quarta-feira, 30 de junho de 2010

Festa do Rosário de Sucuriú apresenta muitos shows

164ª FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DOS HOMENS PRETOS DE SUCURIÚ A Prefeitura de Francisco Badaró , com o apoio da Câmara Municipal, estará realizando os eventos sócio-culturais em comemoração à 164 ª Festa de Nossa Senhora Rosário dos Homens Pretos do Sucuriú do dia 16/07 à 19/07.
Programação:
Dia 16/07 ( Sexta – Feira):
21:30 hs – Show na Praça da Matriz com a Dupla CHIQUINHO E JOTINHA
23:30 hs – Show na Praça da Matriz com a Dupla MAURÉLIO E DANIEL.

Dia 17/07 ( Sábado)
23:00 hs – Show na Praça da Matriz com a Dupla WILSON COSTA E ADEMIR;
01:00 h – Show na Praça da Matriz com a Banda SAMANTHA .

Dia 18/07 ( Domingo )
16:00 hs – Futebol entre a Seleção dos filhos de Francisco Badaró que moram em SP X Seleção Local
21:00 hs – Show na Praça da Matriz com a Dupla CÉSAR AUGUSTO E CRISTIANO;
23:00 hs – Show na Praça da Matriz com a Banda LORDÂO.

Dia 19/05 ( Segunda – feira)
20:00 hs – Show na Praça da Matriz com a Dupla JOÃO E RONALDO;
22:00 hs – Show na Praça da Matriz com a Banda LEX LUTHOR.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Assembléia Legislativa aprova subsídios para professores

Assembléia Legislativa aprova subsídios para professores
Professor Anastasia fez projeto para próximo Governador cumprir
O Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou na Reunião Extraodinária da manhã desta segunda-feira (28/6/10), em 2º turno em redação final, por 59 votos a favor e nenhum contra, o Projeto de Lei (PL) 4.689/10, do governador, que fixa o subsídio das carreiras da Educação Básica do Poder Executivo Estadual e do pessoal civil da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais.


O projeto incorpora parte das vantagens e adicionais pagos atualmente, reposicionando os servidores nas tabelas salariais. O subsídio será fixado em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio ou verba de representação, com exceção daqueles expressos no projeto. Na reunião foram aprovados, também, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 60/10 e o PL 4.485/10, ambos em 1º turno.

O projeto define que os servidores serão posicionados nas tabelas de subsídio correspondentes às respectivas cargas horárias, observados os critérios para a definição de nível e grau, por meio de resolução conjunta dos titulares das Secretarias de Estado de Educação e de Planejamento e Gestão. Somente em 2010 a proposta entrará em vigor.



Para a carga horária de 24 horas, o subsídio previsto é de R$ 1.122 para professores com nível médio e habilitação em magistério; e R$ 1.320 para aqueles com curso superior, com licenciatura e especialização em pedagogia. Para essa última categoria, o subsídio é de R$ 1.650 para 30 horas. O projeto traz ainda tabelas para 40 horas.

A forma de ingresso na carreira de professor da educação básica também é modificada pelo projeto. Os cargos de diretor de escola e os de provimento em comissão de secretário de escola também passam a ser remunerados por subsídio.
Confira os principais pontos da proposição:
Carreiras contempladas

Na área do magistério, duas carreiras: Professor de Educação Básica e Especialista em Educação Básica. Na área administrativa da Educação Básica, seis carreiras: Analista Educacional, Analista de Educação Básica, Assistente Técnico de Educação Básica, Assistente da Educação, Assistente Técnico Educacional e Auxiliar de Serviços da Educação Básica. Na Polícia Militar, cinco carreiras: Professor de Educação Básica da Polícia Militar, Especialista em Educação Básica da PM, Analista de Gestão da PM, Assistente Administrativo da PM e Auxiliar Administrativo da PM.
Aumento

O projeto determina que o servidor posicionado na tabela de subsídio terá um aumento mínimo de 5% no valor de sua remuneração em 28 de fevereiro de 2011. Para esse cálculo, exclui-se o adicional de férias; adicional pela prestação de serviço extraordinário; pagamento por exercício de cargo de provimento em comissão ou função de direção, chefia e assessoramento; o prêmio por produtividade; abonos salariais e parcelas decorrentes de acerto de valores com vigência anterior a fevereiro de 2011. Em alguns casos, dependendo do reposicionamento, o aumento pode ser maior.
Posicionamento e irredutibilidade

Os servidores serão posicionados na tabela de subsídio correspondente à respectiva carga horária. Se não for possível posicioná-lo em nível e grau que corresponda, no mínimo, à soma das vantagens incorporáveis, o servidor receberá uma vantagem pessoal (adicional) para assegurar a irredutibilidade remuneratória. Para definição do nível da tabela em que ocorrerá o posicionamento, será observado o requisito de escolaridade do cargo ocupado pelo servidor em 28 de fevereiro de 2011. Para definição do grau de posicionamento, será observada a soma das vantagens incorporáveis recebidas pelo servidor em 28 de fevereiro de 2011.
Prazo para opção

O servidor que quiser continuar a receber a remuneração pelo modelo anterior, poderá fazer essa opção em até 90 dias a partir da data do primeiro pagamento do novo subsídio. Se não escolher voltar ao modelo antigo de remuneração, perderá essa possibilidade. Já o servidor que retornar ao modelo antigo poderá, a cada ano, decidir migrar para a modalidade de subsídio.
Carga horária

Os professores de Educação Básica serão posicionados na tabela de subsídio correspondente à carga de 24 horas semanais, mas poderão requerer ampliação de jornada para 30 horas, com aumento de remuneração.
Diretor de Escola

São propostas nova tabela de vencimento básico para Diretor de Escola e a criação do cargo de Vice-Diretor. O diretor será remunerado por subsídio, que incorporará o vencimento ou provento básico e a Gratificação de Dedicação Exclusiva (GDE), prevista na Lei 9.263, de 1986. Essa gratificação é extinta. O cargo de Vice-Diretor terá gratificação correspondente a 20% do subsídio do Professor de Educação Básica, nível I, grau A, de carga horária semanal de 30 horas.
Aposentados

A criação do subsídio também vale para os servidores inativos e aqueles afastados preliminarmente à aposentadoria que fazem jus à paridade, bem como o detentor de função pública de que trata o artigo 4º da Lei 10.254, de 1990.
Adicionais incorporados

São os seguintes os adicionais incorporados ao subsídio, além do vencimento ou provento básico, obviamente: Adicionais por tempo de serviço; vantagem pessoal prevista nas Lei 10.470, de 1991, e 13.694, de 2000; auxílio alimentação; adicional de desempenho previsto na Constituição e na Lei 14.693, de 2003; vantagem pessoal da Lei 15.293, de 2004; vantagem temporária incorporável (VTI); parcela de complementação remuneratória do magistério (PCRM), da Lei 17.006, de 2007; e auxílio transporte.
Outras vantagens incorporadas em carreiras específicas:
Professor de Educação Básica: gratificação de incentivo à docência previsto no artigo 284 da Constituição e na Lei 8.517, de 1984; gratificação de educação especial da Lei 7.109, de 1977; gratificação por curso de pós-graduação prevista na Lei 7.109, de 1977; gratificação por regime especial de trabalho, prevista nas Leis 7.109, de 1977, e 11.050, de 1993.
Especialista em Educação Básica:
gratificação de função prevista na Lei 11.091, de 1993; gratificação de educação especial prevista na Lei 7.109, de 1977; gratificação por curso de pós-graduação prevista na Lei 7.109; e gratificação por regime especial de trabalho prevista nas Leis 7.109, de 1977, e 11.050, de 1993.
Analista Educacional no exercício de função de inspetor escolar: gratificação por curso de pós-graduação prevista na Lei 7.109; gratificação de dedicação exclusiva prevista na Lei 15.293, de 2004.
Professor de Educação Básica da PM: gratificação de incentivo à docência prevista na Constituição e na Lei 8.517, de 1984; gratificação por curso de pós-graduação prevista na Lei 7.109; adicional de assistência pedagógica previsto na Lei 11.432, de 1994; e gratificação por regime especial de trabalho, prevista nas Leis 7.109, de 1977, e 11.050, de 1993.
Especialista em Educação Básica da PM: gratificação de função prevista na Lei 11.091, de 1993; gratificação por curso de pós-graduação prevista na Lei 7.109; adicional de assistência pedagógica previsto na Lei 11.432, de 1994; e gratificação por regime especial de trabalho prevista nas Leis 7.109, de 1977, e 11.050, de 1993.
Adicionais não incorporados

Alguns benefícios e adicionais pagos aos servidores não serão incorporados: décimo terceiro salário; gratificação natalina; adicional de férias; adicional de insalubridade; adicional de periculosidade; adicional noturno; adicional pela prestação de serviço extraordinário; parcelas de caráter eventual, relativas à extensão de carga horária; abono de permanência previstos na Constituição e na Emenda Constitucional 41, de 2003; vantagem pessoal prevista na Lei 14.683, de 2003, bem como outra vantagem decorrente de apostilamento integral ou proporcional; pagamento por exercício de cargo de provimento em comissão ou função de direção, chefia e assessoramento; prêmio por produtividade; férias-prêmio; e vantagens indenizatórias.
Ingresso na carreira

O projeto determina que o curso superior, com licenciatura plena, passa a ser requisito para ingresso na carreira de Professor de Educação Básica. Regras de promoção, progressão e avaliação - O modelo de subsídio não altera as regras de promoção, progressão e avaliação de desempenho, já vigentes.

Fonte: Assembléia Legislativa de Minas Gerais

Itamarandiba comemora 335 com muita alegria e orgulho

Itamarandiba comemora 335 com muita alegria e orgulho
As celebrações do 335º aniversário de Itamarandiba, no Alto Jequitinhonha, começaram no dia 23 de junho no Parque de Exposições da cidade, onde shows com Anderson Silva e Banda, e Grupo Só Kerer animaram o povo até altas horas.

