunice Bráulio), para apresentar a trama. E arriscou ao expor os interiores humanos com uma elegância impressionante. Promete, como aconteceu com “A favorita”, trazer algo realmente novo para a televisão.

Itamarandiba terá investimento em esgoto sanitário

Itamarandiba terá investimento em esgoto sanitárioFoto: Rio São João sofre com poluição
A Copasa assinou em junho deste ano a concessão dos serviços de esgotamento sanitário na cidade de Itamarandiba, que possui população urbana de aproximadamente 21 mil habitantes. O município faz parte da meta de expansão referente às 51 cidades com população maior que 15 mil habitantes nas quais a Copasa detém apenas a concessão dos serviços de água. Na ocasião, a companhia renovou também a concessão de serviços de água de Itamarandiba por 30 anos.

No Alto Jequitinhonha, também no mês de junho, foi inaugurada a Estação de Tratamento de Esgoto da cidade de Serro, que já se encontra em operação. Em Itamarandiba, com a construção da ETE, que se espera concretize-se tão breve, o esgoto ainda não tratado contamina o Rio São João, que por sua vez, tem foz no Rio Araçuaí. O que agrava ainda mais o quadro de degradação da bacia hidrográfica do Rio Jequitinhonha, além da transmissão de doenças à população e animais.
Fonte: Com informações da divulgação/Copasa e Blog Itamigos

Filha do Jequitinhonha é cidadã honorária de BH

Filha do Jequitinhonha é cidadã honorária de BH

Foto: "Vó Hilda" aos 85 anos, recebendo a homenagem
Mineira de Itamarandiba é homenageada na Câmara Municipal de Belo Horizonte.
"Vó Hilda" como é conhecida nasceu em Itamarandiba em 08 de junho de 1925.
A criadora do tradicional evento “Comida de Preto da Vó Hilda”, Hilda Salustiano Conrado, mais conhecida como “Vó Hilda”, recebeu o título de Cidadã Honorária de Belo Horizonte no dia 8 do último mês, no Plenário Amynthas de Barros.

A homenagem foi de iniciativa do 1º vice-presidente da Casa, vereador Wellington Magalhães (PMN), que presidiu a solenidade.
No dia 13 de maio de 1987, para reunir sua família e celebrar sua cultura, em especial a Abolição da Escravatura, a matriarca criou o “Comida de Preto da Vó Hilda”.

O evento, que hoje em dia já se encontra integrado ao calendário cultural da região leste de Belo Horizonte, é realizado no primeiro sábado após 13 de maio e são servidos pratos típicos da cultura africana, como quiabo, broto-de-samambaia, couve, torresmo, entre outras, todas preparados no fogão a lenha e acompanhados por refrigerante, cerveja e cachaça, sempre ao som de samba de raiz.

A irmã do parlamentar, Arlete Magalhães, que esteve presente à homenagem, afirmou que Vó Hilda é uma grande defensora da preservação do patrimônio cultural afro-descendente e por isso, merecedora da homenagem.

Leia Mais no Portal da Câmara Municipal de Belo Horizonte.
"Vó Hilda", reafirma a tradição entre os itamarandibanos ausentes, ou seja, o compromisso de solidariedade e a virtude de "cuidar de si " e "cuidar do outro". Em data não muito distante, também uma outra filha de Itamarandiba - cidade que em 1997 recebeu o Título de Cidade Solidária do Brasil - foi agraciada com o título de cidadã honorária de Goiânia-GO, a itamarandibana "Irmã Margarida" foi homenageada por sua vida dedicada àquela cidade.
Fonte: Com informações da Sup. de Com. Institucional/C.M.B.Hzte e Blog Itamigos

domingo, 15 de agosto de 2010

Teófilo Otoni:

Teófilo Otoni:
II Campeonato Interbairros terá 600 atletas A Prefeitura de Teófilo Otoni, através da Secretaria de Esporte e Lazer, realizou nesta quinta-feira (12), o lançamento do 2° Campeonato Interbairros nas categorias adulto e veterano. O coquetel aconteceu no Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação Sind-Ute e contou com aproximadamente 150 pessoas para prestigiar o evento, que teve como atração principal a apresentação dos uniformes das equipes e dos árbitros, através de um desfile.

O 2° ano do Campeonato Interbairros contará com a participação de aproximadamente 600 atletas de 21 equipes em 80 jogos que serão realizados entre os dias 15 de agosto ao dia 31 de outubro.

A Prefeita Maria José Haueisen Freire ressaltou o esforço que o governo tem feito junto ao esporte, “um campeonato como esse movimenta a cidade inteira, é bom que as pessoas vão se entrosando, é mais uma forma de incentivar a prática esportiva que é uma ferramenta tão importante na inclusão social”, afirmou a Prefeita.

O Secretário de Esporte e Lazer, Guilherme Afonso (Mabel), falou da emoção de fazer o lançamento do campeonato no segundo ano consecutivo, “estamos felizes com a presença da população. Este ano temos quase o dobro de jogos superando nossas expectativas. O campeonato visa resgatar a tradição em esportes do nosso município e também promove a integração municipal”, ressaltou Mabel.

O diretor de futebol Genilson Carllch falou que o campeonato é uma competição de extrema importância, e sobre a participação do América na competição disse: “É um vento que reúne todos os bairros, muitos atletas, o que resulta numa confraternização de toda a cidade. O time do América não poderia ficar de fora, vamos entrar com duas equipes, a júnior e a juniores, levamos muito à sério a participação neste campeonato e esperamos sair com um bom resultado”, disse Genilson.

Fonte e Foto: Ascom/Prefeitura de Teófilo Otoni

Formaturas do POPI nas 16 cidades do Baixo Jequitinhonha

Formaturas do POPI nas 16 cidades do Baixo Jequitinhonha
Foram 5,417 formandos entre crianças e adolescentes
Nesta segunda semana de agosto, no período compreendido entre os dia 9 a 13, foram realizadas nos 16 municípios pertencentes à área do 44º Batalhão de Polícia Militar de Almenara, no Baixo Jequitinhonha, a primeira formatura dos alunos participantes do POPI cidadania, totalizando 5417 formandos entre crianças e adolescentes.
O POPI, em suas três vertentes, POPI CIDADANIA, POPI ATENDIMENTO e POPI PREVENÇÃO, atende 1.274 escolas da rede pública estadual e municipal do nordeste de Minas Gerais, com um público de 230.776 alunos, em 60 municípios.
Nesta primeira formatura participaram do POPI 23.300 crianças e adolescentes em toda a área da 15ª Região de Polícia Militar.
A quantidade formandos de cada município foram:
Almenara - 348;
Bandeira - 120;
Divisópolis - 186.
Felisburgo - 575;
Jacinto - 125
Jequitinhonha - 544;
Joaíma - 600;
Jordânia - 256;
Mata Verde - 200;
Monte Formoso - 526;
Palmópolis - 75;
Rio do Prado - 570;
Rubim - 319;
Salto da Divisa - 238;
Santa Maria do Salto - 640;
Santo Antônio do Jacinto - 95
TOTALIZANDO -5.417
O que é POPI
A Polícia de Proteção Integral à Criança e ao Adolescente (POPI) surgiu com o objetivo precípuo de ser um elo entre os públicos escolares das redes estadual e municipal de ensino público com a Polícia Militar de Minas Gerais, mais especificamente com a Décima Quinta Região de Polícia Militar, responsável pelo policiamento em todo o nordeste do Estado.
O POPI tem como público-alvo crianças e adolescentes, na faixa etária de 6 a 18 anos incompletos, estudantes que estejam regularmente matriculados na rede de ensino público estadual ou municipal.
O alicerce do POPI é a filosofia de Polícia Comunitária, a partir dos desdobramentos dos seguintes procedimentos: Atendimento de Ocorrência, Prevenção e Educação e a POPI Cidadania.