Entretanto, as comemorações tiveram seu ponto alto no dia 24, data de aniversário de Itamarandiba.
Para festejar data de grande orgulho e alegria para todo filho itamarandibano, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, promoveu várias apresentações culturais. Uma das atividades foi o “Amanhecer Musical”. Tão logo o dia 24 clareou e a Corporação Musical São João Batista já percorria os Bairros da Cidade tocando os parabéns a você. Em cada lugar que a ‘Banda‘ passava os moradores saiam às ruas, janelas e portas para acompanharem e aplaudir o espetáculo.
O que se via em cada rosto itamarandibano era expressão de alegria, emoção e orgulho.

O Senhor Vicente Rodrigues Pinto, 70 anos, morador do Bairro Fazendinha, foi além. Ele abriu as portas de sua casa e fez questão de convidar a Corporação Musical para que entoasse a cantiga dentro da residência. Atitude que pegou a todos de surpresa.

“Literalmente levamos cultura para dentro das casas de Itamarandiba. Esse ato do Sr. Vicente demonstra o carinho que o povo tem com a nossa Corporação.”, falou risonho o Maestro Patrick Aguilar.

Ainda, dentro das festividades de aniversário de Itamarandiba, no dia 24 de junho foi realizada grandiosa cavalgada, com aproximadamente 500 cavaleiros, que percorreu as principais Ruas e Praças de Itamarandiba.

À noite as festividades se concentraram no Parque de Exposições, onde o Prefeito Tom Costa recebeu autoridades como deputados, o diretor do Grupo Rima, Dr. Bernardo Vasconcelos, o Diretor do IDENE, Dr. Luiz Henrique Maia Santiago e vários colegas do executivo dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri dentre eles, os Prefeitos de Felício dos Santos, Mateus Lima, do Serro, Guilherme Simões, de Gouveia, Fausto, de Senador Modestino Gonçalves, Jaime Lino, de Minas Novas, José Henrique, de Angelândia, Zélia Cardoso, de São José do Jacuri, Zezinho, de Chapada do Norte, Teco, e de Veredinha, Edmarzinho.

O público presente se emocionou quando um enorme bolo recheado com a imagem de São João Batista foi apresentado e os parabéns a você começou a ser entoado pela multidão.

Para abrilhantar, ainda mais a festa, a Prefeitura Municipal presenteou os filhos itamarandibanos com excelente show musical com a dupla sertaneja Ataíde & Alexandre e Banda Santha Nova.

Em continuidade as comemorações, no domingo, dia 27, foi realizada a 09ª Etapa da Copa Brasil de Supercross. Para a felicidade dos itamarandibanos, os conterrâneos Tauane Fernandes e o pequeno Cesar Leal, “Cesinha”, mais uma vez deram um show de pilotagem. Tauane venceu na categoria intermediária B e Cezinha ficou em 02º lugar na categoria 65 cilindradas.

Ernane Frois
Ascom – Prefeitura Municipal de Itamarandiba

São João foi bem comemorado em Salinas!

São João foi bem comemorado em Salinas! Na semana passada, nos dias 23 e 24, cinco equipes competiram para ter a melhor festa durante o VI Reacendendo a Fogueira. Durante as festa, os jurados avaliaram as equipes em quatro quesitos: Culinária, Decoração das Ruas e Decoração das Barracas; Dança e Figurino; Bandeira e Participação da Comunidade. No primeiro dia, disputaram as equipes Fubá Suado e Arraiá da Vila, em ambas as festas o povo a comunidade se divertiu muito. E no segundo dia de festa, Florestina, Cabuquinho e Kalo no Pé mostraram a que vieram e também se apresentaram com muita alegria e animação. Nesta quarta-feira, dia 30, você confere os vencedores de cada modalidade e o vencedor geral no X Arraiá de Salinas. Haverá a reapresentação das quadrilhas do primeiro, segundo e terceiro lugar, barracas de comídas típicas e show de Baião Tropical.
Fonte: Prefeitura de Salinas

Projeto de Lei que estrutura carreiras da Polícia Civil é aprovado

Projeto de Lei que estrutura carreiras da Polícia Civil é aprovado
O Projeto de Lei Complementar (PLC) 60/10, de autoria do governador do Estado, que propõe alterações na estrutura das carreiras dos policiais civis, foi aprovado em 2º turno e em redação final pelo Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, durante a Reunião Extraordinária da manhã desta terça-feira (29/6/10).
O projeto muda a carreira estabelecida na Lei Complementar 84, de 2005, e no Estatuto da Polícia Civil no que se refere aos requisitos para o ingresso nas carreiras policiais civis e à estrutura orgânica do órgão

É proposta também no substitutivo a tabela de vencimento básico da carreira de investigador de polícia, decorrente da fusão das carreiras de auxiliar de necropsia e agente de polícia, conforme a previsão constante no PLC 60/10. O substitutivo apresenta tabelas de vencimento básico para as carreiras de investigador e de escrivão de polícia I (nível superior de escolaridade) e II (nível médio), também com o objetivo de adequação ao PLC 60.

Segundo as tabelas, o vencimento básico da carreira de delegado, com carga horária de 40 horas semanais, será de R$ 5.716,87 no nível I, faixa de vencimento 1 e grau A. No nível geral, faixa de vencimento 4 e grau B, último da carreira, o vencimento será de R$ 8.645,34. Conforme a tabela do investigador de polícia II (nível médio de escolaridade), o vencimento básico para uma jornada de 40 horas, no nível I, faixa de vencimento 2 e grau A, será R$ 2.041,74. No nível especial, faixa de vencimento 5, grau B, será R$ 3.893,39.

Ambos os projetos aprovados na reunião serão, agora, encaminhados para o governador do Estado, para sanção ou veto.


Fonte: Assembleia Legislativa de Minas Gerais

terça-feira, 29 de junho de 2010

Pastoral do Migrante comemora 25 anos de luta por direitos

Pastoral do Migrante faz 25 anos
Entidade acompanha e luta pelos que deixam a região em busca do pão
A Pastoral do Migrante completou 25 anos de criação este ano. As comemorações aconteceram durante a 25ª Semana do Migrante, realizada entre os dias 13 e 20 de junho, com o tema: Por uma Economia a Serviço da Vida.

A migração é um dos principais problemas enfrentados no Vale. Ela é praticamente forçada. A situação escancara a maior deficiência do Jequitinhonha que é a falta de trabalho e renda. Todos os anos, a saga dos cortadores de cana se repete. E a cana ano, o número de jovens aumenta. Eles partem em busca de uma vida mais digna e muitas vezes o que encontram são situações degradantes e um trabalho extenuante. Pensando em toda esta problemática é que foi criada a Pastoral do Migrante, no ano de 1985.

A organização dos trabalhadores e a conscientização de seus direitos melhorou um pouco as condições de trabalho. Nas décadas de 70 e 80 eles saíam da região sem carteira assinada e sem nenhuma garantia. Muitos foram enganados, outros até vivenciaram trabalho escravo. Nos canaviais comida e moradia eram de péssima qualidade. Agora, com estas conquistas, a luta é por criação de políticas públicas de emprego e renda aqui na região, para que os trabalhadores não precisem migrar.
Foto: cortadores de cana com podão na mão
Carteira assinada, trabalho remunerado e obtenção de renda são os fatores que arrancam dezenas de trabalhadores da região rumo às lavouras de cana. Esse ano foram mais de 20 ônibus lotados com jovens e adultos que deixam para traz sua terra e família, somente em Araçuaí. Enquanto isso, a região apresenta um grande potencial ainda não explorado na área da mineração e fruticultura.

O Vale é uma das regiões do país com o maior número de migrantes. Todos os anos milhares deles deixam o Jequitinhonha por falta de ocupação, trabalho e renda e se aventuram em busca de melhores condições de vida.

Fonte: TV ARAÇUAÍ , por André Sá

A Cura: Carmo Dalla Vecchia se transforma em vilão feioso

Carmo Dalla Vecchia se transforma em vilão feioso
Personagem de A Cura gravada em Diamantina Carmo Dalla Vecchia perdeu 15 kg para viver o vilão Silvério da série “A cura”, de João Emanuel Carneiro e Marcos Bernstein, que estreia na Globo dia 10 de agosto. Ele também deixou crescer as unhas das mãos e dos pés (no detalhe abaixo). O personagem, defende o ator, “faz coisas horripilantes, mas não é
necessariamente mau".

- Ele vivia numa época (no século XVIII) em que, para sobreviver no ambiente hostil do garimpo de Minas Gerais, era preciso saber se defender. Achei que um sujeito que mata e esfola não poderia aparecer gordinho e limpinho em cena. Fiz um regime brabo, quase sem carboidratos. E deixei crescer as unhas. No começo era estranho, as unhas quebravam facilmente, agora me acostumei - diz.
Carmo está gravando em Diamantina, com uma equipe de cerca de 100 pessoas, comandada por Ricardo Waddington. Sempre que entra em cena, a supervisora de caracterização Gilvete Santos suja as suas unhas com cera, e transforma o sorriso impecável do ator. Ele usa uma prótese dentária criada especialmente para que seus dentes pareçam podres. Quatro modelos foram criados, um para cada fase do personagem. À medida em que ele for envelhecendo, seus dentes ficarão mais podres.

Além disso, Silvério tem bolhas espalhadas pelo corpo. Tudo maquiagem, mas impressiona
.

Fonte: O Globo

Almenara canal 15 Tv Novo Tempo, o canal da esperança

Almenara canal 15 Tv Novo Tempo, o canal da esperançaA vida está cada vez mais difícil. Solidão, fome, miséria, separações, estresse, depressão, desastres, corrupção, abandono, falta de segurança, desamor, vazio... Todos os dias fatos nos surpreendem e chocam. As pessoas não têm esperança, portanto, a missão da Rede Novo Tempo de Comunicação é levar esperança para a casinha singela, no lugar mais distante, até o maior condomínio de luxo, cercado por guaritas e grades. Desde o presídio de segurança máxima até o carro mais luxuoso que circula na rua.