Fonte: Assessoria de Comunicação 44º BPM, com a colaborãção do Diário do Jequi

sábado, 14 de agosto de 2010

Hélio Costa mantém vantagem de 26 pontos sobre Anastasia

Governo de Minas
Hélio Costa mantém vantagem de 26 pontos sobre Anastasia
Datafolha aponta: Hélio Costa 43% e Anastasia 17% Foto: Hélio Costa com o vice Patrus Ananias em camanha
O ex-ministro Hélio Costa (PMDB) mantém a liderança da corrida pelo governo de Minas Gerais, com 26 pontos de vantagem sobre o atual titular do cargo, Antonio Anastasia (PSDB), aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira.
De acordo com o instituto, Costa tem 43% das intenções de voto. O tucano marca 17%. Em relação à última rodada (20 a 23 de julho), ambos oscilaram um ponto percentual para baixo.

Segundo a pesquisa, o número de indecisos em Minas segue alto: 24%. Outros 8% disseram que pretendem votar em branco ou nulo. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.
Fabinho (PCB) e Vanessa Portugal (PSTU) têm 2% cada. Com 1%, aparecem Professor Luiz Carlos (PSOL), Pepê (PCO), Zé Fernando Aparecido (PV) e Edilson Nascimento (PT do B).
A pesquisa foi feita de 9 a 12 de agosto, com 1.264 eleitores de 51 cidades mineiras. Está registrada no TSE sob o número 22754/2010. Os contratantes são a Folha e a Rede Globo.

Itamarandiba promove Dia Municipal da Saúde

Itamarandiba promove Dia Municipal da Saúde
Cidade terá programação em homenagem ao médico Dr. Aphonso Pavie Acontecerá em Itamarandiba, no Alto Jequitinhonha, no próximo 16 de agosto, o “Dia Municipal de Saúde”. Data escolhida em homenagem ao aniversário do médico Dr. Alphonse Pavie, que foi um dos pioneiros da Moderna Medicina de Minas Gerais.

Ele implantou em Itamarandiba um atendimento de saúde de nível científico europeu, uma medicina comparável ao de seu país de origem, a França, e exercida pela elite médica de Juiz de Fora e Belo Horizonte, centros médicos do Estado de Minas Gerais naquela época.

A data, comemorada desde o ano de 2007, esse ano terá várias atividades na Praça dos Agricultores, Centro da Cidade, para que toda a população possa festejar o dia que representa o reconhecimento do bom trabalho desenvolvido pelos profissionais da área da saúde no nosso município.

A partir das 13:00 horas, por exemplo, haverá promoção e prevenção à saúde, aferição de pressão arterial, medição de glicemia de jejum e distribuição de pipocas e algodão doce.

Itamarandiba espera você e sua família para festejar com alegria data de grande relevância para todo o Vale.

Ascom: Prefeitura Municipal de Itamarandiba

Festa de Virgem da Lapa revive fé, mitos e histórias

Festa de Virgem da Lapa revive fé, mitos e histórias
Versões do aparecimento de Nossa Senhora da Lapa
Foto: Santuário de Nossa Senhora da Lapa, emVirgem da Lapa
Todos os acontecimentos, com o passar do tempo, são apresentados por vários pontos de vista, o que gera os casos, causos e estórias. Assim, a realidade é também apresentada com fantasias. A devoção à Nossa Senhora da Lapa não foge desta regra.
Sobre o aparecimento da venerável Imagem na gruta do córrego São Domingos existem muitas versões. É bom lembrar que este título dado à Mãe do Senhor é de origem portuguesa.
A perseguição de um coelho
A história mais contada narra que, no arraial de São Domingos, um menino tentava juntar uns burros da tropa de seu pai; durante a procura dos animais se entreteve na perseguição de um coelho, chegando até uma gruta na qual encontrou a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Deixou a sua tarefa e foi apressadamente contar a seus pais. A notícia se espalhou e os católicos do arraial passaram a visitar a gruta e a rezar diante da imagem, pedindo a intercessão da Mãe do Senhor. Diante das graças alcançadas, a descoberta ganhou repercussão.