Humanamente isso seria uma tarefa muito difícil. Mas através dos meios de comunicação de massa é possível. Por isso, a Rede Novo Tempo de Comunicação disponibiliza todos os seus meios: televisão, rádio, portal na internet, gravadora, ministérios de evangelismo (“Está Escrito” – programa de TV e “A Voz da Profecia” – programa de rádio) e a Escola Bíblica (departamento responsável pelo envio de cursos bíblicos para alcançar pessoas à distância).

Os desafios são muitos, mas cada obstáculo será vencido com a ajuda de Deus. A Rede Novo Tempo de Televisão é uma rede de televisão brasileira. Foi fundada em 9 de novembro de 1996, pelo Sistema Adventista de Comunicação, que pertence à Igreja Adventista do Sétimo Dia. A atual sede da TV Novo Tempo encontra-se na cidade de Jacareí, no estado de São Paulo. A TV Novo Tempo possui também retransmisoras em todo o país, cobrindo as principais cidades e estados, disponível por sinal aberto, satélite, e/ou à cabo.

A Rede Novo Tempo é isso: pregar uma mensagem de fé e paz a um mundo que sofre. Mostrar através do rádio, da TV e da internet que há esperança de um mundo novo.

Em Almenara a Novo Tempo retrasmite seu sinal no canal 15 (canal aberto). A TV Novo Tempo oferece programas cheios de esperança e otimismo voltados para a construção do caráter e o fortalecimento da família com os seguintes programas:

Fonte: Diário do Jequi

O jeito mineiro de fazer política

O decálogo do político mineiro
Rudá Ricci
Já pensando no país em que vou me exilar, lá vai o decálogo do político mineiro:


1)A forma é sempre mais importante que o conteúdo. Fazer uma crítica com delicadeza ofende menos;

2)Não denunciar publicamente. Mineiro gosta de denúncia, mas desconfia de quem denuncia;

3)Política se faz no corredor. O que é público é sofrimento (velório, missa de 7º dia etc);

4)Lazer, só no Rio de Janeiro ou Espírito Santo (pode ser New York ou, no caso de ser valadarense, Boston);

5)Sempre falar da mãe, do pai ou do avô, de quem terá herdado algo;

6)A política concreta se faz por meio de “operadores da política”. O líder nunca se expõe e sempre deve aparecer como vítima, nunca como algoz;

7)Ter boa relação com a maçonaria e com a igreja católica. Na dúvida, dizer que torce para o América;

8)Partido político é um detalhe. Em Minas, todos são “amigos”, têm algum parente próximo ou vai ter;

9)Em Minas, o silêncio fala mais que a boca;

10)Nunca responder a qualquer crítica, nunca passar recibo de nada, nunca gargalhar (qual o motivo para ser tão feliz?).

Leia também
O jeito paulista de fazer política
Se o jeito mineiro de fazer política é o mais português e feminino de todo o país, o jeito paulista é o mais norte-americano e masculinizado.
O desastre atual do modo serrista de conduzir a campanha e definir o nome de seu parceiro de chapa é a expressão mais acabada do político paulista. Como sou paulista migrante, que vive em Minas Gerais, tenho um olhar caolho sobre a política dos dois Estados.
Com este olhar que mira um com parte da visão no outro, vou me arriscar a sugerir um decálogo do jeito paulista de fazer política.
Devo perder alguns amigos, mas nunca me acusarão de perder a piada.
Vamos ao decálogo:
Leia o texto completo clicando aqui:
rudaricci.o-jeito-paulista

Rudá Ricci é cientista político, diretor geral do Instituto Cultiva. Tem vários textos e livros publicados sobre democracia participativa. Acaba de escrever um livro sobre o Lulismo que será lançado em breve. É responsável pelo rudaricci.blogspot.com onde você encontra as melhores e mais independentes análises de conjuntura política do país.

18 comunidades de Rio Pardo de Minas querem pertencer a Taiobeiras

18 comunidades de Rio Pardo de Minas querem pertencer a Taiobeiras Foto: vista aérea da cidade de Rio Pardo de Minas
A distância geográfica e a falta de acesso a serviços básicos são as principais dificuldades de 18 comunidades rurais de Rio Pardo de Minas que querem pertencer ao município de Taiobeiras, no Norte de Minas, na Bacia do Rio Jequitinhonha.

A solução deverá ser negociada entre as duas Câmaras municipais, por meio de projeto de lei, segundo apurou a Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em audiência realizada em Taiobeiras, nesta segunda-feira (28/6/10). A audiência reuniu autoridades dos dois municípios e das comunidades.

Um abaixo assinado com mais de 700 assinaturas entregue ao deputado Paulo Guedes (PT), em janeiro desse ano, motivou a reunião. O auditório lotado por mais de 500 pessoas na Escola Municipal João da Cruz Santos mostrou a disposição das comunidades rurais, entre elas Tinguí, Catanduvas, Canoas, Barreiros, Palmeiras, Brejinho, Traíras, Catulé, Vereda Comprida, Areião, Fausto e Taquára.

A reclamação delas, segundo o presidente da Associação dos Trabalhadores e Agricultores de Areião, Lúcio Moreira Sobrinho, é a falta de assistência na área de saúde e educação, além da distância. Areião está a 43 quilômetros de Rio Pardo e somente a quatro quilômetros de Taiobeiras. Outro problema levantado por ele foi em relação à Emater. "O técnico em Rio Pardo sempre usa a distância para deixar de nos prestar assistência", disse.

Representando as comunidades de Tingui, Catanduva e Canoas, Maria Santana destacou que não condenava o prefeito de Rio Pardo, mas que as comunidades queriam resolver o problema. E citou também a questão da distância e dos serviços não atendidos. "Nós nos sentimos excluídos de Rio Pardo, por isso audiência é o primeiro passo. Já fizemos várias reuniões locais e não fomos atendidos. Agora tomamos outro rumo".

Paulo Guedes foi cauteloso ao discorrer sobre as dificuldades da reivindicação, destacando a necessidade de fazer tudo com muita discussão, com muito envolvimento das duas cidades, mas salientou a motivação das comunidades presentes. Ele lembrou que a atual divisão territorial é uma herança histórica e qualquer solução sempre acarretará perdas para um dos lados. Ele destacou que há situações semelhantes em outras regiões mineiras, citando o caso de Ibiracatu e Pedras de Maria da Fé, que têm a mesma demanda e que já foram objeto de audiência também da Comissão de Assuntos Municipais.

Fonte: Assembléia Legislativa de Minas Gerais

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Josino Medina lança CD Sumidouro

Josino Medina lança CD Sumidouro
Cantor, compositor e violeiro mostra mais um quadro criativo SUMIDOURO é o mais recente CD de Josino Medina, composto por quinze músicas de poemas escritos pela poetisa gaúcha, Sônia Anja.

Textos e melodias formam um trabalho artístico que convida o ser humano a arriscar-se além da imagem refletida no espelho e descobrir(-se), no estado mais profundo e latente da existência, as contradições e a beleza do SER.

Medo, tempestade, acertos e erros, liberdade, submissão, ordem, desordem, desenganos, sentimentos, desilusões... .

Mergulhar no sumidouro é “perceber o ato urgente de (me) amar, porque é necessário” a fim de encontrar a coragem de alçar voo sem permitir o retrocesso ou o arrependimento, ainda que seja doloroso, em busca da alegria de sonhar e viver, apesar do caos.

Ao som da viola e voz de Josino Medina, com arranjos extraídos do violão de Dener Pinheiro, de Araçuaí, SUMIDOURO é um CD para desacelerar o ritmo frenético do cotidiano ou ainda para desautomatizar os ouvidos já viciados pelos ruídos excessivos e sem definição. É arte para ouvir - palavras e notas musicais – e permitir o encontro entre a sensibilidade e a esperança de sermos pessoas mais humanas.
Josino Medina já gravou outros CD´s como Cantação dos nomes (2008), cuja direção e recriação musical é de Dércio Marques; Jardim de Todos (coletivo, 2006), direção de Chico Moreira; Tudo está ligado (2006, educativo) e A boa notícia está no ar, com Paulim Amorim (2003). O músico mineiro tem, ainda, músicas gravadas nos Cd’s: Natureza em Canto (2008), de Rubinho do Vale e Cláudia Duarte; Pilão de Palavras (2007), de Verone; O Velho Chico, produzido por Nestor Santana, com arranjos de Marcus Viana; Caminho das Águas (2000), produzido por Bené Fonteles; Plantando Cirandas, do Movimento dos Sem Terra; Astronauta Apaixonado, de Tau Brasil; Terra Boa (1993) e Tawaraná (1996), de Pereira da Viola.
Caminhada Cantante
Josino Medina, natural de Carlos Chagas, no Vale do mucuri, nordeste de Minas, inicia sua trajetória musical com os festivais de música, na década de 80, no Vale do Mucuri. Ainda na década de 80, inicia a parceria com Pereira da Viola, pesquisando a cultura popular, compondo e apresentando em vários espaços e festivais. São dessa época suas composições Menina Flor, Margarida, Cantiga das 4 Luas e Cirandinha.


Em 91 muda-se para Rondônia, onde trabalha com a Comissão Pastoral da Terra e participa do Movimento Cultural na cidade de Ji-Paraná. É dessa época a composição da trilha sonora para a peça teatral “Onde Tem Bruxa Tem Fada”, para a Turma do Menino Maluquinho e as músicas: Tawaraná, Enquanto Um Verso Vira Vida, Tear, Lembretes de Hudson, O Sopro do Vento, entre outras.
Em 93, volta para Minas Gerais e retoma o trabalho com Pereira da Viola, com quem se apresenta em várias cidades do estado.
Logo após forma o grupo Embaixadores da Lua, com Paulim Amorim e Keila. Montam o espetáculo “Histórias e Cantigas do Reino de Deva” , com o qual excursionam por algumas cidades do Norte do país e de Minas Gerais. Nessa mesma época, dá movimento às “Quadras do Sertão – A história do Vaqueiro Sebastião Eugênio”, recolhidas da obra de Guimarães Rosa e de vaqueiros dos Vales do São Francisco, Jequitinhonha e Mucuri.
A partir de 96, muda-se para Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, onde reside até hoje. Nos últimos anos, além de continuar compondo, cantando, animando e apresentando encontros culturais e de movimentos populares, ministrando oficinas para educadores e crianças, tem se dedicado também a musicar poemas dos livros do antropólogo, pesquisador de cultura popular e poeta Carlos Rodrigues Brandão.