Visão de garimpeiro
Outra visão dá a um garimpeiro de Antônio Pereira a honra de encontrar a imagem, deixada na gruta por um ermitão que aqui se instalou com os bandeirantes.
Os acontecimentos foram levados à sede da diocese que, na época, era Mariana. Os habitantes de São Domingos e redondezas pediram ao Bispo de Mariana o direito de transformar a gruta em templo dedicado a nossa Senhora.

Augusto de Lima Júnior, em seu livro: “Histórias de N. Senhora em Minas Gerais”, editado em 1956, relata que em 1768 foi enviada ao rei de Portugal, uma longa carta, descrevendo sobre a importância desta devoção para os habitantes do Arraial de São Domingos e do Vale do Jequitinhonha. Afirmando as grandes romarias aos 15 de agosto.
Como se percebe, as diferentes histórias têm fatos comuns e nestes se percebe o que é verdadeiro: A Imagem da Virgem, encontrada na gruta; as romarias; as dificuldades do povo e as graças alcançadas de Deus, pelas orações em comunhão com a Mãe do Senhor. Conclui-se que é fato, é verdade que Deus, criador do céu e da terra, sempre veio ao encontro dos pobres e marginalizados. O amor de Deus se concretiza através de sinais e, neste caso, é a imagem da
Santa Maria, encontrada na gruta. Imagem foi trazida por Bandeirantes
Esta imagem foi trazida, sem dúvida, pelos bandeirantes que se instalaram às margens do córrego São Domingos, à procura de ouro e diamantes. Graças a ela os mesmos alimentavam a fé. Esquecida naquela gruta, a venerável imagem foi reencontrada num momento de crise: “ O arraial empobreceu e tudo em redor mostra decadência, menos a devoção dos que, mesmo de longe, para lá se dirigem todos os anos, no dia da glória da Mãe de Deus.” ( Histórias de N.S. em MG – Lima, Augusto Júnior – 1956 – BH ). É o canto da Virgem se atualizando : “ Olhou para a humilhação da sua serva.” ( Lc 1,48)
No “Manual do Santuário, o Pe Manoel da Silva, Missionário da Boa Nova, redigiu: “desde 15 de agosto de 1767 os cristãos, vindos de muitos lugares do Brasil e sobretudo do Vale do Jequitinhonha, acorrem a este lugar onde sentem melhor o coração da Mãe do céu...”
Eucaristia no Santuário
No Santuário celebra-se a Eucaristia todos os sábados às 19:00h. No dia quinze de cada mês, as Legionárias rezam, com a comunidade, o rosário distribuído durante o dia: às 08:00h o primeiro quarto do rosário, às 12:00h o segundo, às 15:00h o terceiro e o último quarto, às 18:30h com a presença dos padres que logo em seguida, celebram a Missa, finalizando com bênção de pessoas, imagens e objetos. Venha, com sua caravana, experimentar este momento de comunhão com a Virgem da lapa.
Fonte: Com informações da Paróquia sao Domingos/ Pe. Ademir Versiani Lial.
Publicado no Blog de Virgem da Lapa

Jequitinhonha perderá representatividade no PIB mineiro

Jequitinhonha perderá representatividade no PIB mineiro
Onde estará a economia mineira nos próximos 15 anos?
Mais ou menos onde sempre esteve, o que pode levar o estado a perder participação no cenário nacional e a aumentar as desigualdades intrarregionais.
Estudo realizado pela Faculda de de Ciências Econômicas (Face) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) mostra que o aumento da participação dos setores extrativos, de metalurgia e siderurgia no Produto Interno Bruto (PIB) estadual, combinado com a desaceleração das exportações, levarão a uma queda de 0,6 ponto percentual – de 9,1% para 8,5% – na participação do estado na economia nacional.

Aprofundamento da desigualdade entre região metropolitana e Jequitinhonha
E também a um aprofundamento da desigualdade: a participação da Região Metropolitana de Belo Horizonte no PIB mineiro crescerá de 55% em 2007 para 57,4% em 2025. Enquanto isso, o Vale do Jequitinhonha perderá representatividade, saindo de 0,8% do PIB estadual para 0,7% no mesmo período.

Cenário traçado pela UFMG nos próximos cinco anos
O cenário traçado pelos professores da UFMG mostra que, nos próximos cinco anos, as exportações ainda crescerão muito, mas a partir de 2015 a tendência é de desaceleração. “Não há dúvidas de que a economia mineira se especializou no setor mínero-metalúrgico, porque isso trouxe uma vantagem importante para o estado. Mas, lá na frente, quando a economia nacional mudar o seu foco, essa especialização pode não ser mais tão benéfica”, diz Edson Domingues, professor da Face/UFMG e um dos autores da pesquisa.

Entre 2012 e 2025, de acordo com as projeções, o país entrará numa fase de crescimento sustentado a uma taxa de 4,5% ao ano. Esta expansão será puxada pelo consumo interno, que responderá por mais de 60% de toda a renda nacional, com tendência expressiva de crescimento..

Descentralização
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais trabalha com projeções de médio prazo para a economia mineira. De acordo com o secretário Sérgio Barroso, nos próximos cinco anos Minas deverá crescer um ponto percentual acima da média nacional. Ele aponta para a descentralização do desenvolvimento no estado. “Estamos trabalhando fortemente para a diversificação.

Dos 2.480 novos projetos para a indústria, aproximadamente 500 estão na velha economia (setores de mineração, metalurgia e siderurgia) e o restante na nova economia”, diz.

A desaceleração das exportações prevista para ocorrer a partir de 2015 pelo estudo da UFMG, porém, terá a vantagem de propiciar ao país maior independência em relação ao mercado externo. As vendas externas brasileiras tendem a crescer menos a partir de 2015, ainda que tenham iniciado a década extremamente aquecidas, com previsão de aumento de 11,53% em 2010. Isso significa que estados brasileiros mais dependentes de saldos de exportação vão reduzir sua participação no crescimento do país, abrindo espaço para os que têm como base uma economia mais diversificada.

Fonte: Portal UAI

Breve análises das políticas sociais do Governo Aécio II

Breve análises das políticas sociais do Governo Aécio II
Rudá Ricci
O Governo Aécio deixou muito a desejar na políticas sociais. Aqui está mais um tópico da análise que o cientista político Rudá Ricci faz deste setor no governo de Minas.


Áreas com Bom Desempenho
Sinteticamente, existem duas áreas com bom desempenho:
a) Convênios Intermunicipais na área de saúde;
b) Retomada da extensão rural e EMATER como centro de excelência e forte capilaridade institucional.


Áreas com Baixo Desempenho
Foram três áreas com problemas mais graves:
a) Educação
A despeito da tremenda propaganda oficial realizada. Os dados são muito nítidos a respeito da dilapidação dos equipamentos físicos, perda de autonomia escolar (e aumento do controle dos supervisores de ensino), aumento da desigualdade regional de indicadores de desempenho, focalização, perda de capacidade de formulação (a formulação foi terceirizada para consultorias e convênios, o que gerou esquizofrenia pedagógica sem igual na história da educação de Minas Gerais; em documentos oficiais, são sugeridos sistemas opostos de organização do ensino estadual).

Minas Gerais estacionou no IDEB até 2007 e melhorou seu índice no IDEB 2009 apenas no que tange a primeira metade do ensino fundamental.

A secretária estadual de educação não possui liderança estadual na área, é contestada pela FAE UFMG (de onde é originária), não conseguiu reverter a curva em declínio da qualidade da educação mineira no ranking nacional (SAEB e ENEM), embora tenha tido uma melhora parcial na área de alfabetização.

As Superintendências Regionais de Ensino foram ocupadas por indicações políticas regionais, desqualificando e deslegitimando, em grande parte, esta instância junto à comunidade educacional (incluindo quadros de direção regional).

Não houve nenhum choque de gestão nessas instâncias, pelo contrário. O sistema de avaliação individual de desempenho adotado, de caráter nitidamente empresarial, não se aplica à educação.


A educação é um processo coletivo, de diálogo de instâncias formativas (escola, grupos de amigos, centros culturais, família etc). A avaliação individual, sem articulação com o projeto pedagógico e análise de impacto comunitário não possui qualquer valor enquanto feedback.