Conheça mais o trabalho do Josino Medina clicando em
http://www.myspace.com/josinomedina

domingo, 27 de junho de 2010

Gravação de “A Cura” agita Diamantina

Gravação de “A Cura” agita Diamantina DIAMANTINA - Na pequena Diamantina, cidade mineira de cerca de 70 mil habitantes, tudo está girando em torno das gravações de "A cura", série de João Emanuel Carneiro e Marcos Bernstein, com direção de núcleo de Ricardo Waddington, que estreia na Globo no dia 10 de agosto e terá nove episódios semanais.
Na praça cercada por construções coloniais, é intenso o movimento de diamantinenses, seja em busca de uma chance como figurante, seja para tirar uma foto com Selton Mello.
Mais de cem profissionais, entre diretores, elenco, figurinistas, cenógrafos, produção e equipe técnica, transformaram totalmente a rotina do lugar, cujo caráter pacato só não é absoluto graças às vesperatas, como são chamadas as serestas que ocorrem ali em junho e julho.

São, portanto, duas frentes de gravação movimentando Diamantina. A primeira no Centro, a outra, no Garimpo Real, a 15 minutos de lá. Se Guimarães Rosa teve Manuelzão, guardadas as devidas proporções, "A cura" também possui o seu.
Ele é Belmiro, descendente de uma família de garimpeiros e dono das terras das quais até hoje extrai minério e onde ficam as locações das lavras de Silvério. Belmiro virou uma espécie de orientador da equipe e palpita até na direção de arte.

Fonte: Jornal O Globo – Patrícia Kogut, com a dica do Passadiço Virtual

Mistério no interior: gravações de seriado da Globo em Diamantina

Mistério no interior Foto: Selton Melo, em gravação de A Cura, em Diamantina
Às 7h30 da manhã de segunda-feira, o cheiro de café fresco ainda sai pelas janelas coloniais de Diamantina (MG), noo Alto Jequitinhonha, quando a equipe do diretor-geral Ricardo Waddington monta o set para mais um dia de gravação do seriado A Cura. Será uma bateria de nove cenas, em mais um dos 25 dias de filmagens, que se estendem até 4 de julho.

Escrita por João Emanuel Carneiro, a série terá nove capítulos semanais, com estreia prevista para agosto. No centro da trama, que mistura ciência, fé e mistério, está Dimas, interpretado por Selton Mello, que volta à TV depois de três anos. "É um personagem meio misterioso, que chega a Diamantina no início da série. Paira sobre ele uma aura de assassino, porque ele foi acusado de matar um amigo da escola, quando era criança, uma história meio mal contada", adianta Selton ao Estado. "A volta dele, para trabalhar no hospital da cidade, gera um rebuliço. Como se não bastasse, corre um boato de que ele opera espiritualmente as pessoas. Esse é o grande mistério da série."

Filmado com a poderosa Sony F35, de tecnologia pós-HD, o seriado recupera o clima fantástico interiorano que fez sucesso em produções como Saramandaia (1976). "É um suspense, um gênero pouco visitado na teledramaturgia nacional, que tem momentos de sobrenatural", define Waddington. "Dimas é um santo ou um assassino? Essa é a nossa grande questão."

EQUIPE: 160 pessoas trabalham nas gravações do seriado A Cura, em Diamantina.

Fonte: Jornal Estado de São Paulo - 26/06/2010, pescado no ótimo Passadiço Virtual

sábado, 26 de junho de 2010

Araçuaí: Prefeitura realiza prestação global de contas

Araçuaí: Prefeitura realiza prestação de contas
Município realizou, pela primeira vez, a prestação de contas de todas as secretarias
Foto: Plenário da Câmara Municipal ficou lotado durante Audiência Pública
A Prefeitura Municipal de Araçuaí, no Médio Jequitinhonha, realizou, pela primeira vez, a prestação de contas de todas as Secretarias, na última quarta feira, dia 23.06, na Câmara Municipal.

Depois de um ano e seis meses de governo, a Prefeitura Municipal de Araçuaí realizou a primeira audiência pública para prestação de contas de todas as secretarias. A reunião começou por volta das 14:00 horas e se estendeu até por volta das 19:00 horas. Para nortear o trabalho foi realizado um Termo de Ajuste – TAC com o Ministério Público, que tem exigido da Prefeitura o cumprimento da prestação de contas que é um dever legal.

O auditório da Câmara Municipal estava lotado para a audiência que foi presidida por Luciana Magalhães. Todos os secretários municipais estavam presentes com exceção da Secretária de Obras que estava viajando. A primeira parte da audiência foi realizada pela área jurídica da Prefeitura que demonstrou de forma global de onde vieram os recursos e onde foram investidos, entretanto os participantes ficaram frustrados por que a prestação de contas não mostrava de forma detalhada onde e como o dinheiro público foi aplicado.

Depois da apresentação global dos recursos, cada Secretaria mostrou suas ações e metas a cumprir. Em seguida o público poude participar fazendo perguntas por escrito e assinadas. Como o volume de informações era muito grande os presentes não tiveram como analisar os dados. Até mesmo os representantes da Prefeitura não responderam alguns questionamentos porque afirmaram que teriam que estar com todos os documentos para analisá-los e dessa forma esclarecer as dúvidas.

Depois da participação do público, foram abertas as perguntas para os vereadores que fizeram uma série de questionamentos.

Tudo que o governo gasta vem dos impostos e taxas pagas pelo cidadão, este dinheiro que é público deve ser bem aplicado. Por isso todo Prefeito, Governador e Presidente da República tem o dever de gastar o dinheiro corretamente e prestar contas. E a população tem o direito de saber como esses recursos estão sendo aplicados.

Fonte: Portal Ara, com informações da TV ARAÇUAÍ
Repórter: André Sá

Vale do Jequitinhonha discute candidatura própria

Vale do Jequitinhonha discute candidatura própria
Médico Jean Freire, de Itaobim, quer representar região na Assembléia LegislativaRelegado por décadas a simples “bolsão” de votos dos canditados “copa-do-mundo”, que aparecem de 4 em 4 anos, o Vale do Jequitinhonha, com mais de 400 mil eleitores, começa a discutir a possibilidade de novamente ocupar uma vaga na Assembléia Legislativa, com indicação de nomes da região para compor o cenário político estadual.
A necessidade de uma maior representação política da região, carente de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento, vem sendo discutida em diversas cidades do Vale, apoiado por movimentos sociais e políticos comprometidos com a mudança da realidade no Vale.

A adesão de setores da Igreja Católica Progressista e alguns grupos Evangélicos mostram a preocupação ecumênica de uma nova realidade no Vale, onde o compromisso com a base popular leve à formulação de projetos voltados para o desenvolvimento da região.

Dr. Jean Freire, vereador do PT, médico em Itaobim,com atuação em Almenara, Araçuaí, Medina, Monte Formoso, Coronel Murta e Virgem da Lapa, é um dos filhos do Jequitinhonha empenhados na mudança desse paradigma.
Em algumas cidades do Vale, segundo ele, a “briga” política se arrasta há anos, normalmente entre duas facções políticas, onde as discussões de propostas desenvolvimentistas são deixadas de lado, ainda existem grupos que se sentem “amarrados” ao “Deputados de fora”, que através de pequenas emendas e alguns favores menores, conseguem dar um “nó” no desenvolvimento local, através do loteamento eleitoral.
Reservadas as raras exceções, alguns já chegam a sentir-se “donos” do rebanho amontoado pelos chefes políticos, como gado para corte.

Neste cenário, uma candidatura “própria” surge com um “divisor de águas”, o que pode levar ao surgimento de uma “terceira via” em alguns locais, que passe pela formação de novos grupos, idealizados com o objetivo de discutir uma nova realidade, e isso pode levar a um maior equilíbrio entre as forças políticas nas próximas eleições municipais, com o surgimento de novas lideranças.


Alguns setores ligados à produção rural, ao comércio, à saúde, à educação, ao esporte, à cultura e ao meio-ambiente vêem também a necessidade urgente da formulação de políticas públicas que possam nortear a atuação parlamentar, seria como se estivéssemos colocando em prática o tão discutido “voto distrital”, proposta política tão sonhada pelas regiões menos favorecidas do país, mas que espera, adormecida nas gavetas dos deputados majoritários.


Conhecido do país inteiro como o “Vale da Miséria”, o Vale do Jequitinhonha espera que seus filhos se mobilizem para a esperada mudança, cujo objetivo principal é a retomada das rédeas, num galope ligeiro rumo ao Vale da esperança, Vale das oportunidades.
Recentemente perdemos os rumos sobre a proposta de criação de uma unidade de beneficiamento de Biodiesel da Petrobrás no Vale, que nos traria cerca de 6 mil empregos, acabou indo para Montes Claros.

A UFVJM - Universidade dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri veio, mas os Campus ficaram um pouco fora da nossa rota (um em Diamantina, outro em T.Otoni). Isso tudo é mera coincidência? Ou falta de representação política?

Tivemos muitos avanços na era LULA, isso é indiscutível, mas poderíamos ter mais se tivéssemos mais bem representados na esfera política.
Neste novo cenário atual, espera-se que a classe política do Vale do Jequitinhonha acorde para uma nova realidade onde os “nós” que nos amarram e nos deixa vinculados a essa dependência sejam desamarrados, dando-nos assim a liberdade para planejar nosso futuro.
É esperar para ver.
“Desperta, Vale do Jequitinhonha, os teus filhos vão olhar por ti”.(Saulo Laranjeiras )


Texto de Higino Pedro, escritor e trabalhador da Cemig com atuação na Usina Hidrelétrica de Irapé. Ele é natural de Itaobim e morador de Araçuaí, no Médio Jequitinhonha.