Há um nítido descompasso e incompetência nesta iniciativa, numa transposição inadequada de instrumentos de avaliação.

A distribuição de livros didáticos para o Ensino Médio remou contra a maré (basta verificar os resultados pedagógicos neste nível de ensino).

Ao invés de multiplicar os instrumentos e recursos pedagógicos, adequados para a adolescência, retornou aos anos 70, em que se procurava formatar o conteúdo de ensino (e não de aprendizagem).

Seria possível inovar, adotando o currículo modular de tipo inglês (com dias com aulas mais fixas, como as atuais, disciplinas optativas – mais voltadas para artes e ações comunitárias – e eletivas – com ênfase em áreas de conhecimento).

Contudo, o Estado procurou a saída administrativa, mas não pedagógica.
A adoção de escolas-referência foi a política mais atrasada da educação estadual. Privilegiou durante quase toda gestão as escolas de elite e solapou a universalização de oportunidades.


b) Integração dos Vales (Mucuri e Jequitinhonha) e Norte de Minas
A importante iniciativa de criação da primeira Secretaria Territorial Estadual do país foi minimizada por problemas operacionais, de instalação de modelos de gestão clientelistas e ausência de políticas estratégias de combate à pobreza e desenvolvimento territorial.


Infelizmente, a Secretaria Extraordinária não foi dotada de equipe técnica competente e não havia capacidade operacional, transferindo suas ações para o IDENE, instituição conhecida pelo clientelismo regional instalado.


Os programas implantados são, na sua quase totalidade, federais, renomeados (caso do Cidadão Nota 10 - o Brasil Alfabetizado - e o Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR).
Não houve articulação de recursos e de ações.


c) Programas de combate a pobreza
Não há clareza em relação à superação dos contornos dos programas das décadas de 80 (Jáíba, MG1 ou MG2), pautados por investimentos externos e que não alteraram a lógica da dependência social de recursos públicos. Não alteraram a cultura política local.


Rudá Ricci é diretor geral do Instituto Cultiva. Veja mais no http://www.rudaricci.blogspot.com/

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Seleção Feminina de Futebol tem atleta do Jequitinhonha

Seleção Feminina de Futebol tem atleta do Jequitinhonha
Benícia Ferreira, de Bandeira, é convocada na Sub-17 de Futebol Foto: Benícia, 17 anos, revelação do futebol feminino brasileiro
A Seleção Brasileira Feminina Sub-17 disputará o II Campeonato Mundial Feminino Fifa 2010 em Trinidad e Tobago, de 02 a 25 de Setembro.
Dentre as convocadas, a atleta Benícia Ferreira de Oliveira, natural do município de Bandeira, no Baixo Jequitinhonha, é a primeira mulher do Vale do Jequitinhonha a ser convocada para uma seleção de Futebol Feminino. Atualmente Benícia joga em Santa Catarina no Clube Kindermann.
DESTAQUE DO JEMG DE 2006
Em 2006, após disputar os Jogos Estudantis de Minas Gerais - JEMG ela foi convidada a jogar Futebol de Salão pela cidade de Governador Valadares – MG, onde morou até 2009.
Neste periodo "Bill" ,como é mais conhecida, foi considerada por duas vezes a melhor jogadora do Brasil na sua posição, em 2007 e 2008. Filha do Vereador Manoel Messias, mais conhecido em Bandeira por “Neo Piaba” e Ilza Ferreira Oliveira, Benícia tem 17 anos e se continuar assim poderá disputar as próximas Olimpíadas.
Sucesso “Bill”!

Fonte: Diário do Jequi

Breve análise das políticas sociais do Governo Aécio I

Breve análise das políticas sociais do Governo Aécio I
O cientista político Rudá Ricci publicou uma análise das políticas sociais do Governo Aécio Neves. Publicaremos em dois post. O primeiro é o que segue abaixo. Lei e reflita.
Rudá Ricci
Hoje começam os debates entre candidatos a governador, na Band. Aproveito para postar duas notas (esta é a primeira) a respeito das políticas sociais de Aécio, nas duas gestões.