Itamarandiba abre novo processo seletivo público para área de saúde

Itamarandiba abre novo processo seletivo público para área de saúdeA Prefeitura Municipal de Itamarandiba-MG (www.itamarandiba.mg.gov.br), através da empresa Exame Auditores e Consultores Ltda., faz saber que será realizado o Processo Seletivo Público Simplificado para provimento dos cargos atualmente vagos, dos que vagarem e dos que forem criados durante o prazo de validade deste Concurso.

São 11 vagas, disponibilizadas para nível Fundamental, Médio e Superior, na área de saúde para atuar nas equipes do Programa Saúde da Famíla- PSF. As vagas são para profissionais como Auxiliar de Cirurgião Dentista, Técnico de Efermagem, Psicólogo e Médico. Os cargos possuem carga horária de 40 horas semanais e remuneração variando entre R$ 510,00 e R$ 10.700,00.

As inscrições deverão ser realizadas, no período de 29 de junho de 2010 a 9 de julho de 2010, via Internet, no endereço eletrônico
http://www.exameconsultores.com.br/, ou pessoalmente, na Sede da Prefeitura Municipal, situada na Rua Tabelião Andrade, nº 205, Centro, Itamarandiba-MG, das 8h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00, de segunda a sexta-feira.

O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 30,00 a R$ 150,00, de acordo com o cargo pleiteado e a escolaridade exigida pelo mesmo. A taxa deve ser depositada na Caixa Econômica Federal, Agência 093, Conta Corrente 75-4 ou no Banco do Brasil, Agência 3495-9, Conta Corrente 14095-3.
O Concurso Público constará de provas Objetiva de Múltipla Escolha. A Prova Objetiva de Múltipla Escolha será realizada no Município de Itamarandiba-MG, no dia 31 de julho de 2010, às 14h00, na Escola Estadual Coronel Jonas Câmara, situada à Rua Aluísio Andrade Câmara, nº 198, Centro.

O prazo de validade do presente Concurso Público é de dois anos, contados da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por uma única vez, por igual período, mediante ato do Prefeito Municipal.

Fonte: Concursos Públicos

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Almenara:Polícia apreende crack e tabletes de maconha

Almenara:Polícia apreende crack e tabletes de maconha
No dia 19 de Junho, em Almenara/MG, a Polícia Militar foi acionada por um adolescente de 15 anos, alegando que um rapaz teria lhe ameaçado no Bairro São Pedro. No local, ao avistar a viatura, o autor da ameaça tentou fugir, porém, fora alcançado e contido pela Guarnição PM que encontrou com ele 12 pedras de substância semelhante à CRACK.
Segundo a vítima, o autor sacou uma arma de fogo e ameaçou-a de morte dizendo que não era para ela ficar no “beco do tola”. A arma ainda não foi localizada e o autor foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil.
Cerca de 20 minutos após a ameaça, enquanto outra viatura fazia patrulhamento pela Avenida Minas Gerais, depararam com I D S, 25 anos, e M R D S, 24 anos. Ao efetuar busca pessoal neles encontraram em poder de um deles um tablete de substância esverdeada semelhante à maconha. Os autores foram conduzidos até a Delegacia de polícia Civil por Tráfico de Drogas.

Fonte: Diário do Jequi, de Almenara

Araçuaí: PROERD forma 400 alunos na prevenção e combate às drogas

Araçuaí: PROERD forma 400 alunos na prevenção e combate às drogas
Foto: Turma de 400 formandos de Araçuai
A solenidade de formatura da primeira turma do Programa Educacional de Resistência as Drogas PROERD da 222ª Companhia de Polícia Militar de Araçuaí foi realizada na manhã de quinta-feira, dia 17 de Junho, no Ginásio Poliesportivo Municipal de Araçuaí.
O evento contou com a presença de pais, alunos e educadores. Na tribuna de honra autoridades do município e representantes da área de segurança pública. Durante o evento eles discursaram falando da importância da prevenção ás drogas.

O PROERD é mais uma ferramenta no combate ao vício que tem desestruturado dezenas de famílias do município.

Durante a solenidade foram realizadas apresentações culturais. Os alunos até cantaram uma música em homenagem ao formador. E, também, o hino do programa sendo motivados pelos policiais. Os professores avaliam de forma positiva o PROERD e aprovaram o trabalho desenvolvido.

As melhores redações sobre a temática droga foram premiadas com troféu. Os alunos também receberam um certificado atestando a participação no curso. Eles estão bastante conscientes sobre a temática.

Nesta primeira fase participaram do curso mais de 400 alunos. A maioria deles estava no ginásio bastante animados com o resultado. O formador cabo Hernâni Martins Gomes no final do evento foi bastante requisitado pelos alunos que fizeram questão de tirar uma foto com ele.

Fonte: Portal Ara e 222ª CIA PM/26ª CIA PM IND

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Encontro de comunicadores do Médio Jequitinhonha

Encontro de comunicadores do Médio Jequitinhonha
Trocas de experiências, desafios e soluções na área da comunicação foram os temas do Encontro em Ponto do Volantes
Por Erick SandersonPostado
A Rede de Comunicadores do Vale, originada durante o primeiro encontro de Comunicadores do Vale, realizou o 1º Encontro de Comunicadores do Médio Jequitinhonha. A reunião aconteceu no dia 15 de maio, na cidade de Ponto do Volantes. O objetivo foi mapear e compartilhar as experiências dos diversos grupos com estrutura comunicacional da região, bem como mapear linhas de ação efetivas para os projetos.
Os participantes qualificaram o encontro como de grande valia, ocorrendo uma considerável troca de experiências entre todos os presentes. Um dos temas tomados como desafiadores foi a abordagem com os jovens - que tem se mostrado cansativa. A partir do problema levantado, surgiram possíveis soluções, já testadas em Itaobim, como os Encontrões de Jovens e Oficinas que agucem a curiosidade desse público.
Outros empecilhos para uma boa comunicação no Vale foram abordados, tais como: a questão das rádios piratas, as rádios comunitárias e sua manutenção, programação das rádios, teatro e conscientização, financiamento da cultura, divulgação das necessidades do povo via internet, literatura e seus benefícios, entre outros.
O grupo levantou também a preocupação com rádios do Vale que repetem programações dos grandes centros urbanos, ignorando o cotidiano das populações locais.
Os participantes reafirmaram então a importância da criatividade no meio radiofônico e apresentaram exemplos de radialistas que possuem fala regional - como "Xonado", de Ponto dos Volantes, que tem grande aprovação na cidade.
Os participantes comprometeram-se a repassar as discussões para as rádios locais e também a participar ativamente de redes, como o blog Fala Jovem, produzido por jovens que lutam pelo direito às políticas públicas.
O encontro contou com a presença de Wesley Carlos Rezende (representante da Paróquia N. S. do Perpétuo Socorro), Raquel Alves e Geilson Pereira (representante do Grupo de Teatro Gênesis), Aline Alves (Juventude Ponto-Volantense), Hericléia Rodrigues (rede de Jovens Comunicadores do Semi-árido), William Gonçalves da cidade de Caraí (PDA-Novo Vale/Visão Mundial), Jéferson Rodrigues da cidade de Itinga (radialista) Edgar Massur, Jean Mark Freire (médico da cidade de Itaobim), Amanda Duarte (Comunicadora Social da cidade de Itaobim) e Hugo(Radialista de Araçuaí).

Fonte: Polo Jequitinhonha/UFMG

Patrus dá entrevista e confirma ser candidato a vice

Patrus confirma que será vice na chapa de Hélio Costa Bocaiuva - O ex-ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias (PT), confirmou, nesta quinta-feira, que após conversar com sua mãe, Maria Tereza, disse que será candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo senador Hélio Costa (PMDB).
Patrus está hoje em Boaiúva, no Vale do Jequitinhonha/Norte de Minas, sua cidade natal.
Em entrevista à imprensa local e regional, o petista disse que, “após muita reflexão”, decidiu atender aos apelos de militantes do PT e do próprio presidente Lula. Patrus disse que, a partir de agora, formará uma agenda de compromissos programáticos com o PMDB.
Ele se encontrará ainda nesta quinta-feira com o arcebispo de Montes Claros, dom Geraldo Magela, para pedir “orientações pessoais” para a disputa eleitoral. O bisco é amigo de Patrus há mais de 30 anos. A base aliada de Lula em Minas espera, com a entrada de Patrus na chapa, unificar a militância petista em torno da candidatura de Hélio Costa.

Fonte: O Tempo

Travessia: Municípios do Jequitinhonha tem melhor desempenho e ganham prêmio

Travessia: Municípios do Jequitinhonha têm melhor desempenho e ganham prêmio
Berilo, Caraí e Santa Helena de Minas tiveram destaque na gestão municipal

Foto: Prefeito Lázaro Pereira Neves, de Berilo, e a primeira-dama de Barueri-SP, Sônia Furlan.

Nesta quarta-feira, dia 23.06, três municípios dos Vales de Jequitinhonha e Mucuri receberam um prêmio como melhores gestores do Programa Travessia, programa de desenvolvimento social de Minas.
O Governador Antônio Anastasia, durante a solenidade, no Auditório da Cidade Administrativa, entregou o prêmio "Destaque na Gestão Municipal do Programa Travessia/2009" para Berilo, Caraí e Santa Helena de Minas.
Os três municípios foram os que tiveram melhor desempenho na execução das ações do Travessia de acordo com critérios de eficiência, eficácia e efetividade.

O objetivo da premiação é valorizar a destinação correta e transparente dos investimentos públicos, a mobilização da comunidade e o cumprimento do cronograma de obras dentro dos prazos estabelecidos.

Prêmios: Placa de reconhecimento e convênio de R$ 70 mil - O prêmio será a assinatura de novo convênio no valor de R$ 70 mil com cada um dos municípios destacados, além de uma placa de reconhecimento da gestão municipal do Programa Travessia.

O prefeito de Jenipapo de Minas, Márlio Geraldo Costa (PDT), que falou em nome de todos os gestores municipais atendidos, ressaltando que o Governo de Minas sempre usou critérios técnicos para selecionar as cidades participantes. Ele afirmou que o Travessia é o programa de maior alcance social que os municípios têm acesso.

O Prefeito de Berilo, Lázaro Pereira Neves, ficou muito satisfeito com a premiação, dizendo ser este um reconhecimento de uma administração séria e preocupada com o social. Projetos sociais tem sido priorizados nos investimentos municipais. Uma das parcerias mais comemoradas e que tem gerado bons frutos é o projeto Barueri Bem Berilo, em que a rica cidade de São Paulo vem investindo em projetos de impacto social em Berilo.
Choque social
A secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Ana Lúcia Gazzola, destacou que o Travessia promove um choque social com grande impacto na vida das pessoas.
"O beneficiado é a pessoa, o cidadão, a cidadã, que vai ter melhor qualidade de vida, mais possibilidades de geração de emprego e renda, melhores escolas para os filhos, saneamento, casas, cidades asfaltadas, praças de esportes. A gente visita os municípios e vai vendo o antes e o depois. A gente fica verdadeiramente emocionada com a alegria das pessoas, com a emoção que elas sentem, por aquilo que, afinal de contas, é um direito das pessoas. Um direito social, um direito humano, um direito de cidadania, que é receber, do Estado, o melhor serviço, para que a pessoa possa chegar a sua condição plena de desenvolvimento e de felicidade e alegria", afirmou Ana Lúcia.

Com informações da SEDESE e Imprensa Oficial

O inferno astral de Serra e dos serristas

O inferno astral de Serra e dos serristas
1) O PP decidiu se juntar à campanha de Dilma;
2) Patrus decidiu ser vice de Hélio Costa, em MG;
3) Dilma passa 5% à frente de Serra, na pesquisa IBOPE;
4) O PMDB de Santa Catarina decide lançar candidato próprio, rompendo quase-acordo com DEM e PSDB;
5) Osmar Dias, no Paraná, acerta acordo com PT e PMDB;
6) É divulgado na internet boato em que se afirma que FHC teria avaliado que Serra não tem chance de se eleger em outubro.
Sugestão 1: banho de arruda com sal grosso.
Sugestão 2: aguardar o segundo semestre quieto e esperançoso.

Publicado no Blgo do Rudá Ricci, cientista político

quarta-feira, 23 de junho de 2010

TV Minas faz especial sobre o Vale do Jequitinhonha

TV Minas faz especial sobre o Vale do JequitinhonhaA TV Minas está colocando no ar uma série de reportagens feitas no Vale do Jequitinhonha. Gravado desde a nascente, em Milho Verde, no Serro, no Alto Jequitinhonha, perto de Diamantina, até a divisa com a Bahia, em Salto da Divisa, perto de Porto Seguro.
O temário segue a linha do Rio Jequi, seus costumes, seu povo e história.

Revive o período colonial, no povoamento do Serro, Diamantina, Minas Novas e Berilo; passa pela riqueza cultural manifestada pela criatividade do artesanato, das músicas e danças; histórias e estórias; a luta pela vida na seca, na migração em busca do pão; a deterioração do meio ambiente, a vida no garimpo; e a esperanças de novos tempos.

Um fato pouco conhecido das Minas Gerais e ignorado pelos estudiosos da nossa história, registrado no programa 2, que vai ao ar, dia 28.06, é que Berilo fez parte do Movimento da Inconfidência Mineira. As cenas foram gravadas no Sobradão do Inconfidente Domingos de Abreu Vieira, à beira do rio Araçuaí, na cidade de Berilo, com a entrevistada Haydée Murta, professora de 83 anos, que nasceu naquela edificação.
Fazendo parte do Planeta Minas, os programas sempre vão ao ar nas segunadas-feiras, às 22 horas.
A Série Especial foi dividida em três blocos de 30 minutos. O primeiro foi ao ar no dia 21 de junho; o segundo será no dia 28 de junho e o terceiro no dia 7 de julho.
Há reprises, do primeiro bloco, nas terças, as 13 horas; e nos sábados, às 19:30 horas.
A Rede Minas é uma TV pública do Governo do Estado de Minas Gerais.

Especial:Planeta Minas, Rio Jequitinhonha

Grandes reportagens que revelam o universo existente no Estado
O Planeta Minas é um programa de reportagens especiais que transita entre o jornalismo e o documentário. Lança um novo olhar sobre Minas Gerais. Aborda temas variados, traçando um perfil da realidade em diferentes regiões. A riqueza cultural de Minas, a diversidade de seu povo, sua história e seus personagens são alguns dos focos do programa, que trata ainda de meio ambiente, economia, saúde, educação, segurança e temas da atualidade.

O Planeta Minas desta segunda-feira, 28.06, exibe a segunda parte do programa sobre o Rio Jequitinhonha.
Em quase dois meses de viagem, o programa destaca as características dos mais de 10 mil quilômetros percorridos, desde a nascente em Minas Gerais à foz em território baiano e fala da vida dos pescadores, dos canoeiros, garimpeiros e das lavadeiras.
E mais: o telespectador irá conhecer o rio que atravessa mais de 60 cidades mineiras, carrega o sustento de um povo e alimenta os sonhos daqueles que procuram diamantes.

Araçuaí: Projeto da Barragem do Calhauzinho é abandonado

Araçuaí: Projeto de piscicultura do Calhauzinho é abandonadoO projeto de piscicultura da Barragem do Calhauzinho que era uma promessa de geração de emprego e renda para o homem do campo está paralisado. Segundo a Associação dos Pescadores daquela comunidade, os motivos principais são as irregularidades na construção da unidade de processamento de peixe, que impede seu funcionamento e com isso inviabiliza a produção do pescado.

O potencial da Barragem do Calhauzinho que ficou décadas desperdiçado começou a ser utilizado para a criação de tilapas tailandesas. O governo federal em parceria com a RURAL MINAS, responsável pela gestão do projeto comprou tanques rede e alevinos com o intuito de alavancar a produção de peixes na barragem.

A Associação dos Pescadores da Barragem do Calhauzinho e da Barra do Narciso chegaram a produzir o peixe, agora a produção é zero. O motivo segundo eles foram as irregularidades na construção da unidade de processamento do pescado, que inviabiliza a produção e traz prejuízos aos associados.
O prédio onde a unidade de processamento de peixe foi construída está praticamente abandonado, até um ar condicionado já foi roubado. Equipamentos novos estão se deteriorando, enquanto a associação amarga prejuízos. O secretario estadual de agricultura, pecuária e abastecimento, esteve no local no dia 12 de março de 2009. Até hoje a unidade não foi inaugurada e nem repassada para a associação, esta afirma que só irá receber o prédio quando as irregularidades forem sanadas.
Na Barragem do Calhauzinho o patrimônio do projeto que ainda não foi repassado para aassociação sofre com a ação do tempo e de vândalos.
Os vidros do contêiner foram quebrados. Os tanque redes ficam na água sem poderem ser utilizados pelos associados e, também, sem produzir peixes. Segundo a associação seus membros não têm como arcar com um vigia para proteger um patrimônio que ainda não é deles.
Fonte: TV ARAÇUAÍ

Almenara: COPANOR e Prefeitura assinam ordem de serviço

Almenara: COPASA e Prefeitura assinam ordem de serviço
Obras da estação de tratamento de esgoto terão R$ 7,5 milhões
Foto: Fabiany Ferraz e Marcio Kangussu, presidente da COPANOR
Na última quinta-feira, 17 de Junho, o presidente da Copanor e diretor de Operação Norte da COPASA, Márcio Kangussu, esteve em Almenara, na prefeitura municipal, representando a COPASA para assinatura da ordem de serviço objetivando assim o início das obras da estação de tratamento de esgoto de Almenara e outras obras de infraestrutura urbana, junto com a prefeita Fabiany Ferraz e o gerente de Divisão e Expansão Nordeste, Paulo Saraiva.
A reunião aconteceu no Gabinete da prefeita e foi prestigiada por muitas autoridades locais, além de representantes de órgãos federais e estaduais.
A Copasa procederá imediato início da estação de tratamento de esgoto de Almenara, ETE, para a qual foram assegurados investimento da ordem de R$ 7.5 milhões de reais. Os investimento permitirão a implantação de uma moderna ETE, que garantirá também tratamento de todo o esgoto coletado na cidade de Almenara, ajudando assim a proteger a bacia do rio Jequitinhonha. A obra, quando concluída, beneficiará uma população estimada em 38 mil habitantes, propiciando qualidade de vida e condições ambientais, além de contribuir de forma efetiva para o desenvolvimento sócioeconomico da região.
Marcio Kangussu iniciou seu discurso destacando a figura do amigo Renato Figuereido, bem como salientou sobre a importância do benefício para o município pólo regional. A prefeita Fabiany Ferraz, por sua vez, agradeceu o empenho do governo estadual e agradeceu a Márcio Kangussu pelo empenho, além de considerar o ex-prefeito Carlos Novaes o grande articulador dos benefícios da Copanor, a exemplo do diretor da Copanor.
O ato foi prestigiado ainda pelos vereadores Ailton Ferreira, o Tim do São Francisco, Alfredo Nata, o delegado regional Gustavo Lara, o ten. cel. Romildo Scheffer, o vice-prefeito eleito Wilmar Guimarães, Adalberto Santana (gerente distrital da Copasa), entre outros diretores da Copasa.
Também presente à reunião o representante da ABO, empresa que goza de grande prestígio em MG, Ramaiana Barros, que demonstrou total vontade de dar início às obras.
Fonte: Diário do Jequi

Patrus será vice de Hélio Costa

Patrus Ananias será vice de Hélio Costa Foto: Lula, Dilma, Patrus Ananias e Márlio, prefeito de Jenipapo de Minas, na inauguração da Barragem de Setúbal
O candidato a vice-governador de Minas Gerais na chapa do peemedebista senador Hélio Costa será mesmo o ex-ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Patrus Ananias (PT).