Minha tese é que Aécio reorganizou a estrutura gerencial do Estado e implantou um sistema de articulação política a partir das diversas regiões de MG. Mas se descuidou das políticas sociais.

Com a crise dos EUA e Europa, o papel orientador e promotor do Estado (alguns sugerem uma espécie de neo-keynesianismo) retornou. E Aécio perdeu o bonde da história. Nada que não possa se refazer. Mas a orientação que ele assumiu se aproximou, em parte, da Nova Gestão Pública do Reino Unido. Agenda que foi superada pelos acontecimentos de 2008-2009.

Mas vamos ao que interessa:1. Problema Central: Ausência de estratégia de política para a área social.
Não existiu uma estratégia definida que articulasse as várias ações e agências estatais que atuam na área social. Assim, não se sabe se a política social adota a focalização, um cunho meramente compensatório ou protetivo ou ainda uma intenção de promoção social.

Também não houve controle social (e não apenas mecanismos de controle interno, como auditorias implantadas pela Secretaria de Gestão) sobre as ações e políticas. Esta dimensão é destaque em todas orientações de órgãos internacionais de fomento ao desenvolvimento, muitas vezes denominado de Governança Social.

O tratamento dispensado aos Conselhos de Direitos e seus Fundos Especiais é uma nítida demonstração de dificuldades na expansão de sistemas de gestão compartilhada ou co-gestão das políticas sociais.

A impressão que ficou é que o governo estadual atuou de maneira reativa na área social, respondendo a pressões de movimentos sociais ou oposição. Um exemplo nítido foi a introdução da 31º eixo estruturante do PPAG ou as iniciativas de negociação com entidades de representação social na construção da Hidrelétrica de Irapé.

Em síntese, os problemas gerais foram:
a) Ausência de estratégia geral para a área social que oriente e articule as diversas iniciativas governamentais (ações fragmentadas);
b) Ausência de nitidez sobre o caráter de investimentos sociais e seus objetivos (políticas focalizadas, compensatórias ou de promoção social);
c) Ausência de política de controle social (incluindo sistema de monitoramento público) das ações e resultados das ações sociais no governo;
d) Ação reativa, respondendo às pressões políticas de momento.

Rudá Ricci é cientista político, diretor geral do Instituto Cultiva.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Diamantina: A Cura faz sucesso e cria expectativas

Falta muito para terça?
A Cura faz sucesso e cria expectativas
Com uma produção obviamente de mais fôlego que a anterior, a Globo marcou, nesta terça-feira, 20 pontos no Ibope com a estreia A Cura, que foi ao ar por volta das 23 horas. Na Forma da Lei, o seriado que ocupou o horário até a semana passada, marcou 17 pontos no capítulo final.

Escrita por João Emanuel Carneiro, o autor de TV mais festejado dos últimos tempos, e Marcos Bernstein, a série enche a tela com a charmosa cidade histórica de Diamantina numa fotografia fantasmagórica bastante interessante. Foi filmada pelo diretor-geral Ricardo Waddington com a poderosa Sony F-35, que resulta numa imagem superior ao que se costuma ver na TV aberta, até mesmo na própria Globo.


Mas o grande trunfo do seriado parece ser mesmo a presença de Selton Mello como o protagonista Dimas. Claro que depois de vê-lo dando vida ao médico perturbado, que volta à cidade natal e descobre que pode curar de uma maneira que a ciência não explica, é difícil imaginar outro ator no papel.


É mais do que bem-vinda a volta do sobrenatural à teledramaturgia nacional, ainda mais de maneira renovada. Na onda de produções americanas que agradam dando sustos na plateia, João Emanuel e Marcos Bernstein foram muito felizes ao compor Dimas como um jovem comum – definitivamente, aquele motoqueiro que chega a Diamantina não é o que a gente imagina de um sujeito que faz operação espiritual. Dessa forma, A Cura bebe na fonte do misticismo brasileiro mais tradicional, sem parecer, entretanto, um conto folclórico.


Depois da boa estreia, o desafio do seriado é manter o telespectador interessado semana após semana, pois os 9 capítulos, totalmente interligados, serão apresentados toda terça-feira. O gancho que ficou para a semana que vem é bom: o que houve com Edelweiss (Ines Peixoto) depois que foi operada por Dimas, a sangue-frio, naquele casebre?


Fonte: O Estado de São Paulo e dica do Passadiço Virtual

A mídia e o escândalo Lula

A mídia e o escândalo Lula
Emir Sader
Quem olhasse para o Brasil através da imprensa, não conseguiria entender a popularidade do Lula. Foi o que constatou o ex-presidente português Mario Soares, que a essa dicotomia soma a projeção internacional extraordinária do Lula e do Brasil no governo atual e não conseguia entender como a imprensa brasileira não reflete, nem essa imagem internacional, nem o formidável e inédito apoio interno do Lula.

Acontece que Lula não se subordinou ao que as elites tradicionais acreditavam reservar para ele: que fosse eternamente um opositor denuncista, sem capacidade de agregar, de fazer alianças, se construir uma força hegemônica no país. Ficaria ali, isolado, rejeitado, até mesmo como prova da existência de uma oposição – incapaz de deixar de sê-lo.

Quando Lula contornou isso, constituiu um arco de alianças majoritário e triunfou, lhe reservavam o fracasso: ataque especulativo, fuga de capitais, onda de reivindicações, descontrole inflacionário, que levasse a população a suplicar pela volta dos tucanos-pefelistas, enterrando definitivamente a esquerda no Brasil por vinte anos.

Lula contornou esse problema. Aí o medo era de que permanecesse muito tempo, se consolidasse. Reservaram-lhe então o papel de “presidente corrupto”, vitima de campanhas orquestradas pela mídia privada – como em 1964 -, a partir de movimentos como o “Cansei”. Ou o derrubariam por impeachment ou supunham que ele pudesse capitular, não se candidatando de novo, ou que fosse, sangrado pela oposição, ser derrotado nas eleições de 2006. Tinham lhe reservado o destino do presidente solitário no poder, isolado do povo, rejeitado pelos “formadores de opinião”, vitima de mais um desses movimentos que escolhem cores para exibir repudio a governos antidemocráticos e antipopulares.

Lula superou esses obstáculos, conquistou popularidade que nenhum governante tinha conseguido, o povo o apóia. Mas nenhum espaço da mídia expressa esse sentimento popular – o mais difundido no país. O povo não ouve discursos do Lula na televisão, nem no rádio, nem os pode ler nos jornais. Lula não pode falar ao povo, sem a intermediação da mídia privada, que escolhe o que deseja fazer chegar à população. Nunca publica um discurso integral do presidente da republica mais popular que o Brasil já teve. Ao contrário, se opõem frenética e sistematicamente a ele, conquistando e expressando os 3% da população que o rejeita, contra os 82% que o apóiam.

Talvez nada reflita melhor a distância e a contraposição entre os dois países que convivem, um ao lado do outro. Revela como, apesar da moderação do seu governo, sua imagem, sua trajetória, o que ele representa para o povo brasileiro, é algo inassimilável para as elites tradicionais. Essa mesma elite que tinha uma imensa e variada equipe de apologetas de Collor e de FHC, não tolera o fracasso deles e o sucesso nacional e internacional, político e de massas, de um imigrante nordestino, que perdeu um dedo na máquina, como torneiro mecânico, dirigente sindical e um Partido dos Trabalhadores, que não aceitou a capitulação ou a derrota.

Lula é o melhor fenômeno para entender o que é o Brasil hoje, em todas as posições da estrutura social, em todas as dimensões da nossa história. Quase se pode dizer: diga-me o que você acha do Lula e eu te direi quem és.

Emir Sader é cientista político, professor universitário. É um dos responsáveis pelo site www.cartamaior.com.br

Fonte: Carta Maior
Texto sugerido pela professora Maria do Rosário Sampaio que defende tese de doutorado sobre migração sazonal, em Berilo e Chapada do Norte, no Médio Jequitinhonha.