O acordo foi fechado na noite da última terça-feira, numa reunião de cerca de duas horas na casa da candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff. Além de Dilma, estavam presentes o presidente do PT, José Eduardo Dutra, Patrus e o senador.

A chapa é realmente forte porque envolve grande parte dos militantes e prefeitos petistas do interior mineiro.

A previsão de vida fácil para Anastasia começa a perder força. E a debandada da militância pode ser revertida. Depende do esforço real de Patrus e da base cristã do PT mineiro.

Post publicado no Blog do Rudá

terça-feira, 22 de junho de 2010

Araçuaí: Ministério Público exige prestação de contas da saúde

Araçuaí: Ministério Público exige prestação de contas da saúde O Ministério Público exigiu da Secretaria Municipal de Saúde de Araçuai a realização de uma audiência pública para a prestação de contas da referida pasta. Por lei esta prestação deve ser feita trimestralmente. Entretanto a Secretaria Municipal de Saúde de Araçuaí ainda não realizou nenhuma prestação de contas. A audiência pública foi marcada para tarde da ultima sexta feira, dia 11 de junho, na Câmara Municipal de Araçuaí.
A audiência pública teve início por volta das 13:00 horas da tarde. O auditório da Câmara estava cheio.

O secretario Kildare Almeida no início de sua apresentação afirmou que a contadora responsável pela parte contábil estava doente e acamada e que por isso não poderia comparecer.
Kildare afirmou que a sua apresentação ficaria um pouco comprometida por causa do fato, a secretaria por lei já deveria ter realizado a prestação de contas trimestralmente.

Kildare apresentou um relatório sobre as metas conquistadas e a conquistar, a estrutura da Secretaria Municipal de Saúde, número de funcionários e projetos.

Ao final da apresentação o público e os vereadores ficaram desapontados e muitos indignados, uma vez que todo cidadão tem o direito de saber como o dinheiro público é utilizado. Segundo Artur Cândido (PT) não houve uma prestação de contas.
Dúvidas e outra Audiência
Os vereadores e os representantes do Conselho Municipal de Saúde tinham dúvidas em relação aos números apresentados pela Secretaria Municipal de Saúde e durante a audiência queriam esclarecê-los. Issoe não foi possível pois o Secretário afirmou que não tinha como responder já que esta responsabilidade era da contadora que estava doente.
Durante a audiência que durou cerca cinco horas, os presentes também participaram e fizeram uma série de questionamentos ao Secretário. Grande parte delas não foi respondida.

Segundo o presidente da Câmara, Carlindo Dourado, o Promotor determinou que tudo que acontecesse na Câmara fosse filmado e enviado também um relatório para o Ministério Público.
Exigir dos governantes o mínimo de transparência com os recursos públicos é cumprir com o dever de cidadania para manter os governos como servidores dos cidadãos.
Fonte: Portal Ara

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Saramago, um pensador diferente e provocador

Saramago, um pensador diferente e provocador
"Precisamos do trabalho de pensar. Sem idéias, não vamos a parte alguma".
José Saramago foi um escritor português ( 1922-2010) falecido na sextga-feira, dia 18.06. Filho de pais e avôs analfabetos que consideravam o livro um luxo. Foi escritor, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta. Ganhou o Nobel de Literatura de 1998. Escreveu vários livros, entre eles O Evangelho segundo Jesus Cristo e Ensaio sobre a cegueira.
Ético e crítico, Saramago era um pensador admirado - e temido - até mesmo por aqueles que dele discordavam.
Reflita e sinta o pensamento e sentimento de Saramago
Necessidade de filosofia
“Acho que na sociedade atual nos falta filosofia. Filosofia como espaço, lugar, método de reflexão, que pode não ter um objetivo determinado, como a ciência, que avança para satisfazer objetivos. Falta-nos reflexão, pensar.Precisamos do trabalho de pensar, e parece-me que, sem idéias, não vamos a parte nenhuma”.
A não-utopia
“O único lugar que existe é o dia de amanhã, a nossa utopia é fazer alguma transformação já. Não há tempo para gastar em discussões e movimentos de mobilização que resultarão em alguma melhora na qualidade global de vida somente em 2043 ou, pior, daqui a 150 anos. Quem nos garante que no futuro as pessoas estarão interessadas naquilo em que agora estamos? Para as cinco bilhões de pessoas que vivem na miséria, utopia é nada”.
A ilusão do mundo democrático
“O poder econômico sempre existiu, o poder político sempre esteve ligado a ele, sempre existiu um concubinato entre esses dois poderes. Mas os cidadãos estão aqui embaixo. E como eles poderiam expressar suas angústias, dúvidas e necessidades junto a este poder econômico? Em princípio, seria através do mesmo governo que serve de correia de transmissão. Mas não podemos ter qualquer esperança de que esses governos digam ao poder econômico, representado hoje pelo FMI, que as condições que vocês nos impõem são terríveis. Há um problema, que na minha opinião, é fundamental da democracia: ou ela transcende o poder da tal bolha que falei, tendo uma ação fora dela, ou vamos continuar a viver na ilusão do mundo democrático”.
Frases
Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar”

“Quem acredita levianamente tem um coração leviano”

“O espelho e os sonhos são coisas semelhantes, é como a imagem do homem diante de si próprio”.
A virtude, quem o ignorará ainda, sempre encontra escolhas no duríssimo caminho da perfeição, mas o pecado e o vício são tão favorecidos da fortuna que foi ela chegar e abrirem-se-lhe as portas do elevador”.

“Sempre chega a hora em que descobrimos que sabíamos muito mais do que antes julgávamos”.

“Para temperamentos nostálgicos, em geral quebradiços, pouco flexíveis, viver sozinho é um duríssimo castigo"

"O que as vitórias têm de mau é que não são definitivas. O que as derrotas têm de bom é que também não são definitivas."

“O talento ou acaso não escolhem, para manisfestar-se, nem dias nem lugares”

“Cada dia traz sua alegria e sua pena, e também sua lição proveitosa”.

"Dirão, em som, as coisas que, calados, no silêncio dos olhos confessamos?".

Almenara: Fabiany é empossada como prefeita

Almenara: Fabiany é empossada como prefeita
“Vamos fazer mais para os mais pobres”
Almenara terá uma administração pública embasada no planejamento estratégico e na participação popular. Isto significa que o município ganhará um plano de metas até 2012, oportunidade para alcançar grandes objetivos, cujas demandas sairão dos anseios comunitários.
O intróito reflete bem os novos tempos que Almenara viverá nos dois próximos anos com a administração Fabiany Ferraz Gil Figueiredo e Wilmar Guimarães de Matos, prefeita e vice-prefeito empossados, nesse dia 19 de junho, durante movimentada sessão solene da Câmara Municipal.
A POSSE
A sessão solene que consolidou a posse de Fabiany Ferraz e Vila Guimarães, eleitos no dia 30 de maio através de uma eleição extemporânea, que teve por finalidade complemento da Gestão 2009-2012, aconteceu na noite do dia 19 de junho e transcorreu em clima de muita emoção. Os novos governantes do município mais importante do Médio-Baixo Jequitinhonha foram investidos nos seus respectivos cargos sob fartos aplausos de um numeroso público que lotou as dependências do Legislativo, esperançoso e ávido por ver Almenara novamente na vanguarda do desenvolvimento regional.
Muitas autoridades locais e da região compareceram ao ato, sendo prestigiado por apenas quatro dos oito vereadores que compõem a Casa até aquela data. O vereador Wander Conceição justificou sua ausência. A sessão, presidida pelo vereador Olindo Ramos e secretariada pelo colega Reinaldo Rocha, contou ainda com as presenças dos vereadores Áquila Porto e Alfredo Alves.
Na próxima semana, Nilda Marilia deve ser diplomada pela Justiça Eleitoral e irá assumir a cadeira da então vereadora Fabiany Ferraz, que atuava como prefeita interina. Assim sendo, o Legislativo de Almenara será recomposto por nove vereadores.
Durante seus pronunciamentos de posse, logo após juramentos e trâmites de praxe, a prefeita Fabiany Ferraz e o vice Vila Guimarães agradeceram a confiança dos 10.998 eleitores, mas destacaram que são agora representantes de todos os almenarenses. Garantiram que o desafio de administrador o município mais importante da região é enorme, mas que já estão bem preparados para tanto. E salientaram que governarão com muita transparência e ética, para cuja jornada implementarão grande esforço, além de planejamento estratégico (cumprir metas para alcançar muitos objetivos) e participação efetiva da comunidade. E assinalaram: “Vamos fazer mais para os mais carentes”.
FESTA NA AVENIDA
Logo após a posse, os novos governantes se dirigiram para a Avenida Olindo de Miranda, onde mais uma vez, diante de um grande público, reiteraram seus propósitos de governar Almenara em clima de paz, prosperidade e justiça social, cuja união será de fundamental importância para chegar até 31 de dezembro de 2012 com o município repleto de grandes melhoramentos.
Os apresentadores da festa na avenida foram Último de Almeida e Rei. O Hino Nacional mereceu brilho na voz do talentoso Luan, sendo as bênçãos aos novos dirigentes de Almenara proferidas pelo pastor Átila e pelo padre Néri.


Fonte: Diário do Jequi, de Almenara

Iepha conclui restauração de imagem de igreja de Minas Novas

Iepha conclui restauração de imagem de igreja de Minas Novas A imagem de São Pedro da Igreja Matriz de São Francisco, em Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha - uma das 10 imagens selecionadas no Programa de Restauração de Acervos do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG), órgão vinculado ao Sistema Estadual de Cultura, está pronta para ser devolvida a sua comunidade de origem.
Segundo o gerente de Elementos Artísticos da Diretoria de Conservação e Restauração do Iepha/MG, Yukie Watanabe, a previsão inicial era que a peça ficasse pronta em até sete meses. “Porém, após limpeza e exames mais detalhados, foi possível verificar que seu estado de conservação era bom, com apenas algumas perdas na estrutura, como danos na base e em pequenas áreas no livro e na tiara papal”, revela.
A imagem, que passou por um processo químico para remoção de camada de repintura sobre policromia original, remoção de intervenções inadequadas na mão esquerda, reconstituição de um dedo e consolidação do suporte, será entregue à comunidade de Minas Novas na próxima quinta-feira (24), pelo diretor de Conservação e Restauração do Iepha/MG. Segundo o padre Fernando Luís dos Santos, responsável pela Igreja Matriz de São Francisco, a imagem chega a tempo da festa de São Pedro que, este ano, excepcionalmente, será comemorada no dia 11 de julho.
Restauro ao alcance da comunidade
Durante todo o processo de restauração, iniciado em janeiro, a comunidade pôde acompanhar o trabalho realizado na imagem através de dois canais. O primeiro deles foi o ateliê vitrine, conceito implantado no Iepha/MG há cerca de um ano, que possibilita que as pessoas conheçam de perto o detalhista trabalho de restauração. O outro canal foi o blog Restauração Ateliê, disponível no site www.iepha.mg.gov.br, onde, quinzenalmente, fotos e um pequeno texto explicativo eram postados para que as pessoas acompanhassem o passo a passo do trabalho.
As demais peças que continuam sendo restauradas desde o começo do ano pelo Programa de Restauração de Acervos têm conclusão prevista para setembro. Interessados em acompanhar o trabalho de recuperação podem se utilizar dos canais interativos, agendando uma visita ao ateliê ou visitando o blog.

Fonte: Agência Minas

sábado, 19 de junho de 2010

Divisópolis forma 210 alunos no combate às drogas

Divisópolis forma 210 alunos no combate às drogas
PROERD da Polícia Militar dá lição de vida e cidadania
Nesta manhã de sexta-feira, 18.06, às 10 horas, no Salão Padre Luiz Sandrine da cidade de Divisópolis, no Baixo Jequitinhonha, a Policia Militar realizou solenemente a formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD). 210 alunos concluíram o programa com um excelente aproveitamento.

O evento contou com participação do Ten Cel Scheffer, comandante do 44º Batalhão de Polícia Militar, autoridades municipais, diretores, professores, alunos e pais. Durante o evento diversos alunos foram premiados como destaque pelo desempenho no decorrer do programa.
Em seu pronunciamento, o vice-prefeito municipal Arnaldo de Almeida Dias, elogiou a iniciativa da Polícia Militar com o desenvolvimento de uma atividade tão importante na formação infantil, despertando o conhecimento e principalmente cuidando para que influências negativas não impeçam o crescimento do aluno, garantindo um futuro como cidadão consciente e compromissado com a legalidade.
A Secretária Municipal de Educação, Cláudia Querubim Dias, agradeceu o comandante pela oportunidade ofertada ao município com o credenciamento de um militar tão envolvido com um projeto que vem somar qualidade a educação local e acima de tudo fortalecer a imagem positiva da Polícia Militar junto à comunidade local.
Representando o Legislativo Municipal, o Presidente da Câmara, Eribaldo Cidrão Filho, demonstrou sua satisfação com o envolvimento dos proerdianos e se prontificou a assistir a Instituição diante a uma iniciativa tão salutar para os munícipes. O Comandante do 44º BPM, Ten Cel Romildo Scheffer, explanou sobre a importância do investimento na educação infantil, fazendo uma analogia em seu discurso: “A criança é uma semente que brota agora e se transformará numa árvore robusta se bem cuidada desde o início”, mencionando sobre o conhecimento adquirido e a necessidade de repassar esse conhecimento para proliferação do saber.
Assessoria de Comunicação 44º Batalhão da Polícia Militar, de Almenara

Quinze entidades do Vale vão assinar convênios dos Pontos de Cultura

Entidades já podem assinar convênios de Pontos de Cultura
15 projetos do Vale terão R$ 180 mil cada
A Secretaria de Estado de Cultura informa que a assinatura dos convênios e a liberação dos recursos para os 100 Pontos de Cultura de Minas, de 71 municípios do Estado, já estão autorizados, a partir desta sexta-feira, 18 de junho de 2010.
O Vale do Jequitinhonha tem 15 entidades que assinarão convênio para receber R$ 180 mil cada. Entre os 100 pontos de cultura aprovados em Minas Gerais, os 15 do Vale do Jequitinhonha, que receberão, juntos, R$ 2,7 milhões, são:
Casinhas de Cultura de Jenipapo de Minas;
Folias de Cultura de Rubim;
Raízes da Nossa Terra, de Comercinho;
Semente Cultural, de Carbonita;
Gera-Ação Cultural, de São Gonçalo do Rio Preto;
Vivendo Cultura, de Almenara;
Cultura Viva, de Couto Magalhães de Minas;
Casinha, os nosso pontos de cultura, de Virgem da Lapa;
Criandoarte, de Couto Magalhães de Minas;
Estação Cultural, de Coronel Murta;
Cultura Viva, de Veredinha;
Ponto do Artesanato e da cultura, de Jequitinhonha;
Memorial do Tropeiro, de Salinas;
Cultura e vida no Vale, de Datas;
Cultura Ativa, de Itaipé.

Os responsáveis pelas entidades que realizarão os Pontos de Cultura já podem entrar em contato com a Secretaria de Cultura para assinar seus respectivos convênios e regularizar a documentação necessária. Telefones 31 3269-1049 e 3269-1114 ou email andrea.cardoso@cultura.mg.gov.br, das 9 às 18 horas.

Ministério da Cultura exige contrapartida
O programa Pontos de Cultura é do Minsitério da Cultura. Em 2009, o MinC repassou R$ 12 milhões para o Governo de Minas para assinatura dos convênios. Porém, a Secretaria de Cultural Estadual enrolou, gerando um movimento de denúncia em toda a Minas Gerais.
Neste 17 de junho, o Ministério da Cultura, por meio do ofício 130/SE/MinC, assinado pelo secretário-executivo, Alfredo Manevy, e ratificado pela Consultoria Jurídica do Ministério da Cultura, declarou que considera adequada a existência de cláusula de contrapartida nos convênios com os Pontos de Cultura de Minas, o que deixa claro que o programa não se sujeita à vedação de distribuição gratuita de recursos prevista na legislação eleitoral de 2010.

Comunica ainda, que a assinatura do convênio e a liberação dos recursos financeiros deverão ocorrer até 30/06/10, incluída a cláusula de contrapartida de 20% sobre o valor liberado.

Essa contrapartida poderá ser dada em bens e serviços economicamente mensuráveis, como supervisão geral, à base de R$ 1.000,00 mensais, durante os 36 meses de execução do convênio - e não em recursos financeiros.

As entidades que não concordarem com a contrapartida obrigatória poderão assinar o convênio a partir de 01 de janeiro de 2011.
Com informações da Secretaria de Cultura

O imaginário forjado sobre o Vale

Vale do Jequitinhonha:
Um Vale ou uma Marca? Pobreza, sem dúvidas, este é um lugar comum quando o assunto tem por tema o Vale do Rio Jequitinhonha.

Não é difícil assistir, ler ou ouvir notícias relacionadas ao Jequitinhonha que não trazem consigo as adjetivações: “uma das regiões mais pobres do Brasil”, “O Vale da Miséria”, “O Vale dos Esquecidos”...

Que significados afloram no bojo dessas expressões, no que se revelam e que sentidos ou objetivos as permeiam?

Talvez, fique mais claro quando nos remetemos às inúmeras séries de reportagens da imprensa brasileira ao se aventurarem nos meandros do Jequitinhonha. A pobreza se torna um pano de fundo, bem sedimentado, e reflete a pretensão de uma já sedentarizada imagem paupérrima projetada e forjada no imaginário sobre o Vale do Jequitinhonha.

A deformação da realidade “do povo que mora no Vale”, é este, pois, o papel que exerce a imprensa brasileira, e não somente ela.

Nesta esteira, também usurpa daquilo a que já poderíamos chamar de MARCA Jequitinhonha, o discurso político, mormente, porque mais uma vez o capital simbólico do nome Jequitinhonha é apropriado, com instrumentalidade e como válvula de escape, para comaltar a fala e programas eleitorais dos diversos “atores” políticos; e aí se apropriam do Jequitinhonha para blindar a infalibilidade de suas cartas de boas intenções para com a mudança e o espírito de preocupação com as discrepâncias da espacialidade brasileira.

Ainda que pese a inexorabilidade dos indicadores sócio-econômicos do Jequitinhonha, é repudiável o pragmatismo da imprensa, da política e do próprio governo, que concebem o Jequitinhonha como o lugar onde as pessoas vivem em choupanas, sofrem com a esquistossomose ou onde é inexistente qualquer prestação civilizatória.

Todavia, se é que esta pobreza existe e se é medida em termos de vidas marginalizáveis, guetizadas, estereotipadas e esgotadas numa massa recalcada em pleno sudeste brasileiro, é certo que não é restrita aos municípios do Jequitinhonha, mas se estende a todo país e inclusive convivendo lado a lado com as mais ricas áreas, tudo porque apenas atualizamos hoje o fio condutor da historia excludente brasileira.

Assumir uma postura séria e responsável frente ao Jequitinhonha, ao invés de tomá-lo como marca para abstrair a dignidade da Vida do Vale, é o que se espera e cobra como condição de possibilidade para o “igual respeito e consideração” por todos.
Publicado no http://www.itamigos.blogspot.com/

Pedro Afonso é de Itamarandiba, no Alto Jequitinhonha, responsável pelo Blog Itamigos, Amigos de Itamarandiba.